O CLAMOR PÚBLICO

  Diante dos olhos da ICM-PES e da Sociedade os documentos – Carta e seu Anexo -, como um APELO aos devem prestar contas de seus atos e omissões no que diz respeito à administração (“lato sensu”) centralizada desta igreja; o que inclui a esfera doutrinária e ética no contexto da espiritualidade que se esperava e não aconteceu.

Estivemos juntos e acertamos a publicação no Blog dos documentos que seguem. Neste triste fim de jornada de quarenta anos os descalabros e desvios exigem prestação de contas.  O Juízo Vem.

Os termos dos documentos foram claros, objetivos e transparentes, ao contrário do contumaz desrespeito para com a membresia e ofensa ao ordenamento jurídico vigente pela parte requerida.

Carta de Hugo Gueiros Bernades Filho, Sub Procurador Geral da Republica direcionada ao Conselho Presbiteral.

 

Caro Pastor e Presbítero,

 

Ofereci-me para falar em nome de pessoas que, em sua maioria, desejam permanecer na Igreja Cristã Maranata, mas estão envergonhadas e tristes com o anunciado desvio de dinheiro e com novas ou antigas práticas do Presbitério e da Fundação, que não são bem conhecidas.

Soubemos que o novo Conselho Presbiteral irá apreciar meu requerimento, daí esta correspondência individual a V. Sa., ilustre Conselheiro (em anexo único, reenvio as questões que compõem esse requerimento).

Talvez alguns dos ilustres Conselheiros estejam propensos a me ver como inimigo pela simples iniciativa de fazer perguntas, o que não parece usual. Acreditem: é o contrário. Tenho a ambição de manter muitas pessoas na nossa Igreja.

Só que os irmãos querem informações fiéis. Cobram a mesma fidelidade que deles se exige por intermédio das seguidas Videoconferências.

Não poderei comparecer pessoalmente. Fui gentilmente convidado pelo Pastor Gedelti a viajar a Vitória e tomar ciência de tudo quanto for do meu interesse, acompanhado de uma ou mais pessoas.

Contudo, espero a compreensão de todos no sentido de que represento pessoas que aguardam um pronunciamento oficial acerca das perguntas. Elas não querem a simples apreciação superficial de documentos por parte de um grupo, mesmo que eu o componha.

Aliás, nem nos convém estar no Presbitério e apreciar documentos. Dias e dias seriam necessários para ver tudo e decerto muitas outras coisas não seriam vistas. Fora daí, o momento é delicado e pessoas de Brasília, em particular as que detém cargos públicos, naturalmente evitam contato com o Presbitério.

Uma coisa parece certa, considerando as circunstâncias. Se as perguntas que os irmãos fazem não forem respondidas (ou pior: se forem ridicularizadas), difícil será a alguns pastores daqui e daí, talvez até mesmo a V. Sa, subir ao púlpito nos próximos meses.

Prestar esclarecimento aos irmãos que, com muita dificuldade, pagam seus dízimos, não pode ser obra do “adversário”, como se procura ensinar. Considerá-los pessoas ignorantes ou maliciosas, que terão “olho gordo” se tomarem ciência de qualquer valor também não seria um argumento razoável. Aliás, o olho gordo transitou confortavelmente por aí, pelo que tem sido amplamente noticiado e já parece reconhecido por todos. Curioso é que agora as informações circulam livremente entre contadores, advogados e empresas de auditoria, todos estranhos à Igreja.

Se V.Sa. votar contra a divulgação das informações, o Brasil e o mundo naturalmente serão conduzidos, no mínimo, a uma dúvida sobre ligação entre V. Sa. e o responsável (ou os responsáveis) pelo que aconteceu. Segundo o dito popular: notícia ruim corre rápido.

Tudo que lhe pedimos é que deixe agir a sua consciência – segundo a sã doutrina que, supomos, lhe foi ministrada desde a juventude – ao invés de jogar no lixo nosso requerimento de informações. V. Sa. é dirigente constituído do Presbitério, responsável perante Deus e os homens por seus atos e omissões.

Não permita, peço-lhe encarecidamente, a presença e a participação do antigo Conselho, ou Comissão, na importante decisão que V. Sa. irá proferir.

Atenciosamente,

Hugo Gueiros Bernardes Filho

ANEXO ÚNICO.

Eis as informações que pedimos, na suposição de que a elas temos direito:

Registro (ainda que simplificado) de patrimônio e movimentação, que possa ser facilmente lido e compreendido, do qual conste, em relação a cada Igreja, bem como ao Presbitério e outros órgãos da Igreja, ou ligados à Igreja, especialmente a Fundação:

• Valores dos dízimos e ofertas arrecadados (valores globais)
• Valores dos investimentos e despesas realizadas (valores dos grandes itens)
• Valores que são repassados ao Presbitério (ou a qualquer outra entidade, como a Fundação) e valores que permanecem na Igreja local
• Registro do patrimônio (basicamente, bens, receitas e dívidas) da Igreja e entidades ligadas, como a Fundação.
• Pessoas físicas ou jurídicas que receberam doações e empréstimos, com seu valor (e registro dos empréstimos que foram solvidos).
• Pessoas físicas ou jurídicas que receberam valores a título de prestação de serviços, compras ou vendas de bens, em caráter contínuo ou de valores superiores a R$ 200.000.00.
• Forma de cálculo do preço, ou forma de concorrência, que a Igreja adota para a aquisição de bens e serviços (inclusive aluguéis e realização de todo e qualquer tipo de contrato)
• Como se estabelece a eventual preferência para membros da Igreja, ou pessoas a eles ligadas, ou por eles indicadas, nessas aquisições.
• Outras informações que possam ser relevantes à comunidade dos membros acerca do uso do dinheiro da Igreja Maranata.
• Razões para que a Igreja apenas agora tenha movido ação contra administrador seu, segundo o noticiário da Imprensa. Os desvios realmente remontam a anos atrás? Quem foram os autores das primeiras denúncias?

Pergunto, ainda:

1. Quando se realizam as assembléias de prestação de contas e como os membros da Igreja local podem fazer para efetivamente participar?

2. Quem são os advogados, contadores e quais os profissionais que influem na administração da Igreja e Fundação e por quanto tempo foram contratados? Qual o custo (mensal ou fixo) quais as suas atribuições e quais os critérios para a sua escolha? Pede-se esclarecer se advogados de pessoas demandadas pela Igreja em juízo, ou extrajudicialmente, foram contratados pela própria Igreja, e porquê.

3. Quando foram (ou serão) contratadas de auditoria externa, o que lhes foi ou será pedido, especificamente, como objeto do seu trabalho? Qual o custo e quais os critérios para a sua escolha?

4. Os membros afastados da antiga administração da Igreja continuam representando-as, no Brasil e no Exterior, ou opinando sobre os assuntos administrativos, por si ou por pessoas intimamente ligadas?

5. O pastor ou membro do Conselho da Igreja responde pela irregularidade da qual tenha ciência, não divulgada e mantida apenas entre os dirigentes? (observo que não desconheço a lei, mas quero saber qual a opinião dos responsáveis).

6. Há alguma norma que proíba a utilização do valor dos dízimos recebidos nas igrejas nas necessidades das próprias Igrejas? Qual é, especificamente?

7. É condizente com as normas da igreja “apelo” para realização de ofertas para a compra de quaisquer bens ou serviços da Igreja, para que com isso não se gaste o valor dos dízimos e ofertas remetidos ao Presbitério?

8. A igreja mantém o trabalho voluntário, sem remuneração direta ou indireta, para todas as funções da igreja, como foi constantemente anunciado nas igrejas e encontros/seminários (Maanains)? Foram criadas exceções? Quando? Qual o valor da retribuição?

9. A Igreja, quando contrata prestadores de serviços e vendedores de bens (pessoas físicas ou jurídicas) realiza concorrências para a aquisição de bens e serviços (inclusive aluguéis e realização de todo e qualquer tipo de contrato)? Quem tem concorrido? Como se faz essa concorrência? Quais as regras? Quais as exceções?

10. Há alguma norma que proíba aos Pastores, e demais irmãos responsáveis pelas finanças de uma Igreja, a divulgação entre os membros da própria Igreja do valor dos dízimos/ofertas recebidas e dos gastos ali efetuados?

Dignifique a obra de Deus com a verdade, é o pedido que lhe faço.
Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós.

Hugo Gueiros Bernardes Filho
Email
lago.sul@uol.com.br

….

Sei de algo que está abrindo dos olhos dos cegos, fazendo falar os mudos e ouvir os surdos: se aqueles que dominam esta ICM-PES perderam a vergonha, aqueles que os obedecem perderam o respeito por si mesmos.

Veja também:

Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
Envolvido em compras foi preso pela federal
R$ 1,8 milhão doados por deputados à igreja
Igreja contratou sobrinho de presidente
Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
Milhões arrecadados e livres de fiscalização
Maranata: líder da igreja é investigado

Suspeita de crimes federais serão investigados

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/04/noticias/cidades/1427772-hugo-gueiros-bernardes-filho–sinto-vergonha-do-que-vem-acontecendo-na-igreja-crista-maranata.html

Notas:

Atualização em 17.03.2012 às 13:27

Caso deseje enviar e-mail ou publicar, faça cópia completa citando a fonte com o link http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

Fineza não enviar comentários em CAIXA ALTA (letra maiúscula).

Não leio postagens de caluniadores e maldizentes. DELETO.

Por fim, o ninho está sujo… muito sujo.

Re-estilização em 25.02.2014 às 15:00

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

263 Respostas para “O CLAMOR PÚBLICO”

  1. Daltinho disse:

    Sr. Frederico Fiuza fiquei preocupado com o que você escreveu. Cuidado,uma das armaduras citada em Efésios 6 é o capacete da Salvação. Cuidado com a depressão “pós parto” (notícias e fatos virem àluz). Saber a verdade nem sempre é necessário para a completa libertação do sistema. Você viu o resultado do não guardar a língua (digo isso com todo o respeito),o que colhemos é angústia na alma. Só tem um jeito: Sair. Respire outros ambientes, ore com sua esposa, tome uma decisão !! Cuide da sua cabeça nessa hora. Conheço pessoas que malham,malham a ICM, sabem a verdade, criticam…. mas na hora de romper o cordão umbilical… o medo semeado durante anos gerou uma grande árvore a ser cortada. Leia a minha experiência que tive no culto da Presbiteriana, na mensagem de Romanos 1. Quando sai daquele culto tive a sensação de tempo perdido na ICM. Estou passando uma barra mas vou vencer. Visite igrejas,seja cauteloso, ore que Deus te dará a vitória. Não se preocupe demasiadamente com a opinião das pessoas, foque em Jesus, os caminhos que Ele abrirá para você em meio a este vale que está passando. Estou aberto a diálogo. A paz!

  2. Esperança disse:

    Aos queridos irmãos ex-maranatas e/ou aqueles que estão saindo da ICM,

    De tudo o que tenho ouvido e vivido com as últimas notícias sobre a ICM, somente uma coisa me preocupa: A vida, a alma de vocês…

    Amados, como conhecedores da Sagradas Escrituras sabemos quão próxima está a volta do nosso Senhor Jesus Cristo, e podemos discernir o momento profético que estamos vivendo…

    Então queridos por amor a Jesus e às suas próprias vidas, saiam logo desse sistema dominador chamado ICM, procurem logo uma igreja, lutem… esse e o recado do Senhor para esse momento: “Diga ao povo que marchem”, fujam desse beco sem saída, o exército de faraó está atrás de vcs e à frente está o mar, o mundo querendo devorar nossas vidas, a única saída de chama: FÉ …

    Irmãos amados, a mensagem da cruz, é o AMOR, o PERDÃO, Jesus andou em amor durante do seu ministério, os mandamentos se resumem em amor: Amor o Senhor acima de todas as coisas e amar ao próximo como a sim mesmo…

    Agora não é hora para rancor e falta de perdão, essa é a hora de olharmos firmemente para Jesus, exercitar a nossa fé, amar nossos irmãos independente se eles estão saindo ou ficando no sistema, temos obrigação como servos de Deus, de amar as vidas…
    Temos obrigação como Cristãos, de perdoar o Sr. Gedelti e toda a cúpula da ICM que estiver envolvida dessa imundícia toda, perdoar não significa concordar…
    Óbvio que eles erram, mas quem somos nós para julgar, isso compete a Deus, e certamente colherão as terríveis consequências, todo pecado trás consigo as consequências…
    Mas temos que ser misericordiosos, tardios em irar-nos e lutar pela nossa salvação… Como?

    Saindo desse sistema opressor, virando a página da vida, buscando a DEus… conhecendo mais o Senhor e prosseguindo em conhecer…

    Vamos continuar orando, conversando com as pessoas, mesmo que a princípio elas não aceitem, mas semente vai gerar no tempo oportuno…
    O mais importante nisso tudo, é que nenhuma vida se perca…

    Agora é a hora de provarmos o grande amor de Deus para com as nossas vidas e para com a vida dos nossos irmãos…

    Eu amo muito meus irmãos, aqueles que participaram durante tantos e tantos anos da minha vida, e se hoje eles viraram a cara, estão ressabiados, nem falam mais comigo, porque saí da ICM… a culpa não é deles, eles foram ensinados assim, formataram suas mentes durante anos e anos, uma vida inteira, uma geração inteira… como posso eu, criatura nascida de novo, não ter amor, misericórdia, e tentar entender o que se passa na mente desse meus queridos ?

    Se você aprende errado… vc vai fazer errado… é a matemática da vida… vc erra achando que está fazendo certo…

    Por isso amados vamos espalhar a amor, a compreensão, vamos deixar que Deus trate com os errantes líderes da ICM e com todos os envolvidos nessa sujeira toda, Deus age qdo nós confiamos nele e tiramos nosso “dedinho” da situação, vamos continuar informados, mas conscientes, mantendo nossa santidade, nosso coração limpo, e tenho certeza que “glória da segunda casa excederá a glória da primeira”, vai dar tudo certo, confiem no nosso amado Jesus…

    É com muito amor que vos escrevo…

    Fiquem na paz…

  3. Stanislaw Ponte Preta disse:

    Alguns fatos verídicos para nossa reflexão:
    Soube de um fato ocorrido há uns seis anos atrás e acho por bem relatar aqui. Um grupo de irmãos, comandados por um diácono, começaram a informatizar o som do maanaim. Iam toda sexta e ficavam até domingo trabalhando, deixando família, afazeres, etc. para fazerem a “obra”.
    Fizeram isso durante vários meses até que este diácono viu uma nota fiscal de milhares de reais emitida por um pastor. Ele questionou o porquê daquela nota, o pastor disfarçou mas ele descobriu que estavam trabalhando de graça e o espertalhão ganhando dinheiro nas costas deles.

    Outro fato interessante é que qualquer coisa feita por um simples membro vira um castigo, pois expôe a “obra”. Vocês lembram aquele coronel/pastor cuja conversa foi gravada, colocada na mídia, com ele xingando e depois ainda na entrevista, quando teve oportunidade de mostrar um pouco do caráter cristão, foi extremamente arrogante? Pois é, ele não expôs só a “obra”, expôs a sobra, a cobra, a roba, etc. Se isto não é expor o evangelho, então o que é? Ao invés de perder o ministério, foi contemplado com outra igreja e ainda por cima, a administração do maanaim de Domingos Martins.

    Por último, uma irmã de Vila Velha descobriu que o tesoureiro da sua igreja depositou os cheques de seu dízimo na própria conta durante um ano. Ela contou ao pastor e ele disse para ela não comentar pois estaria expondo a “obra”. Deu-lhe um recibo e ela achou que o tesoureiro seria afastado. Pois o gatuno continua como tesoureiro, afinal ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão.

    Fico realmente pasmo com a conivência e covardia dos irmãos que continuam sustentando esta organização. Certa vez, conversei com um pastor e ele disse que está acomodado, sem forças para fazer alguma coisa. É muito triste ver que as pessoas perderam a vergonha e assumiram uma atitude chamada de atitude de avestruz: a avestruz quando vê um perigo iminente enfia a cabeça na areia para não ver, achando que está protegida, quando na realidade fica mais vulnerável. Muitos dos irmãos que estão nas organizações maranata estão agindo como avestruz: não querem saber de nada, não lêem jornais, e-mails, não acessam a internet e não conversam sobre o assunto, achando que assim ficam bem, sem sofrer qualquer dano. Ledo engano. Assim é que estão correndo real perigo espiritual. Deus ama os valentes, os lutadores, os que trabalham, os que lutam pela verdade e abomina os covardes, os preguiçosos, os que amam e cometem mentiras.

    Realmente, os pastores não recebem. Quem recebe, isto é, desvia, rouba, afana, são da cúpula que tem acesso a tudo e não prestam conta de nada, pois manipulam uma massa de mentes formatadas ao longo de anos através de distorções feitas na palavra de Deus de forma ardilosas para enganar os incautos. Triste é ver um povo prostrado, acovardado e acomodado aceitar tantos crimes, concordar com criminosos que orientam a sua vida espiritual e só se incomodar com os que saíram por não aceitarem a bandalheira que tornou-se notícia em todo Brasil.

  4. A única alternativa disse:

    Amados,
    Sem muitas delongas, mas a decisão é a seguinte:
    Saia de uma vez deste sistema e não olhe para trás.
    O poder demoníaco que o domina e notório e só não vê quem não quer(mudanças para o ser humano sempre foi algo que amedronta)
    Não tem muito o que pensar. Ou fica fingindo que não está entendendo nada e morrendo espiritualmente ou sai de uma vez!
    Onde congregar? Ore que Deus mostrará.
    O que tenho ouvido de alguns é impresionante!
    Tipo: Saiu SÓ pelo ROUBO?
    Bom, meu pai se converteu aos 84 anos, mas sempre nos ensinou que roubar é crime , e sério.
    Se o dito cristão acha que roubo é pouca coisa, o que dirá da mentira!!!! Deve ser normal para muitos. É o famoso: Engana que eu gosto.
    Sem mais para o momento.

  5. Jan disse:

    Quem sai desse sistema é porque tem coragem e atitude,infelizmente poucos tem isso,são acomodados é por isso que existe impunidade em nosso país.Ficam sofrendo calados, os Pastores tinham q si unir e pedir o desligamento das igrejas do PES so assim para a ICM voltar a ter credibilidade da sociedade.

  6. Lucia disse:

    Roubo é crime perante a justiça desse mundo, perante Deus é pecado!!! O homem julga segundo suas leis…Deus julga pelo seu poder. Queridos não se preocupe cada um julgura esta causa, e a justiça de Deus será feita, e, os servos desse mesmo Deus continuaram de pé.
    .
    .
    Equívoco seu: DEUS JULGA SEGUNDO A SUA RETA JUSTIÇA.

    No entanto, a intenção da postagem que NÃO entra no artigo é fazer a “defesa da Obra”.

    Reitero o que lhe falei nos artigos: Muita coisa está errada dentro desta igreja, enviado em 27/02/2012 as 16:47; Não sou fanático, enviado em 05/03/2012 as 11:53; Decididamente, não ficarei no ninho, enviado em 06/03/2012 as 17:41; CASTIGO DIVINO, enviado em 13/03/2012 as 12:34.

    CV.

  7. […] Ao fim desta jornada de quarenta anos a iniqüidade transbordou aos olhos da Sociedade, onde o NOME DO SENHOR está sendo blasfemado (cf. Rm. 2.24). Não se enganem: o dono da sapataria prometeu ilusões; por isso o o clamor é notório e público. Quando devia esclarecer, ameaça e arma esquemas de autodefesa; confunde, despista e foge à responsabilidade… […]

  8. Cinco Colunas disse:

    De fato se o sr hugo gueiros assumiu algum cargo sem concurso antes de 1988, provavelmente pode ter sido agraciado com a Constituicao de 1988 que acomodou uma serie de nomeacoes anteriores de inumeros servidores publicos.

  9. A Bem da Verdade disse:

    A você que acusou o Hugo Gueiros Filho de ser uma grande farsa orquestrada pelo Sr Gedelti Gueiros, eu lhe digo, com toda a certeza, você falou do que não conhece, tendo repetido inadvertidamente uma história que lhe foi contada, como você mesmo disse.

    Em primeiro lugar, o único sentido em que Hugo Gueiros Filho vive “nas abas do seu pai”, o falecido Dr e Pastor Hugo Gueiros, é no exemplo e na prática de uma vida honesta , imparcial, com uma carreira brilhante baseada na sua competência.

    Hugo Gueiros Filho é atualmente Sub Procurador Geral da República, tendo sido aprovado em concurso público de âmbito nacional para Procurador da República em segundo lugar geral em 1984, quando assumiu a posição. Veja a publicação do resultado final do concurso nos seguintes links:

    Resultado final – nomeação:

    http://www.jusbrasil.com.br/diarios/3497107/dou-secao-2-18-09-1984-pg-11

    Divulgação dos aprovados na prova escrita:

    http://www.jusbrasil.com.br/diarios/3420973/dou-secao-1-19-06-1984-pg-42

    Além disso, seu curriculo foi conquistado pelo seu próprio esforço e trabalho exemplar ao longo dos anos, o que demonstra a sua capacidade individual e qualificação para a função que ocupa.

    Eu conheco Hugo Gueiros Filho e sua família a muitos anos e lhe garanto, para ficar do lado da verdade, que ele, apesar de ter laços familiares com membros da liderança da ICM, buscou sempre em seus atos a justiça e a transparência, não tendo qualquer interesse em ocupar nenhum cargo na direção desta igreja.

    Volto a dizer, seja lá de quem você ouviu esta história sobre Hugo Gueiros Filho, tenha a certeza de que ela não é verídica.

  10. ADENIR disse:

    porq o senhor gedelti convidou o senhor hugo para exclarecimento em vitori? Sera q o sr gedelti nao imaginava q o sr hugo poderia soltar essa bomba encima dele? Se alguem pode explicar q expliq
    pois é logico q nesse ninho tem uma richa … o que pode ser? Isto esta parecendo a briga do edir macedo com valdemiro…qualquer semelhança sera mera coincidencia? Ai tem….. procure…Senhor gedelti sua casa caiu…cai fora irmaos sai dessa cilada..esse é o verdadeiro laço do passarinheiro

  11. creusa disse:

    Amado me responda uma coisa que parentesco tem o sr hugo com o sr gedelti? Por as perguntas q foram feitas sao bem elaboradas, pois estou acmpanhando tds os depoimentos e estou com essa duvida. Fui uma maranata e hj desligada mais convicta q o Senhor Jesus mora e morar ate o fim em meu coraçao so nao quero que o meu lider seja um cauda , mais sim um valente um hm de DEUS

  12. Stanislaw Ponte Preta disse:

    Há pessoas que dizem que não saída. Isso é mentira. Diante de qualquer situação na vida você sempre tem 4 opções:
    1º – SAIA – procure outro lugar para se congregar e pronto. Você não deve satisfação a homem algum se é servo de Deus. Se estiver servindo ao homem então você é escravo de uma seita.
    2º – MUDE O SISTEMA – aí você vai dizer que não tem poder para isso, o que eu concordo e por isso mesmo eu saí.
    3º – MUDE VOCÊ – isso você não quer pois não concorda com o que está acontecendo, não é?
    4º – ENTÃO SOFRA – se nem uma das opções acima resolve a sua situação só resta sofrer, que o que a maioria faz. Fica sofrendo, reclamando pelos cantos, falando de lado e olhando pro chão.
    Irmãos, é hora de olhar para o alto, vencer esta etapa e parar de se importar com o que as pessoas pensam a seu respeito.
    Na vida só temos 1 ou 2 amigos, o resto são conhecidos e os confundimos com amigos. Se te virarem as costas é porque não eram seus amigos, muito menos irmãos e você não vai morrer por isso. Deus vai te dar novos amigos e verdadeiros irmãos.
    Eu visitei a Assembéia de Deus antes de me congregar na Louvai e fiquei maravilhado com o amor e a recepção dos irmãos, pessoas maravilhosas. Até ligaram para a minha esposa agradecendo a visita e confesso que nunca tinha visto isso.
    O fato é que falaram tão mal das outras igrejas, que nos achamos os melhores do mundo cristão e isso é uma falácia, pois há pessoas muito melhores que nós nas igrejas. Este ensino maligno destruiu o amor dos nossos corações mas Deus pode consertar isso.
    Tome uma atitude e vá visitar várias igrejas. Você verá que existe vida e muita vida mesmo após as organizações maranata.

  13. Clicelia disse:

    ..alguém sabe dizer se os questionamentos do Hugo Gueiros foram respondidos pelo Presidente do PES-ICM ??

    Olá, Clicelia
    Ele não respondeu. Por isso a Carta veio a público…
    Paz.

  14. crente em jesus disse:

    Presado irmão em Jesus gostaria de receber informações de como posso ter contato com os irmãos da igreja louvai,e-mail, telef.
    Desde já agradeço… Paz
    .
    Olá crente em Jesus

    Dê uma olha nas postagens de dois ou três artigos anteriores e aparecem endereços…
    Paz.

  15. Servo do Senhor disse:

    Parem com isso gente.DEUS não está em nome de igreja e sim no nosso coração.
    Anulando tudo que o sr ja fez por todos na ICM. Quanto hipocrisia de vossa parte. Não servimos a GEDELTI e sim ao Senhor, não adoramos ao PES e sim ao Senhor. Espero que quando o Sr vos cobrar, não implorem a ninguem da ICM para orar ou pedir ajuda, apesar de que estaremos prontamente a vos atender sem reservas. APDS a todos
    .
    .
    Abner, graça e paz.

    Como parar com o CLAMOR PÚBLICO? A iniqüidade da monarquia religiosa transbordou. Agora é a vez das autoridades públicas apurarem as FRAUDES e punir os culpados na FORMA DA LEI.

    Hipocrisia de nossa parte??? Não, Abner. Os hipócritas estão no palácio da rainha desfigurada. Não passe naquela rua porque os Judas despejam penicos pelas janelas. À luz do dia e na hora da ventania…

    Não obedecem e servem a Gedelti? Obedecem e servem, sim. E ele é tão importante, que ICM, PES, GEDELTI estão em letras maiúsculas. E olhe como V. escreve: “sr”, “Senhor”, “Sr”… Que coisa, hein?!

    Porque a ameaça tipo “quando o Sr vos cobrar”? Que “Sr” cobrador é esse?

    Que negócio é esse de implorar por ajuda ou oração de alguém da ICM?

    Tá tudo errado na sua cabeça ôca, Abner. O direito de fazer orações ao Pai Celestial pertence aos “filhos de Deus”, como está escrito (Mt. 6.6-8):

    “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais.”

    CV.

  16. AntSat disse:

    E então irmãos, o GG renuncia ou não. Será que vai achar uma saida mirabulosa e dizer que foi o “sinhô” que “revelô”. Aguardamos este momento!

  17. Hugo Gueiros Bernardes Filho disse:

    Soube que durante minhas férias foram feitas algumas especulações acerca de quem sou ou sobre o que pretendo.

    Minhas perguntas ao Presbitério foram claras e tenho a ambição de que sejam respondidas, de acordo com a lei, especialmente para que os servos da Igreja Maranata possam analisar, à luz da Bíblia, o porquê de pagar dízimos, assim como opinar sobre o que deve ser feito com os valores provavelmente acumulados no Presbitério – entre outras decisões importantes que devem tomar.

    Chega a ser incrível que alguém conteste o simples fato de eu pedir uma prestação de contas, depois de quase 35 anos sem informação alguma. Acho que muitos de nós compramos equipamentos para a Igreja, na suposição de que não havia dinheiro no Presbitério, que geralmente se nega a reembolsar gastos básicos de custeio, mais ainda investimentos mais caros. E tudo com dinheiro próprio, ofertado além do dízimo.

    Quanto ao nome Gueiros, sugiro a leitura das genealogias para verificar que meu parentesco com o Pr. Gedelti é distante, tanto que jamais o tratei como tio e falo com ele muito raramente. Apesar disso, faço questão de registrar que, na minha ótica, trata-se de um herói da fé, que teve um importante passado na divulgação do evangelho no Brasil. Só que, de uns tempos para cá, toma atitudes das quais divirjo, respeitosamente, como é notório para todos quantos nos conhecem.

    Com o Pr. Diniz tenho uma relação cristã, como convém a pais de filhos que se casaram, mas, com uma ou outra exceção, não compartilhamos das mesmas ideias.

    Espero que esse site/blog busque a vocação de saudável forum de discussão, e não compactue com a exteriorização de afirmações temerárias por parte de pessoas que nem sequer se identificam. Advirto para a circunstância de que, se houver acusação que se aproxime de crime contra a honra, estarei adotando imediatamente as ações cabíveis. Não tenho contato algum com o Presbitério (nem sei onde fica) e qualquer participação nos atos que ali foram praticados. Moro em Brasília, longe de todas as decisões tomadas no Estado do Espírito Santo e não participo sequer dos atos da própria Coordenação do DF. Não sou pastor, diácono ou mesmo tesoureiro. Logo, não admito a mera sugestão de que participarei de algum ato ilegal.

    Notem que a última lista de orações (“incessantes”) divulgada em Brasília contém como primeiro item algo como “livramento das investidas contra o povo do Senhor e sua Obra na região Brasília”. Fico me perguntando que “investidas” são essas, se eu apenas fiz perguntas, que foram endossadas por outras pessoas. Se a referência nos diz respeito, está equivocada, pois não atacamos, mas defendemos a verdadeira Obra de Deus. Cito o fato apenas para mostrar quão enganado está quem sugere alguma “harmonia” entre eu e as pessoas do atual Presbitério. Só Deus sabe o que estou sofrendo com esse antagonismo. Estabeleceu-se verdadeira “intervenção” na Igreja do Lago Sul, onde muitas pessoas têm questionado a ausência de respostas às questões formuladas. Pastores de várias Igrejas e Estados a visitam diariamente.

    Até minha segurança física foi ameaçada em recente “reunião” convocada para falar sobre dízimos e assuntos correlatos, reunião em que os membros (e particularmente eu) foram impedidos de se pronunciar. Avaliem os leitores se isso é comportamento de quem está almejando um “acordo” comigo.

    Em síntese, só quem está muito distante dos acontecimentos é que pode forjar uma versão fantasiosa de que desejo algo mais do que os esclarecimentos necessários e a aplicação do direito. Faço até mesmo um apelo aos leitores de que parem de especular sobre essas coisas, que só dificultam a busca da verdade. Basta acompanhar o desenrolar dos acontecimentos e verificar que (pelo menos no que me diz respeito) nenhuma participação nesse Presbitério ocorrerá.

    Por fim, fiquei muito decepcionado de alguém dizer que eu vivi “nas abas de meu pai”, pois isso foi o que mais evitei na minha vida profissional. Basta consultar qualquer pessoa do mundo jurídico de Brasília para saber que nada herdei do seu enorme escritório de advocacia trabalhista. Construí minha carreira em outra área, no Ministério Público Federal, onde fui aprovado em segundo lugar no CONCURSO NACIONAL de 1984. Exerci importantes cargos perante diferentes Presidentes da República, assim como o magistério nas principais faculdades, em diversas áreas. Hoje (mais de 3 anos após a morte de meu pai) concorro ao elevado cargo de Ministro do STJ, após aprovado em lista sêxtupla do MPF. Pergunto: que ajuda ele me deu, ou pode ter me dado, em qualquer uma dessas situações?

    Atenciosamente,

    Hugo Gueiros Bernardes Filho

  18. Clicelia disse:

    Olá Sr. Hugo Gueiros Bernardes Filho!
    Não desejando ser uma pessoa indelicada!
    Creio que suas perguntas à Coordenação da ICM-PES não serão respondidas!
    Meu esposo e eu nos desligamos dessa instituição desde abril de 2009, mentiras criadas sobre minha pessoa foram criadas, e aceita pelo Sr.Gedelti como verdadeiras, fomos humilhados…..questionamos via carta AR enviada ao referido senhor, e até hoje , 01/04/2012 não obtivemos respostas!
    Se o senhor, receber respostas gostaría de ser informada!
    Forte abraço!
    Clicelia
    cliceliahbl@gmail.com

  19. Rodrigo disse:

    Gostei desse Hugo Gueiros, pelo visto ele não tem nada haver com os cães gulosos, mas vamos esperar pra ver como vai se desenrolar essa história, quais serão os próximos passos em busca da perpetuação no Poder, conseguindo com isso muitos bens, riquezas e até poder pra eleger politicos

    eu nunca vi um cão guloso soltar o osso…

  20. Maria disse:

    A Hugo Gueiros Bernardes Filho:

    Um homem da sua envergadura não necessita justificar nada para a plebe. Vão querer sempre lançar mais um falso ou uma dúvida para tentar desacreditar quem eles, de alguma forma, almejam ser. Estes não questionam quem os domina com mãos de ferro e suja o santo nome de Deus. Sequer reconhecem se quem dirije a caravana é ou não a favor. Deixe-os no caminho e siga em frente com sua caravana! Um questionamento como o que foi feito pelo senhor, sendo quem o senhor é, por si só já deixou em péssima situação quem não teve a dignidade de responder às mentes pensantes da ICM. Imagina o peso de seus questionamentos tendo o senhor algum parentesco com Gedelti Gueiros…?

    Eu sinceramente não gostaria de estar no lugar de GG, nem para tentar consertar toda esta situação! Porque se ele respondesse verdadeiramente aos seus (e de milhares) questionamentos, ele daria de bandeja as provas para quem o acusa. E se ele não responde aos seus questionamentos, ele dá um tiro no próprio pé e se auto-condena. Contrata um dos mais caros advogados do estado e tenta ganhar tempo. Quem tem cérebro sái. Mas os não-pensantes ficam e são estes que não deixam o barco acabar de afundar… Quem sabe acontece um milagre? A corrupção é grande em todoas as esferas e o povo tem a memória tão curta… quem sabe uma pá de cal estrategicamente colocada aqui e alí por cima de cada situação questionada e com o tempo a mídia, a justiça, os que ficaram… esquecem? Aí vem o senhor e remexe a cal e faz este estardalhaço questionando as bases da administração gedestiana…

    Ele não esperava por isto!

    Parabéns, e avante!!

  21. firme nas promessas disse:

    Precisamos de pessoas como o Sr. Hugo Gueiros, que tem voz diante da Nação, para se pronunciar em defesa de um povo que está sendo enganado. O espaço que o CV tem dado no Blog para que isto seja feito, tem sido de uma repercussão enorme, pois a cada dia vem crescendo o numero dos que acessam o Blog.
    Somos agradecidos a este Sr que estava no anonimato mas se pronunciou a este respeito, sentindo também lesado pela instituição por fazer parte do rol de membros, deseja que tudo que está escondido venha à tona.
    Declaro todo o meu respeito , admiração e agradecimento ao Sr. Hugo Gueiros e também ao CV que tem sido um grande amigo,irmão e colaborador, para que as informações cheguem até nós.

  22. humilde disse:

    Sr.Procurador Hugo Gueiros,tenho visto através de suas palavras que o sr como milhares de irmãos assim como eu,estamos sofrendo com todo o descaso do presbitério para com o povo do senhor,será que como o senhor usou no passado, homens para defender o seu povo o sr procurador poderia fazer algo pela a igreja do senhor.

  23. Cocota disse:

    “Até minha segurança física foi ameaçada em recente “reunião” convocada para falar sobre dízimos e assuntos correlatos, reunião em que os membros (e particularmente eu) foram impedidos de se pronunciar. Avaliem os leitores se isso é comportamento de quem está almejando um “acordo” comigo.”

    Trecho da postagem de Hugo Gueiros neste artigo.

    Eu acho que não entendi…
    Por favor CV, do que ele está falando? Pode me explicar?
    .
    .
    Entenda:

    A falsa unção gera morte.

    Autodefesa, avareza desmedida e dissimulação formam a base do governo gedelcrático da ICM-OBRA, ou seja: a igreja-do-jeito-que-o-papagueiros-quer.
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/05/dominadores-do-rebanho-de-deus/
    .
    Infelizmente, a elite desta igreja continua ignorando o que Deus disse, do jeito que Ele disse e convenientemente os maiorais mamam nas gordas tetas da gorda senhora. Então, o que vale é esse deus carrancudo, instigador do ódio religioso, perseguidor dos que se opõe aos ungidos paridos no pandulho do sistema.

    Nada mais bastasse, a Bíblia dos cristãos foi deixada de lado (apesar de ser consultada à guisa de bibliomancia): o olho que tudo vê (mas finge que não vê) profetiza que o que vale é a bíblia além da letra – algo da alucinação que foge aos critérios fundamentais da Hermenêutica. Loucura!

    Nesta simbiose de deus-Obra mais bíblia além da letra do governo gedelcrático deslumbramos algo da Maçonaria onde o GADU observa com o olho que tudo vê (e finge que não vê) enquanto dá continuidade aos planos de exibir ao mundo a mensagem alem da letra que o Grande Homem, o Valente dominador das nações e restaurador da paz mundial quer para unificar os povos debaixo da Religião do “deus deste século” (2 Co. 4.4). Obra maravilhosa!

    O ninho está sujo… muito sujo.
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/decididamente-nao-ficarei-no-ninho/
    .
    Para piorar, esses dois tipos de governo (gedelcrático e maçônico) exibem as marcas do ocultismo. Em toda e qualquer convocação na sapataria, para os remendos costumeiros e as engraxadas de brilho falso, os meia-solas dependem do olho que tudo vê. E basta uma piscadela emanada do trono do Grande Homem para serem pronunciadas ameaças e maldições contra quem protesta, questiona e quer transparência e verdade. Enquanto espírito do olho que todo vê se esgueira nas sombras, fala pela boca dos falseadores do “evangelho da graça de Deus” e instiga ódio nos meia-solas defensores do sistema.
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/
    .
    Quem ler entenda… e quem puder, fuja de ninho de serpentes.

    CV.

  24. Angela disse:

    Também faço coro às palavras de Maria e Firme nas promessas. Graças a Deus existe ainda homens da envergadura de Hugo Gueiros nesse pais, que pode fazer o que todos nós gostaríamos e não podemos.
    Quanto ao sermos anônimos Dr. Hugo, o fazemos não porque achamos bonito, mas porque conhecemos as armas de GG, e do que ele é capaz para atingir seus intentos. Somos gratos e muito ao senhor Dr. Hugo, por essa atitude.
    Saiba que está representamos a todos nós, não só os que postam suas mensagens nesse blog, mas também àqueles que estão ainda dentro da ICM; tristes, decepcionados e esperando respostas pra tudo que está ocorrendo.
    E a voce nosso amigo e companheiro CV, que ganha credibilidade a cada dia, pela seriedade, conteúdo e espaço para os nossos desabafos, verdadeira terapia para as nossas almas, o nosso muito obrigado.
    Contem com nossas orações!
    APSJ !

  25. A.Marques disse:

    Caro amigo Hugo GueiroS

    Vejo que você busca realmente por respostas a perguntas simples e que são de direito de todos saber.

    Deletei a mentira que estava sendo divulgada sobre a conspiração com GG e quero deixar novamente minhas desculpas por ter publicado!!

    Fé em Deus que ela nos dará a força para vencer esta luta!

    PAZ

  26. Clicelia disse:

    Assim como o Sr.Hugo Gueiros, mandei o conteúdo abaixo, nominal ao Sr.Gedelti Gueiros, sem resposta até o presente momento!
    Mantive os nomes dos referidos em sigilo!
    Espero assim colaborar com os que sofrendo estão!

    Prezado Pastor Gedelti Gueirros,

    No mês de setembro do ano de 2003, em Cascavel-PR, após presenciar um relacionamento extraconjugal de um diácono da igreja, dei conhecimento do fato ao Pastor………., convidando-o, inclusive, para presenciar a situação, pois estava ocorrendo em ambiente público – no estacionamento da faculdade.

    Pensei que seria de interesse do ministério tomar conhecimento do fato, uma vez que a igreja prega contra o adultério e não seria nada inconveniente que essa questão fosse tratada com o diácono. Entretanto, fiquei surpresa com a reação do Pastor……. Além de não ter se interessado em confirmar meu relato, convocou-me, juntamente com meu esposo, para conversarmos com ele na presença do diácono, do esposo da mulher com quem ele estava desenvolvendo o relacionamento extraconjugal – todos membros da igreja.

    O resultado dessa reunião foi surpreendente – ouvi coisas que nunca imaginei e o diácono foi preservado em suas funções na igreja. Eu e meu marido saímos humilhados da reunião e, desde então, nossa confiança no ministério foi abalada, uma vez que o pecado e a mentira superaram, com a conivência do ministério local, a verdade e a justiça.

    Mas, ainda assim, permanecemos na igreja e em oração, apesar do abalo que sofri em minha saúde emocional, que se estendeu para a minha saúde física, levando-me a enfermar e a ficar “de cama” por muito tempo.

    Não bastasse isso, algum tempo depois meu filho, com apenas 7 anos de idade, presenciou outro diácono da igreja traindo sua esposa. Desta vez com a minha vizinha.

    Para não passarmos pelo desconforto e humilhação suportados no passado, decidimos mudar de cidade, achando que isso resolveria a questão e deixaríamos o passado para trás para continuarmos a servir ao Senhor como antes, mas em outra cidade.

    Decidi perdoar tudo e todos e até mesmo destruí todas as provas que reuni para comprovar que o que relatei continuava acontecendo, inclusive com outra pessoa da igreja, ou seja, o mesmo diácono desenvolveu novo relacionamento extraconjugal, agora com outra mulher da igreja, desta vez uma solteira.

    Recentemente, o oculto tornou-se público para a igreja. A irmã solteira que estava se relacionando com o diácono decidiu contar para a esposa dele o que estava acontecendo, confirmando tudo o que eu já havia falado antes, mas que o pastor não acreditou e ainda colocou-me em situação vexatória.

    É interessante notar que, mesmo após a constatação de que eu não estava mentindo e que minha atuação no passado foi pela preservação dos princípios morais e bíblicos defendidos pela igreja, não recebi qualquer retratação formal ou informal.

    Gostaria muito que esses acontecimentos caíssem no esquecimento e não mais se repetissem, mas na semana passada novamente fui alvo de desrespeito e humilhação que, mais uma vez, atingiram meu estado emocional, minha honra e minha saúde física, deixando-me “de cama” por dois dias.

    Neste último sábado, dia 28/3/09, tive que suportar mais um stress desnecessário. Isso não deveria ser rotina em um ambiente composto por servos de Deus, responsáveis e maduros, mas infelizmente tem-se repetido.

    Sábado, antes mesmo de iniciar o culto, o Pastor D. F. me chamou e disse que precisava conversar comigo. Solicitou que eu, meu esposo e filho o acompanhássemos ao culto em outro bairro. Aceitamos. Após o culto ele me chamou e comunicou o meu afastamento das minhas funções na igreja pelos seguintes motivos:

    1) minhas atividades profissionais, que me impediam de estar presente em todos os cultos durante a semana;
    2) pelo envio de mensagem eletrônica (e-mail) criticando o Pastor …… e o ex-diácono……….. – fui acusada de ter enviado e-mail contendo “folhas” a outros irmãos da igreja criticando a postura dos referidos;
    3) pela impressão do e-mail mencionado e sua distribuição a vários irmãos da igreja.

    Em resposta à primeira motivação apresentada (item 1), apenas perguntei se essa regra era nova, ou seja, se apenas as pessoas que estivessem presentes em todos os cultos poderiam exercer funções na igreja.

    Quanto às duas acusações seguintes (itens 3 e 4), confirmei o que antes já havia dito ao Pastor ………no sábado anterior. Reafirmei que não enviei e-mail a nenhum irmão da igreja contendo críticas a quem quer que seja. De igual modo, reafirmei que não imprimi nem distribuí nenhum e-mail “folhas” a quem quer que seja, pois, além daquilo não ser do meu feitio, sou bastante ocupada e não tinha tempo a perder com coisas dessa natureza.

    Dado o nível de insistência e repetições infundadas e injustificáveis a que chegamos, deixei, mais uma vez, a igreja angustiada e inconformada com o tratamento dispensado aos seus membros, os quais muitas vezes dedicados ao auxílio dos trabalhos locais, apesar da rotina diária de compromissos profissionais, familiares etc.

    Meu estado emocional ficou, mais uma vez, abalado e meu corpo recebeu os reflexos desse stresse. Entendo que o amadorismo a que chegam os pastores da Igreja Maranata e o despreparo para tratar com pessoas sérias os levam a ultrapassar os limites admissíveis no relacionamento pastor/ovelha, chegando a agredirem a honra, a saúde e o bem-estar dos membros que, na maioria das vezes, não abre a boca e deixa tudo passar em branco, como fiz anteriormente, em 2003.

    Entretanto, para que situações como essas sejam banidas de nosso meio, entendo necessário a reparação do dano causado a mim e à minha família.

    Entendo que duas coisas são suficientes para que esse Presbitério corrija as repetidas falhas no trato com os membros de suas congregações, de um modo geral. A primeira é a apuração de fatos levados ao conhecimento dos ministérios com base em provas concretas e não apenas com base em “fofocas”. A segunda é, uma vez impossível a comprovação das acusações dirigidas aos membros, a reparação do dano à honra das pessoas atingidas, por meio de retratação diante das pessoas exposta à situação vexaminosa.

    Isso posto, e considerando:

    a) a punição que recebi e as acusações que tive que suportar, deixando-me desmoralizada perante meu esposo, filhos e irmãos da igreja, o que afetou seriamente meu estado emocional e físico, já que sou humana. Meu estado espiritual só foi preservado porque creio em Deus, no seu amor e no perdão;

    b) a falsidade das acusações, sem provas, que a mim foram dirigidas e que passaram a ser de conhecimento da igreja;
    c) que tive que consultar um advogado para me informar sobre as atitudes que devo tomar ante a ofensa à minha honra;

    Solicito formalização de resposta aos seguintes quesitos:

    I – qual a fonte das informações levadas a esse Presbitério a respeito de minhas atitudes pessoais?
    II – qual o nome das pessoas para as quais eu, supostamente, teria enviado e-mail?
    III – há registro, em algum computador dos irmãos, de e-mail de minha procedência com o assunto ora abordado? Se há solicito cópia;
    III – quais pessoas receberam de minhas mãos cópia do e-mail em questão?
    IV – entre os critérios para o exercício de funções na igreja consta a presença em todos os cultos?

    Respeitosamente,

    Clicelia Coutinho de Oliveira

  27. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    CLICELIA,
    Sai dessa igreja – SEITA – há i anos atrás.
    Sai dessa seita, tenha respeito por si mesma, pq os pastores sectároios desse PES tem a mesma mentalidade.
    Fui pastor e vítima dessa SEITA, conheci alguns que tentaram suicídio, muitos com depressão.
    ADULTERIO NA ICM é coisa comumn e conheço casos do Norte ao Sul, Leste a Oeste, gente que contiua na frente das igrejas
    ISSO É UMA OPRESSÃO QUE SE ESPALHOU!
    PRESERVE SUA DIGNIDADE e DA SUA FAMILIA.

  28. Conflito disse:

    Para clicelia comentario[10]eles nunca descerao a um estado de retrataçao de nada, simples demais pois nao conhecem este caminho,confundem humildade,com falta de autoridade,quanto aos adulterios onde tem idolatria existe adulterio prostituiçao pobreza economica e Espiritual,sequidao de PALAVRA,andam em parceria todosestes males,portanto minha irma nao resta outra alternativa sacudir a poeira contaminada e procurar um lugar,mesmo que nao seja perfeito,mas que te deem liberdade para buscar a façe do SENHOR COM LIBERDADE.FUJA DESTE PALACIO DE ACABE E JEZABEL.PAZ

  29. Leonardo disse:

    Fiquei estarrecido ao ler isso:

    “Até minha segurança física foi ameaçada em recente “reunião” convocada para falar sobre dízimos e assuntos correlatos, reunião em que os membros (e particularmente eu) foram impedidos de se pronunciar. Avaliem os leitores se isso é comportamento de quem está almejando um “acordo” comigo”.
    Não é comportamento de verdadeiros cristãos e nem ao menos é comportamento de pessoas éticas e decentes!

  30. trini disse:

    Glicelia, o sogro de Moisés, falou p/ele separar homens, que tivessem estas qualidades:
    capazes, tementes a Deus, homens de verdade, e que aborreçam a avareza (Ex. 18:21). Olha o relatorio de levantamento de obreiros, diaconos, “ungidos” e ve se consta essas qualidades, entre outras que deveriam ser obrigatórias, e vc vai entender onde está a raiz de tanto questionamento. Infelizmente, eu, e tantos outro(a)s, como voce, sofremos na mão de homens, que foram levantados por atenderem a quesitos, que não teem perfil de homens de Deus para det. funções.
    Olhe em I Re.12:31 Jeroboão fez sacerdotes, dos mais baixos do povo. Estamos todos curando as feridas, se desmaranatisando. Sinceramente, que Deus, te renove, e te de alegria de servi-lo, como devem ser todos aqueles que dEle são.
    Fique na paz e no amor de Senhor.

  31. anderson disse:

    Ao Sr. Hugo Gueiros,
    Temos plena conciencia de que o Senhor de alguma forma nos usa dentro daquilo que nos é permitido, e creio que está sendo usado para que a bandeira da verdade seja erguida !
    Ouvido da boca do proprio pr Gedelti : O escandalo que estamos passando é como o escandalo da Pedofilia na Igreja catolica, o tempo passa, e com ele o povo acaba se esquecendo do ocorrido, e se por um acaso a presidente Dilma falhar em seu governo o Brasil irá parar por causa disso? digo que não irá, então vamos tocar o barco pra frente !
    Conclusão, o coração fala daquilo que está cheio, e hoje o coração do sr. gedelti se encontra cheio de Religiosidade e Politica !, o que sempre lutamos contra, mas creio piamente que o Senhor virá ! e levantará a Verdade, sim ela prevalecerá !

  32. carlos disse:

    Ao Sr. Hugo Gueiros,
    Temos plena conciencia de que o Senhor de alguma forma nos usa dentro daquilo que nos é permitido, e creio que está sendo usado para que a bandeira da verdade seja erguida !
    Ouvido da boca do proprio pr Gedelti : O escandalo que estamos passando é como o escandalo da Pedofilia na Igreja catolica, o tempo passa, e com ele o povo acaba se esquecendo do ocorrido, e se por um acaso a presidente Dilma falhar em seu governo o Brasil irá parar por causa disso? digo que não irá, então vamos tocar o barco pra frente !
    Conclusão, o coração fala daquilo que está cheio, e hoje o coração do sr. gedelti se encontra cheio de Religiosidade e Politica !, o que sempre lutamos contra, mas creio piamente que o Senhor virá ! e levantará a Verdade, sim ela prevalecerá !

  33. Augusto disse:

    Gostaria de saber como está o andamento das investigações por parte do Ministério Público sobre os possíveis crimes cometidos pela Igreja Cristã Maranata, pois tudo está tão calmo que começo a desconfiar que terminará em pizza, como sempre. O que seria uma pena, pois gostaria muito que os responsáveis por toda esta sujeira pagassem. Ou será que a justiça dos homens falhará novamente? Mas, de uma coisa tenho certeza, a justiça do Deus Todo Poderoso não falha nunca e na verdade ela já está se cumprindo. Peço a ti Caveleiro Veloz que nos mantenham informados sobre o andamento das investigações. Estive esta seita durante 27 anos, mas graças a Deus, Ele abriu os meus olhos como tem feito com muitos. Continuemos a orar. Fiquem na paz do Senhor Jesus.

  34. Cinco Colunas disse:

    Me parece que as pessoas de uma forma geral nao percebem que dia a dia gotejam nas mentes daqueles que adentram a igreja maranata heresias e mais heresias… Vide o exemplo da ultima aula para criancas… Tentam trata las como retardadas ou tele tubbies… Para que esses filhos sirvam aos interesses dos filhos deles acham que um dia vao perpetuar essa pouca vergonha… Repito pior que os roubos e furtos eh a tentativa constante de disseminar uma doutrina contaminada… Lastimavel !

  35. Leonardo R. disse:

    (…)

    Arquivei

    Com 1.000 palavras de discurso de prolixo Leonardo R desabafou.

    Em resumo:

    “ja que não temos respostas do presidente Gedelti G. gostaria de saber se é possivel que todos os menbros possam exigir devolta os dizimos, (…) as vezes paro para pensar se nos devemos continuar com estas pessoas que tomão a frente e fazem o que bem entende (…) numca ouvi falar que o presbiterio fez alguma obra beneficente (…) Antes eu mesmo dizia de encher o peito para quem me perguntava qual sua religião e dizia sou um servo na igreja CRISTÃ MARANATA onde tem o pastor Gedelti, onde tem o pastor Amadeu e outros que eu me orgulhava muito, mas me decepcionaram MUITO mais ainda, pois não tenho coragem de chamar ninguem para ir a igreja comigo, piorando tambem a situações com meu pai que não ia a igreja, agora ele não vai mesmo. (…) essa igrejinha é nossa é dos umildes, nos somos como a jumenta de balaão, fomos obedientes mesmo assim nos fomos espancados, mas agora vamos fazer como a jumenta fez, não podemos proceguir com homes que só querem mandar ou criar estatus como o super homem a frente da igreja, pois se proceguirmos com eles poderemos morrer. (…) ELes ainda assim tem coragem de botar a cara nessa transmisão que enventaram pra dizer para sermos servos fiéis, (acho que ele quiz dizer em parabulas que era pra sermos servos fiéis ao dizimo) inventaram ess conecção de satelite que não tem sido benção a ninguém (…)
    .
    .
    Claro que o discurso é consequência das Denúncias do Blog e das matérias publicadas na Mídia a partir do fatídico domingo 04/02/2012

    http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1107003-igreja-maranata-dizimo-desviado-em-fraude-milionaria.html

    E começou a decepção dos maranatas. Geral! Infelizmente a decepção é contra os desvios de dízimos, e, não, contra a apostasia em que o gedeltismo (ideologia Obra como forma de vida) mergulhou a Instituição; mas Gedelti não permitirá transparência. Já disse e repeti: a Maranata está assentada em idiossincrasias graves do mestre-profeta: autodefesa, avareza e dissimulação. O governo desta igreja está nas mãos de “anticristos”.

    Irmão Leonardo, o Blog avisou que haveria invasão no palácio da rainha desfigurada; mas o monarca pseudocarismático não acreditou; pelo contrário, fez o que mais gosta de fazer: instigou o ódio dos formatados contra o autor dos artigos com promessas de processos na Justiça.

    O pior está por vir.

    CV.

  36. Alem dos numeros disse:

    A carta do Sr. Hugo Gueiros seria um bom ponto de partida para implementar a transparência corporativa e restaurar a confiança dos membros no PES. Esse deveria ser o caminho a ser seguido, porém, tenho minhas dúvidas.

    O P.A. (Processo Administrativo),do final do ano passado, revelou o lado obscuro da gestão do PES entre os anos de 2006 a 2010, os quatro anos em que não houve contabilidade formal – um verdadeiro ABSURDO!!!!!

    Basta fazer algumas contas para termos uma noção da gravidade do problema e da quantidade de dinheiro que foi arrecadado nesses quatro anos.

    Alguns cálculos conservadores:

    5,000 igrejas com 100 membros cada.
    De cada 100 membros, digamos que metade é dizimista contribuindo em média R$ 100 por mês.
    5,000 (igrejas)x 50 (dizimistas) x R$ 100 = R$ 25,000,000 por mês, ou 300,000,000 por ano, ou mais de 1 bilhão de reais arrecadados justamente nesse período sem contabilidade.

    Conclusão, a ICM possui hoje um fluxo de caixa multimilionário sem transparência.

    E eu ainda ouvi um pastor dizer para uma ovelha (que questionou sobre os últimos acontecimentos) que ela estava oprimida e que a ICM é uma igreja pobre.

    Ou este pastor evita o ÓBVIO (além de não saber apascentar) ou ele precisa aprender a fazer contas!

  37. […] Aqui estou para mais um dia de enfrentamentos. Se a Graça me envolve e o dever me obriga, não posso ter pena de mim. E dói na alma esta denúncia:

    “Até minha segurança física foi ameaçada em recente “reunião” convocada para falar sobre dízimos e assuntos correlatos, reunião em que os membros (e particularmente eu) foram impedidos de se pronunciar. Avaliem os leitores se isso é comportamento de quem está almejando um “acordo” comigo.” […]

  38. Cinco Colunas disse:

    Me parece que essa turma, digo, esse bando estao dispostos a tudo, tudo mesmo… se um indicado a penultima maior corte de justica desse Pais recebe isso… esse tipo de ameaca… nao duvido de mais nada…

  39. A verdade nos basta disse:

    Dr Hugo Gueiros, parabéns pela coragem.
    Tenho certeza que o sr. é pessoa honrada, como seu pai Pr Hugo, homem de Deus…
    Quando a arvore é boa, os frutos sao excelentes DEUS o abençoe grandemente…APDSJ
    .
    .
    Apenas três meses passaram e a Maranata nem imagina o que lhe espera.

    CV.

  40. Ana disse:

    Bom dia pessoal, hoje fiquei sabendo que o pastor Jorge Crespo, irmão do pr. Roberto Crespo , se desligou da ICM nesta quinta, parece que nem chegou a pregar, eu o conheço , ele era pastor de uma igreja em Ponta Negra , Natal onde morei, um homem correto e espiritual. Se saiu realmente deu mais uma prova de sua idoneidade. Os membros estão muito abalados.., ele estava nessa igreja a mais ou menos 11 anos. Mais um que se define e muitos o seguiram , tenham certeza.

  41. Cristalina disse:

    Não conheço o Pr. Jorge Crespo mas conheço o irmão dele, Roberto Crespo. Na verdade eram três irmãos pastores, mas um, já está nos braços de Jesus (Ainda bem que não está aqui para ver esta sujeirada toda).
    O Pr. Roberto Crespo hoje está fora da icm, por não concordar com posturas do PES. É um HOMEM DE DEUS!
    Que o Senhor abençoe o Pr. Jorge Crespo e Roberto Crespo em seus ministérios, que decerto properarão muito, aonde quer que forem.
    .
    .
    Amém!
    Não dá pra continuar no ninho…
    CV

  42. AntSat disse:

    Um Pr me disse esta semana que houve uma reunião de coordenadores no PES e lá eles orientaram para que até as conversas telefônicas sejam discretas porque a igreja está sendo “monitorada”. Lamentável afirmação pois a palavra diz que onde há o Espirito de Deus, há liberdade. Neste caso acho que o Espirito deve estar se mudando de endereço. Enquanto não houver os devidos esclarecimentos para todos e de maneira transparente e que algumas pessoas construirem seus ninhos atrás das grades conforme manda a justiça, creio que não teremos a presença maravilhosa do Espirito Santo Consolador. Muito triste…
    .
    .
    Cerca de 30.000 (trinta mil) documentos de fraudes foram entregues às autoridades onde se vislumbra um leque de crimes etc.

    Delegacias especializadas estão apurando os fatos

    Grupos de Promotores (Estaduais e Federais) investigam

    Os esgotos estão sendo escancarados enquanto os Judas depejam penicos pelas janelas do palácio da rainha desfigurada (cuidado! não passe por aquela rua…).

    Os poderes constiuídos pela Carta Magna para proteção da Sociedade estão vigilantes.

    Pesadas sentenças virão e somente agora eles falam em “discreção”?

  43. Lucimar disse:

    Não deviam ser tão discretos pois não afirmam serem justos e retos? Deveriam falar abertamente, toda a verdade. Ou será que suas palavras importariam em confissões – a rainha das provas? Falem pastores e funcionários do PES, falem abertamente!! Não são vocês que não tem nada a temer????

    Pois é, Lucimar

    Dominadores de rebanhos de Deus não suportam a Verdade. Justiça? Retidão? Só no papel…

    Meias verdades oportunizam piadinhas, risos e teatralizações na fábria de meia-solas. O entretenimento é mais prático entremeado com “não sei… não vi… a Obra é perfeita mas o homem é falho…” e deste modo o mestre dos malabares foge à responsabilidade.
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/
    .
    Vergonha!

    CV.

  44. Augusto disse:

    Olá,Cavaleiro Veloz, a Paz do Senhor!

    Gostaria de saber se a carta do Dr. Hugo Gueiros direcionada ao Conselho Presbiteral da ICM foi respondida e como andam as investigações por parte dos órgãos públicos sobre o roubo dos dízimos e demais crimes praticados pela cúpula da ICM. Está tudo muito quieto. Será que tudo terminará em pizza?

    Já fui um maranata. Graças a Deus,um dia o Sehor Deus teve misericórdia de mim e abriu os meus olhos e me fez ver que aquele não era mais um lugar sadio para serví-lo juntamente com minha esposa e filhos. Hoje, isto ficou mais evidente ainda, depois de todos estes acontecimentos que tem sido noticiados não só neste site como até mesmo por parte da imprensa. Só tenho que agradecer a Deus pela tão grande benção que Ele concedeu a mim e minha família nos tirando daquela “prisão de seguraça máxima”.

    Hoje entendo o porquê de tantas pessoas que ainda estão presas àquela prisão. Só se consegue sair de lá por uma operação da parte do Senhor Deus, pois as pessoas tomam conhecimento de toda a sujeira daquela lugar e mesmo assim não saem. O seu trabalho Cavaleiro Veloz não é vão no Senhor.

    Tenho certeza que Deus tem usado muito este espaço para libertar a muitas pessoas aprisionadas por aquele sistema. Continue firme com este trabalho que tem sido maravilhoso. Que Deus continue te usando para a libertação de muitos. Mais uma vez lhe peço,se possível for gostaria de receber notícias a respeito da carta do Dr.Hugo e como está o andamento dos processos envolvendo aquela seita. Muito obrigado e que Deus tenha misericórdia de todos nós e nos comtemple com suas bênçãos.
    .
    .
    Amado:

    Cerca de 30.000 (trinta mil) documentos de fraudes foram entregues às autoridades dando contas de um leque de ilícitos penais puníveis (em tese).
    Delegacias especializadas estão apurando os fatos
    Grupos de Promotores (Estaduais e Federais) investigam e formula PARECERES
    Magistrados acompanham. Os esgotos estão sendo escancarados enquanto os Judas depejam penicos pelas janelas do palácio da rainha desfigurada (cuidado! não passe por aquela rua…).
    O cerco se fecha. Os Judas conbinam ações mas os poderes constiuídos pela Carta Magna para proteção da Sociedade estão vigilantes. Pesadas sentenças virão…

    O gedeltismo mentiu. Ele apenas exibiu-se como “Obra Maravilhosa” para acumular fortunas, mitos, profetadas e revelagens. Interessante que com amor, esperança e fé acontecem maravilhosas transformações. Deixei um esboço do que vem a ser a “igreja de Deus… corpo de Cristo”.
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/04/lavando-os-pes/
    .
    Leia o livro Curai enfermos e expulsai demônios. Ele mostra um evangelho vivo, absolutamente DIFERENTE do “outro evangelho” despejado na goela dos icemitas (e até de outros). Mergulhe nas Escrituras. Deus fala nesse Bendito Livro e deste modo não dependemos de profetadas e revelagens de meia-solas e de pastores pseudocarismáticos.

    CV.

  45. Vivinho disse:

    Me parece que a roubalheira começou mesmo após a morte do Pastor Dodd; se bem que sendo ainda ele (Dodd) presidente quem mandava era Gedelti. Podem crer, Dodd ficou desgostoso até à morte com o comportamento daqueles a quem classificava de “escribas e fariseus que ocupavam a cadeira de Moisés”
    .
    .
    Amado, com o devido respeito, desgosto de uns e de outros não apaga a cumplicidade ou omissão de quem NADA fez para evitar a ERRONIA em todos os sentidos; ou fingiu desconhecer o que acontecia nos bastidores do palácio da rainha desfigurada… Mais sinceridade existe naquele que, nada podendo fazer contra o sistema, é corajoso pra dizer: “TÔ FORA!”

    CV.

  46. […] Ao fim desta jornada de quarenta anos a iniqüidade transbordou aos olhos da Sociedade, onde o NOME DO SENHOR está sendo blasfemado (cf. Rm. 2.24). Não se enganem: o dono da sapataria prometeu ilusões; por isso o o clamor é notório e público. Quando devia esclarecer, ameaça e arma esquemas de autodefesa; confunde, despista e foge à responsabilidade… […]

  47. Maranata disse:

    Deus tenha misericórdia de vc’s!
    .
    .
    Olá,

    Apareceu e ficou assustado, não é?

    Cerca de 30.000 documentos nas mãos das autoridades (fora as investigações em série). Entenda: a falta de sinceridade e transparência obriga o mágico do palácio a armar cortinas de fumaça e encobertar as fraudes com línguas de mentira, maranatês, profetadas e revelagens. Mas o ninho está sujo… muito sujo. O palco é este. Sempre!

    Ora, os órgãos do MP continuam agindo…
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/
    .
    Por certo, dentro de uns 10 (dez) anos haverá muito a fazer… e SENTENCIAR.

    Quem viver, verá…

    CV

  48. pedro disse:

    Acabo de ler sobre o desligamento do pastor jorge crespo estou abalado, tenho certeza que muitas pessoas ao saberem, não ficarão na igreja, ninguém sabe de nada que está acontecendo, um silêncio absurdo.

  49. um-desabafo disse:

    Moro em Ipatinga-MG e durante mais de 25 anos tentando servir ao Senhor na ICM, eu e toda minha família, deixamos esta igreja e estamos em outra.

    A razão de nossa saída não foram as doutrinas, os cultos, as reuniões, as revelações. Convivíamos muito bem com tudo isso! Não me considero formatado (expressão muito usada pelos usuários do site). Foi uma questão de escolha! Escolhemos estar nesta igreja e escolhemos também obedecer (e suportar) os seus preceitos. Mas algumas coisas nós não conseguimos suportar, e então escolhemos sair.

    E saímos por muitas razões. Duas em especial:
    1. A ARROGÂNCIA DA MAIORIA DOS PASTORES
    Por mais de duas ocasiões eu mesmo escrevi cartas à secretaria da igreja aqui da região expondo (com relatos de irmãos) estas características dos ungidos do Senhor. Homens duros, insensíveis, incapazes de participar do sofrimento da ovelha, sem temor, maldosos, irônicos, sarcásticos, detentores de todo poder e sem nenhuma postura ética diante de “suas” igrejas.
    Temos aqui na cidade um pastor chamado Jaider (quanto sofrimento trouxe para minha família e para a família de tantos outros), outro chamado Emanuel (insensível), outro de nome Wellington (autoritário), um Adelson (mal educado), um José Flávio (inconseqüente), um Rômulo (dominador e mesquinho), um Anísio (arrogante), um Israel (lobo), um Pedro (falador) e tantos outros. Mas fique registrado que também temos pastores sérios, humanos e que merecem todo o nosso respeito e amor.

    2. DESCRÉDITO
    Sabem o que foi feito mediante as cartas que escrevi? Nada. Ao contrário, muitos dos pastores citados foram promovidos a coordenadores de pólo e de área.

    Aí eu me perguntei: “Qual o valor da ovelha nesta igreja?”. Nenhum! Não temos valor. Somos apenas número para censos, para Maanaim, número nos cultos, na madrugada, nas reuniões intermináveis. Apenas isso.

    Agora estou fora. Meus amigos de verdade que lá permaneceram continuam meus amigos. O “meu pastor” não me ligou, não me visitou, não mandou recado. Acho que ficou foi feliz com minha saída. Estou na IEL e estou feliz.
    .
    .
    “A razão de nossa saída não foram as doutrinas, os cultos, as reuniões, as revelações. Convivíamos muito bem com tudo isso! Não me considero formatado (expressão muito usada pelos usuários do site). Foi uma questão de escolha! Escolhemos estar nesta igreja e escolhemos também obedecer (e suportar) os seus preceitos. Mas algumas coisas nós não conseguimos suportar, e então escolhemos sair.”
    .
    .
    Meu irmão, ACORDA!

    Aquele que obedece ao que o chefe religioso manda, continua debaixo do jugo do gedeltismo. Por ex.: basta estar ajoelhado em cada culto, no “clamor” – mandra que veio dos católicos idólatras – e dizendo amém e glória-a-deus para profetadas e revelagens na base de Obra… Obra… Obra… Obra… Obra…
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/06/o-comeco-do-fim/
    .
    E o amado dexou claro: “durante mais de 25 anos tentanto servir ao Senhor” mas debaixo do jugo maranático pesudocarismático. Como entender esta coisa insana e louca, a não ser, dentro do contexto da FORMATAÇÃO?

    Entenda: não tente aplacar a consciência dizendo que não estava preso e subjudago; não adianta dizer que agora tem liberdade porque NÃO TEM! Lembre-se que o fariseu Saulo achava que servia a Deus em boa consciência – perseguindo os crentes em Jesus e os metendo em prisão – até que nasceu de novo, foi cheio do Espírito Santo e então percebeu que agia segundo a ideologia de Obra recebida de seus mestres fariseus avarentos, cabalistas e idólatras. O fariseu icemita-mor, avarento e idólatra por natureza, espalhou a ideologia de Obra e os formatados icemitas o obedecem porque querem obedecer; e acham que isto é revelação. NÃO É!

    Insisto em dizer: A FALSA UNÇÃO MATA! Joga fora esse fermento velho! Será que o amado vai entender?
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/
    .
    CV

  50. Apocalipse Now disse:

    C.V.
    A Paz.
    Quer dizer que todo aquele que sai da ICM para apascentar um rebanho, formado ou não por ex-ICM, ainda leva consigo o “ranço” da doutrina pregada na ICM para aplicar na vida das ovelhas do novo rebanho ???
    Acredito que não! Pois conheço ex-Pastores da ICM, que eram apascentadores de ovelhas, choravam com as ovelhas, se alegravam com as ovelhas, tinham uma preocupação com cada ovelha do rebanho, não saiam da igreja enquanto a última ovelha não fosse atendida ( Provérbios 27:23 “Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; põe o teu coração sobre os teus rebanhos.” ), faziam uso da Palavra com regra de fé e prática. Não podemos generalizar. Paz.
    .
    .
    Meu irmão.

    A postagem foi enviada em 25.04.201 às 16:56 no espaço do artigo “O CLAMOR PÚBLICO” e não apresenta conexão com o assunto, aliás específico.

    Em que pese a sua opinião, dentro do esquema de formatação do gedeltismo monárquico e pseudocarismático, NINGUÉM consegue fazer “uso da Palavra como regra de fé e prática”. Não consegue, irmão, porque a HIERARQUIA não deixa.

    No contexto dessa HERESIA o pastor da “unidade local” é extensão do clero inferior, atrelado à formatação do clero superior, que, por sua vez, continua debaixo das ordens do chefe muito religioso. Portanto, mero “representante do Presbitério”.

    Porém, alegrar-se ou chorar com ovelhas não define o pastor; porquanto, a Escritura vai além ao exigir (Jo. 10.11b): “O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas”. Quer dizer: o bom pastor CUMPRE o Novo Testamento.

    Quem pode cumprir estas exigências estando atrelado ao maranatismo pseudocarismático?

    Paz.

    CV

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.