A EXEGESE DE DEUS

images EXEGESE

Em João 1.18 lemos numa tradução literal a paráfrase:

“Deus em sua essência invisível jamais alguém viu. O Deus unigênito que está constantemente no seio do Pai, esse O demonstrou completamente”.

As palavras “Deus unigênito” aparecem nos melhores manuscritos. Que grandioso pensamento. Pensar que o Eterno Deus e Salvador, Jesus Cristo, Aquele que não tem começo de dias, o Eterno de Dias, foi, contudo, gerado.

Ele procede por geração eterna do Pai, na qualidade de Filho, e visto que é eterno, tal nascimento jamais ocorreu, sempre existiu. Nosso Senhor nunca começou a ser o unigênito Filho de Deus. Sempre foi Seu Filho. Possui a mesma essência que Deus, o Pai, e portanto pode em Sua encarnação demonstrar Deus completamente.

A palavra “revelou”, em nossa versão portuguesa, vem de um termo grego que significa “levar para fora”. Deus Filho, em Sua encarnação, levou o Pai para fora da cortina de Sua invisibilidade, para que pudesse ser perfeitamente contemplado.

O vocábulo grego nesse passo entrou no idioma português com a forma de “exegese”. Exegese é aquele método de estudo bíblico mediante o qual explicamos completamente cada detalhe do texto. Jesus Cristo, em Sua encarnação, explicou completamente, em termos finitos, tanto quanto as mentes finitas podem apreender, todos os detalhes da Pessoa de Deus Pai.

Disse Ele: “Quem me vê a mim, vê o Pai.” Assim sendo, Jesus Cristo é a exegese de Deus.

WEST, Kenneth S., IBR, 1ª. Ed., 1966, p. 82.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.