DANO MORAL condena a Maranata

  Adianta avisar? Eles estão fora dos limites. Insuportável! Não faltaram avisos.

Escutem:

Gedelti Gueiros envolveu-se em atos administrativos os mais diversos, a ponto de colocar funcionário de joelhos na sua frente, assediando-o moralmente com a condenação: endemoniado! e exigindo obediência. Fatos mencionados em demanda judicial trabalhista em face da ICM-PES.

Interesses escusos e inconfessáveis na aquisição de componentes eletrônicos na construção do famigerado satélite como instrumento de manipulação em massa, enquanto o mestre-profeta impele a membresia para o beco sem saída, artigo de 07.08.2011.

Não duvide da imagem atual da Obra. O dono da empresa, apesar da nudez, apareceu no desfile final de 10.03.2013 cercado de seguranças; mas dois dias depois estava preso. Os filhos foram traídos. Tristeza!

 

O ministério – diáconos, mestres e pastores – da ICM-OBRA (a igreja do jeito que Gedelti quer) cresceu estimulado para serem “cúmplices nas obras infrutíferas das trevas”? Que espírito é este?

O Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região deu a resposta.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
5 comentários em DANO MORAL condena a Maranata