Abide With Me

 

“Fica conosco, porque é tarde, e o dia já declina.
E entrou para ficar com eles.”
Lc. 24.29

File:Henry Francis Lyte.jpg Escocês de origem, Henry Francis Lyte (1793-1847) era filho de um oficial da Marinha e desde sua infância amava o mar. Ele desejava ser médico mas resolveu dedicar sua vida ao ministério cristão. Então, assumiu seu compromisso como ministro anglicano e assim permaneceu por vinte e quatro anos à frente da igreja que pastoreava. Era um poeta cristão e escreveu vários hinos que foram traduzidos para outras línguas.

Finalmente, enfraquecido por pertinaz tuberculose, pouco antes de sua partida para o Lar Celestial, escreveu “ABIDE WITH ME”. Em forma de oração ele frisa a sua esperança em Deus, a eterna habitação dos crentes em Jesus. Neste contexto, a letra do hino expressa o que ele percebe e vê ao seu redor.

Logo depois, o Dr. William Henry Monk (1823-1889) escreveu a música com o nome de EVENTIDE (do primeiro verso da primeira quadra em inglês), de acordo com a letra e o sentido do hino escrito por Lyte no crepúsculo da sua vida terrenal! Letra e música se casaram, perfeitamente.

Henry descansou de suas fadigas mas suas obras o acompanham (Ap. 14.13). Este belo hino é lembrado em diversos filmes e veio a ser o hino nacional da Inglaterra. Dele foram feitas diversas traduções para o português como constam nas coleções da Hinódia Cristã. Gerações e gerações de cristãos o cantaram, até mesmo no leito da morte.

O médico e missionário Dr. João Gomes da Rocha (1861-1947) nos deixou a tradução que figura nas edições do Hinário Salmos e Hinos, o primeiro hinário evangélico brasileiro. A que segue é do HINÁRIO EVANGÉLICO (CEB, 1962, n. 477):

COMUNHÃO DIVINA

1
Comigo habita, ó Deus! A noite vem
As trevas crescem e o temor também
Socorro espero, ó Deus, de Tua mão.
Oh! Vem fazer comigo habitação!
2
Vem revelar-te a mim, ó meu Senhor,
Divino Mestre, Rei, Consolador!
Meu Guia forte, amparo em tentação:
Vem, vem fazer comigo habitação!
3
Em breve aqui terei meu fim mortal;
Desaparece o gozo terreal;
Mudança vejo em tudo, e corrupção.
Comigo faze eterna habitação!
4
Presente estás nas trevas e na luz.
Não há perigo andando com Jesus.
Morte e sepulcro não aterrarão
Onde meu Deus fizer habitação.

Links (instrumental e coral) à sua disposição:

James Last – Abide With Me
http://www.youtube.com/watch?v=DQlUAhdvkXA&NR=1

Abide With Me Hymn – Gods Country
http://www.youtube.com/watch?v=cxqylxfYyQM&feature=related

St. Olaf Cantorei and Congregation – “Abide With Me” (EVENTIDE)
http://www.youtube.com/watch?v=kkXI-8no9ZE

Abide With Me

Abide With Me; fast falls the eventide;
The darkness deepens; Lord with me abide.
When other helpers fail and comforts flee,
Help of the helpless, O abide with me.

Swift to its close ebbs out lifes little day;
Earths joys grow dim; its glories pass away;
Change and decay in all around I see;
O Thou who changest not, abide with me.

Not a brief glance I beg, a passing word;
But as Thou dwellst with Thy disciples, Lord,
Familiar, condescending, patient, free.
Come not to sojourn, but abide with me.

Come not in terrors, as the King of kings,
But kind and good, with healing in Thy wings,
Tears for all woes, a heart for every plea—
Come, Friend of sinners, and thus bide with me.

Thou on my head in early youth didst smile;
And, though rebellious and perverse meanwhile,
Thou hast not left me, oft as I left Thee,
On to the close, O Lord, abide with me.

I need Thy presence every passing hour.
What but Thy grace can foil the tempters power?
Who, like Thyself, my guide and stay can be?
Through cloud and sunshine, Lord, abide with me.

I fear no foe, with Thee at hand to bless;
Ills have no weight, and tears no bitterness.
Where is deaths sting? Where, grave, thy victory?
I triumph still, if Thou abide with me.

Hold Thou Thy cross before my closing eyes;
Shine through the gloom and point me to the skies.
Heavens morning breaks, and earths vain shadows flee;
In life, in death, O Lord, abide with me.


NOTAS

Acompanhe, por exemplo, em

https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz?fref=ts
https://www.facebook.com/velozcavaleiro?fref=ts

Aqui não é lugar para calúnias e difamações. Discutimos doutrinas, heresias e ideias à luz das Doutrinas Fundamentais como um dos capítulos da Teologia.

Caso faça cópia ou transcrição dos textos mencione a fonte. Este artigo http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/01/abide-with-me/

Em nome da ética democrática, que a data original e origem da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

Escrever em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) é deselegante. Evitem postagens fora do FOCO do artigo.

http://hinosdaharpacrista.googlepages.com/
http://www.refrigerio.net/hinos13.html
http://www.cyberhymnal.org/htm/a/b/abidewme.htm
http://nethymnal.org/htm/a/b/abidewme.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Henry_Francis_Lyte

Imagens colocadas nos artigos como ilustração foram retiradas da Internet (Google) e também dos textos aqui postados, presumindo serem de domínio público. No caso que haja alguma imagem sem os créditos devidos não foi intencional; e, deste modo agradeceria em nos avisar que colocaremos os créditos.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

2 Respostas para “Abide With Me”

  1. ARosa disse:

    Amado!
    Realmente é uma história de vida que mexe conosco. E o melhor de tudo é sabermos que quando cantarmos este louvor saberemos como e porque foi composto. Obrigada pela sua disposição de nos enriquecer com tal conhecimento. ARosa

  2. Luciano Eudes disse:

    Graças a DEUS pela sua vida e didicação em nos enrriquecer com esses relatos  e conhecimento, continue firme que o Senhor lhe recompense!

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.