Em que consiste a esperança do crente?

   A esperança cristã é um dos três grandes pilares da fé em Cristo Jesus. Biblicamente falando, ela é impossível ao não crente em Jesus, por ser uma virtude cristã.

A esperança cristã é garantida pelo agir de Deus, porque o SENHOR não muda (Ml. 3.6). O agir do Altíssimo (Is. 43.13) é insondável e maravilhoso (Jl. 2.26) no paciente processo da Revelação Proposicional.

Encontramos exemplos inumeráveis e apenas ressaltamos: a criação original; a chamada de Noé, de Abraão e de Moisés; o grande juízo sobre o Egito e o livramento dos hebreus pelo mar Vermelho (onde o exército do Faraó foi destruído); o agir de Deus na conquista de Canaã (abrindo as águas das cheias do Jordão, derrubando as muralhas de Jericó, fazendo o sol e a lua ficarem parados em seu caminhar); o exercício da autoridade espiritual no ministério dos profetas de Deus; os maravilhosos milagres de Jesus e outros tantos dos apóstolos…

Estes e muitos outros relatos das Escrituras consolidam a nossa confiança e esperança no SENHOR como nosso Ajudador, Deus Presente, Maravilhoso Provedor e Sustentador.

Não é de admirar, pois, que o apóstolo Pedro nos anima e fortalece quanto ao depósito desta esperança em Deus (1, 1.3-5 – ênfase nossa):

“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros que SOIS GUARDADOS PELO PODER DE DEUS, MEDIANTE A FÉ, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo.”

No entanto, em que consiste esta esperança?

1) Temos esperança na graça da Deus e nos livramentos que Ele nos oferece nas tribulações desta vida presente (Sl. 33.18-19):

“Eis que os olhos do SENHOR estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia, para livrar-lhes a alma da morte, e, no tempo da fome, conservar-lhes a vida.”

Leia também: Sl. 42.1-5; 71.1-5,13-14; Jr. 17.17-18.

2) Temos esperança de que chegará o dia em que nossas tribulações cessarão aqui na terra, quando esta não mais estará sujeita à corrupção, e terá lugar a redenção (ressurreição) do nosso corpo (Rm. 8.18-25):

“Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.

A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus. Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.

Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora. E não somente ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, igualmente gememos em nosso íntimo, aguardando a adoção de filhos, a redenção do nosso corpo.

Porque, na esperança, fomos salvos. Ora, esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos.”

Leia também: Sl. 16.9-10; 2 Pe. 3.12.

3) Temos esperança na consumação de nossa salvação (1 Ts. 5.8-10 – ênfase nossa):

“Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, revestindo-nos da couraça da fé e do amor e tomando como capacete a esperança da salvação; porque Deus não nos destinou para a ira [de Deus], mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós para que, quer vigiemos [quer estejamos vivos], quer durmamos [quer tenhamos morrido], vivamos em união com ele.”

4) Temos esperança de uma casa eterna nos novos céus, naquela cidade cujo arquiteto e edificador é Deus (2 Co. 5.1-5; Hb. 11.10 – ênfase nossa):

“Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus.

E, por isso, neste tabernáculo, gememos, aspirando por sermos revestidos da nossa habitação celestial; se, todavia, formos encontrados vestidos e não nus.

Pois, na verdade, os que estamos neste tabernáculo gememos angustiados, não por querermos ser despidos, mas revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida.

Ora, foi o próprio Deus quem nos preparou para isto, outorgando-nos o penhor do Espírito.”

“Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia.

Pela fé, peregrinou na terra da promessa como em terra alheia, habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa; porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador.”

Leia também: Jo. 14.2; 2 Pe. 3.13.

5) Temos esperança no arrebatamento iminente, indivisível e instantâneo da “igreja de Deus… corpo de Cristo”, para o encontro com Ele nos ares; e, quando, então, nós O veremos como Ele é, e nos tornaremos semelhantes a Ele (1 Ts. 4.13-18 – ênfase nossa):

“Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança.

Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem.

Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.

Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.

Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras.”

Leia também: Tt. 2.13; Fp. 3.20-21; 1 Jo. 3.2-3.

6) Temos esperança de recebermos a coroa da justiça (2 Tm. 4.7-8), a imarcescível coroa de glória (1 Pe. 5.4) e a coroa da vida (Ap. 2.10), parte dos galardões reservados para os fiéis. Ênfase nossa:

“Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.”

“Ora, logo que o Supremo Pastor se manifestar, recebereis a imarcescível coroa da glória.”

“Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a cora da vida.”

7) Finalmente, temos esperança da vida eterna; da vida garantida a todos que exercem fé em Jesus Cristo e O obedecem (Jo. 3.16-21;36; 6.47 – ênfase nossa):

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê [exerce fé] não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

Quem nele crê [exerce fé] não é julgado; o que não crê [não exerce fé] já está julgado, porquanto não crê [não exerce fé] no nome do unigênito Filho de Deus.

O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem argüidas as suas obras.

Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.”

“O Pai ama ao Filho, e todas as coisas tem confiado às suas mãos. Por isso, quem crê [quem exerce fé] no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.”

“Em verdade, em verdade vos digo: quem crê [quem exerce fé] em mim tem a vida eterna.”

Leia também: Tt. 1.2; 3.7; 1 Jo. 5.11-13.

   Lembro de um dos belos hinos cristãos

A âncora da Fé

1. Uma âncora temos, que a força do mar,

Por muito que ruja, não pode quebrar.

É a linda esperança que outorga Jesus,

Legada na morte de angústia na cruz.

2. No arcano celeste, no trono de Deus,

Que reina supremo na glória dos céus,

Ali está presa e estável será,

Pois Deus o garante: Jamais falhará.

3. E quando a tormenta mais rija bramir,

Tenhamos certeza de paz no porvir!

Nem fúria dos ventos, nem choques do mar

A entrada do porto nos podem vedar.

Letra: Rev. Ricardo Holden (1828-1886)

Música: David Evans (1874-1948), melodia Maldwyn.

 442 – Hinário Evangélico, 446 – Salmos e Hinos

Portanto, o alicerce da esperança do crente em Jesus procede da natureza de Deus Pai, de Jesus Cristo e de Sua Palavra que não volta vazia, mas fará o que Lhe convém e prosperará naquilo para o que foi designada (Is. 55.10-11). Sempre!

Sim! Fiel é Deus. Com tão grandes promessas reservadas àqueles que esperam em Deus e no Seu Filho Jesus, o apóstolo Pedro nos conclama (1, 3.12-17 – ênfase nossa):

“Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males.

Ora, quem é que vos há de maltratar, se fordes zelosos do que é bom? Mas, ainda que venhais a sofrer por causa da justiça, bem-aventurados sois.

Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo, porque, se for da vontade de Deus, é melhor que sofrais por praticardes o que é bom do que praticando o mal.”

NOTAS

Acompanhe em https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz

Aqui não é lugar para calúnias e difamações. Discutimos doutrinas e ideias.

Cite a fonte caso faça cópia ou transcrição dos textos publicados neste Blog. Este artigo http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/08/em-que-consiste-a-esperanca-do-crente/

Em nome da ética democrática, que a data original e origem da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

Escrever em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) é deselegante. Evitem.

Evitem postagens fora do FOCO do artigo.

Imagens colocadas no artigo como ilustração fora retiradas da Internet (Google) e também dos textos aqui postados, presumindo serem de domínio público. No caso que haja alguma imagem sem os créditos devidos não foi intencional; e, deste modo agradeceria em nos avisar que colocaremos os créditos.

Revisão: 6.10.2013

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

24 Respostas para “Em que consiste a esperança do crente?”

  1. Lilian disse:

    Maravilhoso !!!
    Esperança …é o grande sentimento do crente.
    Que faz mover todas as coisas, que nos da fe e esperar em Cristo todas as coias.
    Que Deus te abençoe !!!

  2. CHEFE Jabuti disse:

    Olá meu filho!
    Mais uma vez o arremate preciso de sua espada de Cavaleiro e a raça pura do nobre animal que usas em tua arte de cavalaria endossam tamanha riqueza,em crítica, em conhecimento e em vida cristã!
    Faça isso mesmo, naquilo que o Espírito tocar escreva!
    Não apenas as críticas a Oubra, o que, de fato, você faz de modo magistral!
    Abração do CHEFE e acompanhe as minhas revelagens!

  3. […] Como brilhou a face daquele ancião! Com os olhos fechados ele começou a falar de coisas que conhecia. Como um perfume raro que exalava do espírito interior, assim a esperança cristã refletia a sensatez da vitória. (Entre os crentes em Jesus sempre me acontece encontrar alguém que eu gostaria de engraxar os sapatos…) Bem que gostaria de estender a conversa, mas os minutos corriam e chegara a hora do meu testemunho da “fé em Jesus”. […]

  4. Salviano disse:

    Muito bom! Eu acredito que Deus criou o homem e deixou o manual  de instrução, a “BÍBLIA SAGRADA!” A bíblia é a divina revelação da palavra de Deus e não produtos enlatados, eu costumo dizer que: “As pessoas precisam parar de comer tudo o que dão. E começar a questionar! ” Alguém escuta alguma coisa de alguém, e saem falando, sem questionar, sem saber se é verdade ou não. As pessoas precisam se perguntar! Será que a minha crença esta de acordo com a lei de Deus? Será que a religião que eu nasci sempre me falou a verdade? Quando uma pessoa morre pra onde ela vai? Ela volta? A bíblia apóia o homossexualismo? Quem não herdara o reino de Deus? O que devo saber sobre idolatria, imagens e escultura? O que devo saber sobre o único batismo? Será que tem uma seqüência para salvação? A quem eu devo me confessar, quem pode me perdoar? Religião salva alguém? Essas e outras perguntas e respostas em:
    http://www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com

    Você pode dizer, eu já sou salvo amém! Vamos atrás de quem não esta, divulgue este site, porque:Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. E irão vagabundos de um mar até outro mar, e do norte até ao oriente; correrão por toda parte, buscando a palavra do Senhor, e não a acharão.” ( Amós cap 8 ver 11 e 12 )Fale para outras pessoas, por que “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns têm por tardia: mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (II Pedro cap. 3 ver 8) e “Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo o homem. (I A Timóteo cap 2 ver 5 e 6) Seja sua bíblia, católica ou evangélica, aqui você vai tirar suas duvidas.
    E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertara (João cap 8 ver 32) Se você tiver coragem de perguntar, a bíblia terá coragem de responder!

  5. Liberdade disse:

    […] Livre para amar os inimigos, oferecer a outra face e orar por eles.

    Livre para andar em “novidade de vida” (Rm. 6.4) e na “constância de Cristo” (2 Ts. 3.5), como parte da esperança do crente em Jesus.

    Livre para aprender com os erros próprios (e abandoná-los) e/ou os de meus irmãos.

    Livre para arrecadar ofertas em determinada congregação cristã de uma cidade a fim de assistir aos irmãos pobres de outra cidade.

    Livre para combinar com minha esposa o dia em que posso estar diante de Deus em jejum pelos doentes, fracos na fé e oprimidos pelo Diabo (a fim de que eu seja fortalecido em espírito); porquanto, se não sei estar na Presença do Altíssimo, nada tenho para dizer aos outros. […]

  6. […] A HERESIA ICEMITA a ninguém dá esperança nem segurança. Carlos e Marcelo, firmados nas Escrituras, insistem com firmeza, paciência e sabedoria em mostrar ao beato Benício o erro da doutrina revelada propalada pelo mestre-primaz que dogmatiza: o anjo joga o fogo do altar – símbolo do Espírito Santo – sobre a cabeça dos homens para que recebam com alegria as intervenções de Deus. Cercado no confronto Benício disfarça com diversos jargões e resiste.

    Infelizmente, a formatação deste servo da Obra não lhe permite conhecer a grandeza do Evangelho. Portanto, a Verdade ainda não consegue espaço para arrependimento e boas obras da salvação.[…]

  7. […] Certas comunidades de fariseus muito religiosos metem medo. Costumes, doutrinas, falas, gestos, heresias, mantras, mitos e profetadas com direito ao aviso: a morte está do seu lado. E com esse “outro evangelho” (Gl. 1.6) falseiam a Verdade de Deus. Fábricas de desamor. Mas muita gente gosta de medos e de ódios e de profetadas e de sustos.

    Enquanto milhares de cristãos professos continuam acomodados em alguma casa mal-assombrada, felizes aqueles que andando “de fé em fé” (Rm. 1.7) alcançam entrada nas moradas celestiais depois de permaneceram fiéis ao “evangelho da graça de Deus” (At. 20.24). Esta é a esperança do crente em Jesus. […]

  8. […] Mestres e pastores envolvidos com cabala, ecumenismo papista, falsas profecias, heresias, maçonaria, partidarismo político e pecados ocultos, fracassam em conduzir os rebanhos na “constância de Cristo”, na esperança cristã, nos hábitos de praticar o Evangelho de Deus no contexto do comprometimento com o exercício da fé do princípio ao fim e separação do mundo. E, depois de faltarem com seus deveres ministeriais, agora, eles querem que a igreja (deles) enfrente galhardamente os dias da futura “ira de Deus” que se aproxima, alegando eles que a “ira” é para os perdidos; e a “tribulação” para disciplina dos crentes. Loucura dos pós-tribulacionistas! […]

  9. […] No curso das denúncias enfrento ÓDIO de alguns, que não tendo como contestar as denúncias, partem para agressões, calúnias, difamações e maldições. É o famoso argumentum ad hominem dos formatados pelo sistema. Não satisfeitos já me mandaram para os quintos dos infernos diversas vezes; mas o Diabo não me quer lá.

    O Site expressa o desejo de muitos que querem andar na fé e crescer em amor, esperança e fé. Mas a VERDADE não agrada aos fariseus icemitas, especialmente aos que estão dilapidando o patrimônio da igreja e se enriquecendo à vista de todos. […]

  10. […] O Site expressa o desejo de muitos que querem andar na fé e crescer em amor, esperança e fé. Mas a VERDADE não agrada aos fariseus icemitas, especialmente aos que estão dilapidando o patrimônio da igreja e se enriquecendo à vista de todos. […]

  11. Lucia Helena disse:

    Estimado CV, boa noite!

    Gostaria de deixar uma postagem para você analisar. Isto porque vejo em você uma pessoa equilibrada e de profundo conhecimento da Palavra de Deus.

    Vou escrever daquilo que tenho lido por aqui e que tem me chamado a atenção, isto por achar(meu ponto de vista, é claro!) que se faz necessário trazer uma palavra de equilibrio emocional para alguns, até no sentido de encorajar os irmãos a não ficarem no foco dos seus problemas emocionais. Não quero que pensem que é algo pessoal, mas já que estamos “nessa juntos”, temos que ajudar os que assim necessitam, não achas?

    O texto está em Prov.13:12 que diz “A ESPERANÇA QUE SE TARDA DEIXA O CORAÇÃO DOENTE…”.
    O que é “a esperança que se tarda?” Creio que é o que chamamos de decepção.

    Todos nos decepcionamos quando as coisas não saem do jeito que queremos. Ficamos desapontados quando temos um plano que fracassa, uma expectativa que não se materializa ou objetivo que não foi atingido. Podemos nos decepcionar com qualquer coisa, desde um piquenique arrasado pela chuva até a perda de um emprego. Ficamos desapontados quando o novo relógio que ganhamos não funciona direito ou quando o filho que espeávamos que melhorasse em seu comportamento não dá sinais disso.

    Quando coisas assim acontecem, durante algum tempo experimentamos uma sensação de abatimento – aquele tipo de abatimento que pode nos levar à depressão caso não seja tratado corretamente. É quando temos de tomar a decisão de nos adaptarmose ajustarmos, adotando uma nova abordagem e simplesmente seguindo em frente apesar dos nossos sentimentos. É nesse momento que precisamos lembrar que temos o Grande Deus habitando dentro de nós, de modo que, a despeito do que possa ter acontecido ou acontecer para nos frustrar, ou de quanto tempo possa levar para que nossos sonhos e objetivos se tornem realidade, não vamos desistir apenas por causa das nossas emoções.

    É nessa hora que precisamos nos lembrar do que Deus certa vez me disse em um desses momentos: “Quando se decepcionar,você pode sempre tomar a decisão de renovar sua esperança!”

    A decepção geralmente leva ao estado de desânimo, que é ainda pior do que estar sedado.
    Todos nós experimentamos o sentimento de depressão que vem depois de tentarmos ao máximo fazer algo e nada acontecer ou então as coisas desabarem completamente.

    Como é decepcionante e desanimador vermos as coisas que amamos serem destruídas de forma insensata pelos outros, ou, o que é pior, pela nossa própria negligência ou fracasso.
    Independente da forma como isso aconteça ou quem possa ser responsável, é difícil seguir em frente quando tudo com que contamos desaba ao nosso redor.

    É então que aqueles que entre nós têm o poder criativo do Espírito Santo dentro de si podem obter uma nova visão,uma nova direção e um novo objetivo para nos ajudar a vencer a frustração que tenta nos puxar para baixo.

    A esperança que se retarda de fato deixa o coração doente, mas ela pode ser reacendida, e nossos corações podem ser curados novamente pelo poder do Espírito Santo.

    Saudações em Cristo!

  12. […] O poder corrompe, especialmente o poder religioso. Os fatos mostram que o monarca pseudocarismático, quadragenário e religioso imita o bispo de Roma. O resultado ai está: a iniquidade transborda.

    Por fim, o desespero de muitos é que o ninho está sujo… muito sujo.

    Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
    Envolvido em compras foi preso pela federal
    R$ 1,8 milhão doados por deputados à igreja
    Igreja contratou sobrinho de presidente
    Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
    Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
    Milhões arrecadados e livres de fiscalização
    Maranata: líder da igreja é investigado
    Suspeita de crimes federais serão investigados

    Porém, o amor de Deus vai além, muito além do grande mal que meias-solas mercenários fazem contra eles mesmos e contra o rebanho do SENHOR.

    Simplesmente espero na compaixão de Deus para curar as feridas dos milhares de amados crentes em Jesus ainda de presos neste sistema. […]

  13. […] Simplesmente espero na compaixão de Deus para curar as feridas dos milhares de amados crentes em Jesus ainda de presos neste sistema. […]

  14. […] Pensando bem, melhor continuar espalhando a incorruptível e preciosa semente (1 Pe. 1.23), na esperança de que ela vingue nos corações dos que acordaram da grave intoxicação de cada um dos capítulos da grande HERESIA ICEMITA e comigo podem continuar o reflorestamento. […]

  15. Hora da verdade disse:

    Visitando os artigos do Blog, encontramos o motivo pelo qual ser considerado um Ministério.
    São inúmeros os ensinos disponíveis para serem estudados.
    Por toda sua experiência na Palavra, é certo que o CV nos disponibiliza esta riqueza de estudos conforme o que Deus disse do jeito que Ele disse, sem necessidade de recorrer à outras fontes que não sejam as Escrituras Sagradas.
    Maravilhoso!

  16. Flor de Liz disse:

    CV Graça e Paz!
    Extensivo à igreja reunida.

    Quero pedir aos irmãos que continuem em oração por mim e minha família ( o esposo e a filha de 15 anos ) estou em um propósito e o Senhor tem nos honrado.

    De acordo com a escritura bíblica.

    JEJUM ESPONTÂNEO: sempre acompanhado de orações, tendo somente um objetivo especiai. É sempre secreto: Mt 6.18. Na Bíblia, o jejum espontâneo tem o seguinte objetivo.
    1) honrar a Deus: Is 58.3-7, Mt 6.18

    2) humilhar-se perante os juízos divinos: Sl 35.13, 2 Sm 12.16, Ne 9.1-3, Jl 2.12

    3) como período de preparação para as batalhas espirituais: Mt 4.1-3, 17.21.

    CV, estou no encaixada no terceiro, lutando com as hostes de Satanás.

    Mas a peleja não é minha ela é do Senhor.

    E ja estou vendo a Vitória.

    Quero pedir aos irmãos que em suas orações, coloquem minha vida, a do meu esposo, e a da minha filha adolescente de 15 anos.

    CV ciente da minha batalha.
    CV e mais uma se levantou …

    Eu sei que a vitória é minha e pois eu sei em quem tenho crido.

    Salmos 54:1 Ó Deus, salva-me, pelo teu nome, e faze-me justiça, pelo teu poder.

    Salmos 54:2 Escuta, ó Deus, a minha oração, dá ouvidos às palavras da minha boca.

    Salmos 54:3 Pois contra mim se levantam os insolentes, e os violentos procuram tirar-me a vida; não têm Deus diante de si.

    Salmos 54:4 Eis que Deus é o meu ajudador, o SENHOR é quem me sustenta a vida.

    Salmos 54:5 Ele retribuirá o mal aos meus opressores; por tua fidelidade dá cabo deles.

    Salmos 54:6 Oferecer-te-ei voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó SENHOR, porque é bom.

    Salmos 54:7 Pois me livrou de todas as tribulações; e os meus olhos se enchem com a ruína dos meus inimigos.

    Aos irmãos da Maranata, peço que não nos condene por ter saído da ICM, como não condenamos aos que ficam… Na hora exata o Senhor os fará enxergar onde estão vivendo.

    E eu repreendo nesta hora qualquer maldição lançada sobre mim, sobre a minha família, sobre a nossa vida.

    Salmos 54:1 Ó Deus, salva-me, pelo teu nome, e faze-me justiça, pelo teu poder.

    Salmos 54:2 Escuta, ó Deus, a minha oração, dá ouvidos às palavras da minha boca.

    Salmos 54:3 Pois contra mim se levantam os insolentes, e os violentos procuram tirar-me a vida; não têm Deus diante de si.

    Salmos 54:4 Eis que Deus é o meu ajudador, o SENHOR é quem me sustenta a vida.

    Salmos 54:5 Ele retribuirá o mal aos meus opressores; por tua fidelidade dá cabo deles.

    Salmos 54:6 Oferecer-te-ei voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó SENHOR, porque é bom.

    Salmos 54:7 Pois me livrou de todas as tribulações; e os meus olhos se enchem com a ruína dos meus inimigos.

    CV até a experiência com jejum é diferente do ritual de jejum que é feito na ICM.

    Glórias a Deus por isso!

    Saudaçoes fraternais.

    Flor de Liz.
    .
    .
    Minha irmã, não me esqueci.
    Orei, sim. Mantenha a determinação desta VITÓRIA.
    Sei do assunto e sei que Deus faremos proezas.

    Sê forte.

    CV.

  17. Lucia Helena disse:

    Amada Flor de Liz,

    Já algum tempo venho sentindo sua falta aqui no blog,hoje pela manhã fiu movida em lebrança a orar por você sua família.
    Para minha surpresa ,quando entrei aqui ,vi sua postagem,fiquei mais tranquila pela sua postagem ,mesmo pasando por lutas; pois isto é sinal de que Deus está agindo a seu favor nesse seu caso em especial.

    Estaremos em oração ,pois tenho noção do que você está passando…Tenho minhas lutas em prol da minha filha também,ela não tem 15 mais 25 anos,mais independente da idade sempre será minha filha e carente também de orações e busca de sabedoria para tratar com ela e de suas questões espirituais.

    Eu e meu esposo temos buscado sempre com orações e coversas,falar com ela sobre questões espirituais importantes na vida de todos nós.Isto tem sido uma tônica em nossa família ,porém de uma forma diferente da época em que estávamos na icm.Deus tem nos dado uma abordagem diferente ,dando a cada um de nós paz,tranquilidade e confiança na seu agir ,pois Ele está no controle de todas as coisa,inclusive nas de cunho familiar.

    Não é fácil! Mas é um processo de libertação e cura que se faz no dia a dia e que exige de nós mudanças de eixos que estávamos apegados e que precisam ser mudados com a direção do Espírito Santo e de coração aberto para receber o novo.Dessa forma alcançamos uma vida vitoriosa.

    Tenho aprendindo muito sobre jejum ,pois Deus falou comigo que eu só iria jejuar quando Ele assim me orientasse e da forma que Ele me mostraria.Isto é libertador! Pois só assim minha vida tem sido conduzida,a maneira que aprofundo minha intimidade,meu relacionamento com Ele.

    Cada vez que nos aproximamos de Deus ,Ele tem prazer em falar conosco e nos orientar,ajudar,consolar e restaurar tudo que diz respeito a nossa vida.Ele se alegra com a nossa fé e confiança nEle.

    Tenho aprendido muito nesses últimos anos,e sei que Ele tem muito mais a nos oferecer,basta ficarmos plugados ,antenados e sensíveis a voz do Espírito Santo.

    Fique em paz ,pois sua vitória já está decretada em nome de Jesus!!!

    Beijos no seu coração.

    Saudações em Cristo!

  18. Flor de Liz disse:

    Glórias a Deus!

    Obrigada Lucia Helena pela palavra de conforto, senti o abraço do Senhor hoje pela manhã em mim.

    CV, Amém!!!

    A Vitória ja está determinada Em Nome de Jesus, na minha vida e da minha família. Decretada está!

    Sds,

    Flor de Liz.

  19. Cavaleira da Verdade disse:

    João 10:27

    As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;

    Na Seita é diferente, existe uma bíblia própria, os bonecos manipulados ouvem a voz do gedelpapa e o segue sem nem querer saber onde está indo, contanto que faça a vontade e obedeça a voz do falso pastor enganador de ovelhas.

    Como tem gente assim sem respeito a si mesmo, sem personalidade,para não dizer sem vergonha na cara! Me desculpem mas não existe outra colocação para quem abaixa a cabeça e obedece tudo que o Lide Mor determina para suas vidas, ele acha que esta acima do bem e do mal.

    Episódio que ainda não entendi é esse bando de icemitas cancelar assinatura de um jornal conceituado a mando da cúpula. Eles trabalham no escuro, escondido, como tudo que fazem é obscuro manipulando os mais alienados, mandando circulares, aproveitando a radio para os membros terem que ouvir as heresias deslitadas e engolirem goela abaixo essas mensagens vinda da eternidade.

    Maliciosamente e muito sorrateirmente introjetam meias verdades nas mentes dos icemitas. Nas uniodades locais”, nas concentrações, nas evangelizações (que de evangelho de Deus nada tem), em e-mails porque eles se comunicam entre eles, pstores, principalmente.

    Agora devido a estarem com medo de conversarem via telefone, estão se comunicando por telefone e ainda marcam encontros escondidos de portas fechadas tipo maçonaria onde só de diácono para cima pode entrar, os bobos da corte obreiros só servem para lavar os pés da elite.

    Geralmente essas reuniões ocorrem em igrejas que tem ar condicionado porque as portas são bem fechadas.

    Que segredo a obra tanto esconde? Que manobras sãos essas? Ja que falavam tanto que eram transparente. Que sociedade secreta é essa?

    Que poder esse falso profeta exerce nesses membros ja que a maioria são pessoas cultas, esclarecidas?

    Por que colocam no banco! tantos membros que sofrem por problemas financeiros, por enfermidades, quando na realidade era ELE que deveria estar sentado nesse banco pra nunca mais sair.

    É incrível como é fácil manipular certos tipos de pessoas com as palavras certas, com um cargo na igreja, com dinheiro, com falsa unção.

    Gente, forme suas próprias idéias/conclusões a respeito de todo e qualquer assunto. Como eu já disse muitas vezes aqui no blog, conhecimento nunca é demais.

    Seja ele qual for, nunca fará mal. Aprenda a argumentar, não se deixe levar pela mania horrível de manipulação que a bre o campo do VOTO DE CABRESTO.

    Vejo muitas pessoas se deixando levar, se deixam manipular por insegurança, vergonha, falta de iniciativa; sabem que estão sendo manipuladas e até se acostumam com isso.

    Deixe de ser BONECO DE OBRA mude sua vida passando a ser alguém que respeita a si mesmo! Alguém de CARÁTER!Paz!

  20. […] No entanto, como eclesiasticismo filosófico pseudocarismático o gedeltismo cercou-se de falso profetismo, desacreditou as Escrituras Sagradas, desafiou a esperança do crente em Jesus, destruiu provas, desviou dinheiro de dízimos e ofertas, difundiu heresias, enganou com a linguagem do não-pensamento, estabeleceu a hierarquia maranatizada, faltou com a transparência, foi conivente com os donos de balcões de negócios, fez vistas grossas nos banquetes de ladrões, instigou o ódio religioso, infundiu o medo, manipulou o presbitério com o voto de cabresto, perseguiu desafetos, serviu o pão bolorento e zomba da Lei. […]

  21. Firme nas promessas disse:

    Bom dia Igreja de Deus

    “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo.” 1 Pe. 3-5

    Tenhamos todos um dia abençoado!
    .
    .
    Amem.

    Faço um apelo aos amados.

    Leiam o artigo

    A declaração do apóstolo Pedro apresenta a expressão “nos regenerou” , ou seja, o novo nascimento ou nascimento espiritual ecoando a afirmação de Jesus, o Messias de Deus (Jo. 3.3): “Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.”

    Em bom momento Firme nas promessas nos abençoa com essa declaração de fé e aproveitarei para um breve comentário.

    Paz.

    CV.

  22. […] No entanto, como eclesiasticismo filosófico pseudocarismático o gedeltismo cercou-se de falso profetismo, desacreditou as Escrituras Sagradas, desafiou a esperança do crente em Jesus, destruiu provas, desviou dinheiro de dízimos e ofertas, difundiu heresias, enganou com a linguagem do não-pensamento, estabeleceu a hierarquia maranatizada, faltou com a transparência, foi conivente com os donos de balcões de negócios, fez vistas grossas nos banquetes de ladrões, instigou o ódio religioso, infundiu o medo, manipulou o presbitério com o voto de cabresto, perseguiu desafetos, serviu o pão bolorento e zomba da Lei. […]

  23. Espelhos… disse:

    […] Enquanto milhares de cristãos professos continuam acomodados em alguma casa mal-assombrada, felizes aqueles que andando “de fé em fé” (Rm. 1.7 – quer dizer: fé do princípio ao fim) alcançam entrada nas moradas celestiais depois de permaneceram fiéis ao “evangelho da graça de Deus” (At. 20.24). Esta é a esperança do crente em Jesus. […]

  24. […] Deste modo, a esperança dos crentes em Cristo Jesus não se resume apenas a esta vida, porquanto o Espírito Eterno mostrou-nos algo na iminência de acontecer o cumprimento de maravilhosas promessas. Enfatizamos:

    “… deixando os ídolos vos convertestes a Deus, para servirdes o Deus vivo e verdadeiro e para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele [DEUS] ressuscitou dentre [gr. ek – para fora] os mortos, JESUS, QUE NOS LIVRA DA IRA [DE DEUS] VINDOURA. (…) porque DEUS NÃO NOS DESTINOU PARA A IRA [de Deus], mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos [estejamos fisicamente vivos], quer durmamos [já tenhamos morrido], vivamos [todos] em união com ele.” […]

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.