Maranata abalada?! Mas não é a Obra Maravilhosa?!

Resultado de imagem para "terremoto no espírito santo

A Igreja Cristã Maranata ingressou com mais uma demanda no Fórum Central de São Paulo, Capital, contra o Facebook, com pedido de liminar. Em dias de 12.06.2017. O Presidente da Igreja Cristã Maranata quer a imediata remoção de publicações de JWO e de EE (ambos anônimos, diz a petição), além de dados, multa e segredo de justiça.

A Patrona da Autora alega que esta igreja “congrega atualmente mais de 900.000 (novecentos mil) membros, frequentadores de mais de 5.000 (cinco mil) Igrejas e Templos”, e esses dois anônimos (JWO e EE) fazem “propagação de informações inverídicas acerca da Autora, com o fim de realizar verdadeira campanha negativa, por meio da Internet, causando grave abalo à reputação da Autora, gerando rejeição e desprezo, o que não se pode admitir.”

 

DECISÃO

Processo Digital nº: 1055904-86.2017.8.26.0100

Classe – Assunto Procedimento Comum – Marca

Requerente: Igreja Cristã Maranata

Requerido: Facebook Serviços Online do Brasil Ltda

Juiz(a) de Direito: Dr(a). Elaine Faria Evaristo

Vistos.

Quanto ao pedido de remoção das publicações, indefiro a pretendida tutela de urgência. Trata-se de ação movida contra o Facebook, e não contra o autor das supostas ofensas.

Não parece razoável remover liminarmente as publicações sem dar oportunidade ao seu autor de eventualmente comprovar a veracidade do que alega. Antes de eventual remoção, deve-se perquirir com que fundamento o autor dos posts fez tais graves acusações. Por isso, neste momento, não entendo ser caso de remoção das publicações, que não configuram intolerância religiosa, mas sem dúvida acusam explicitamente a autora e seus líderes.

Quanto ao pedido de fornecimento dos dados indicados no item 1.b de fls. 39, defiro a pretendida tutela de urgência, uma vez que, tendo havido menção à autora e graves acusações contra ela, tem ela o direito de conhecer os dados dos responsáveis por essas publicações, a fim de que adote as providências que reputar cabíveis contra eles. Assim, determino que o réu, em quinze dias, apresente os dados solicitados no item 1.b de fls. 39, abstendo-se, ainda, de comunicar os usuários identificados acerca dessas determinações.

Deixo, por ora, de fixar multa diária por não haver nada nos autos que faça crer que a ré tenha interesse em descumprir a ordem judicial.

As informações devem ser apresentadas neste feito, e não diretamente ao patrono da autora, porque obviamente fazem parte deste processo.

Indefiro o pedido de segredo de justiça, porque não configurada nenhuma das exceções legalmente previstas à regra da publicidade dos feitos.

Cite-se o réu para apresentação de resposta, no prazo de quinze dias.

Intime-se.

São Paulo, 13 de junho de 2017.

………..

Gedelti disse que a Maranata é seita. Então o rumo foi traçado: SECTARISMO!!!

http://www.morrodomoreno.com.br/memorias.htm

http://www.vilacapixaba.com/Artigos/Artigo%20Vila%20Velha%2001.htm

Historicamente, a Maranata nasceu de dissensão entre os cristãos presbiterianos de Vila Velha-ES.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-igreja-de-seu-abilio/

O Ministério Público ingressou com 3 (três) demandas contra membros da elite desta Instituição, demandas em curso. Consta na ação penal 0081634-86.2013.8.08.0024 o acerto d olhar ministerial:

Instituição que em seus próprios petitórios reconhece sua condição de vítima de ilícitos mas, na prática, adota condutas que impedem a responsabilização de todos os que a prejudicaram, circunstância que denota o comprometimento deletério dos envolvidos na direção da Entidade.

Pastores foram presos após desfile ideológico do mestre-mor e monarca religioso em 10.3.2013. Nessa tarde de desfile e de paixões religiosas e de trombesteiros, o dono da empresa exibiu mero e odioso poder religioso e NÃO testemunhou a graça de Deus. Pasmem! Escutas Telefônicas em investigação de Igreja Cristã Maranata foram legais. Nova denúncia de 08.05.2013; e prisão de 10 (dez) pastores: e se mais não bastasse, recentemente a Receita Federal bateu às portas da Instituição: fase da cobrança de tributos. Os frutos estão podres. Acesse

https://www.youtube.com/watch?v=1Q73lhxdPas

https://www.youtube.com/watch?v=HsD04Xjmoq8

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-desfile-final/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/03/fase-da-cobranca-de-tributos/

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/03/noticias/cidades/1417067-policia-prende-presidente-e-ex-presidente-e-outros-dois-pastores-da-igreja-maranata.html

Por estas e outras razões escrevo.

Resta a pergunta que não quer calar:

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/01/judas-cade-o-dinheiro/

“O SENHOR é minha justiça.”

CV

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
3 comentários em Maranata abalada?! Mas não é a Obra Maravilhosa?!
 
Como abelhas me cercaram, mas acendi fogo no espinheiro

Resultado de imagem para acendendo fogo

Francis

Community Guardian

WordPress.com | Automattic

The complaint in the Process 1012959-84.2017.26.0100 in the 29th Civil Court of São Paulo, SP was originated by Igreja Cristã Maranata (Maranatha Christian Church), by decision of its president, Gedelti Victalino Teixeira Guerios, against Google, Yahoo!, Twitter and Automatic.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
2 comentários em Como abelhas me cercaram, mas acendi fogo no espinheiro
 
Se…

Resultado de imagem para refletindo sobre a vida Este artigo levanta perguntas honestas.

Fazendo perguntas honestas estamos construindo o pensamento.

O espaço está disponibilizado para sua pergunta.

O objetivo é compreender, entender. Pensar!!!

Perguntas honestas exigem respostas honestas…

Refletindo…

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
3 comentários em Se…
 
Cultos, mentiras e negócios sem transparência

Resultado de imagem para justiça federal esJUSTIÇA DEFERAL DO ESPÍRITO SANTO

PROCESSO n° 0000800-77.2014.4.02.5001 –

SENTENÇA

Vistos etc.

Trata-se de ação ordinária, com pedido de antecipação dos efeitos da tutela, ajuizada por IGREJA MARANATA – PRESBITÉRIO ESPÍRITO SANTENSE, em face da UNIÃO FEDERAL, partes qualificadas na inicial. A autora requer, em síntese, seja anulado, revogado ou cassado o auto de infração e guarda fiscal nº 0727600/ERA3000038/2012, bem como todos os atos ali constantes, inclusive os termos de apreensão e retenção 22A, 22B e 22C e o Termo de Fiel Depositário 22D ou, considerando-se a imunidade tributária da autora, seja declarada a inexistência de débito ou de relação jurídica tributária e, ainda, anulado, revogado ou cassado qualquer procedimento tributário/administrativo instaurado indevidamente em desfavor da autora decorrente dos supracitados fatos. Devidamente citada, a União Federal apresentou contestação às fls. 917/929, ocasião em que sustentou, em síntese:

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
5 comentários em Cultos, mentiras e negócios sem transparência