O JUÍZO VEM!

Resultado de imagem para "corrupção na maranata  Demonstrado está que a ardilosa linguagem do não-pensamento (LNP) facilitou o falso profetismo como palavra revelada nos negócios sombrios. Enquanto isso, os donos de balcões de negócios, os ladrões e meias-solas meia-solas mercenários gozam os mórbidos prazeres dos roubos. O escândalo chegou ao público.

Fatos e informações chegaram ao público com o livro escrito pelo Dr. Joel Ribeiro Brinco, em 2003, contando atitudes dos presbíteros Gedelti Gueiros e Alcary Simões no comando do grupo dissidente dentro da Igreja Presbiteriana em Vila Velha – ES: se comportavam como vítimas de uma trama na luta pelo poder religioso com sementes de rebeldia. Autodefesa, arrogância, insubordinação, meias verdades, orgulho ferido e protestos dos rebeldes provocaram o rompimento com os presbiterianos. Então, em 1968 nasceu a ICP (Igreja Cristã Presbiteriana) depois ICM – Igreja Cristã Maranata.

Judas conspiram, dissimulam e enganam. Eles dão importância à cegueira espiritual em que o construtor de heresias deixou os formatados icemistas? NÃO! Claro que não! No projeto de salvação consta a parte dos cães gulosos.

Golpe sujo esse abrigar ladrões e com eles banquetear, estendendo proteção religiosa e sociedade…  Milhões em diamantes, dólares, euros e libras passando de conta em conta (e até de mala em mala) em bancos estrangeiros ao sabor das ordens dos grandes ladrões do templo; enquanto milhares de icemistas aqui no Brasil padecem necessidades primárias.

  No entanto, os homens e mulheres honestos começaram a compreender o enriquecimento ilícito de alguns da elite agarrados nas tetas da rainha desfigurada juntos do monarca.Especialmente protegidos!

O astuto encantador de formatados conseguiu enganar esta geração de icemistas no beco sem saída e no rumo da escatológica “operação do erro”.

O JUÍZO VEM!

Para esses os dias frívolos de gastança em ilhas de fortuna; e para o povão a miséria de cada dia de cortinas de fumaça e decepções com os construtores da entidade Obra revelada além da letra.

Poço de iniquidades!

Por que o monarca muito religioso insiste em por panos quentes no jogo dos ladrões dos dízimos? E por que não?! O olhar caolho do construtor de heresias enganou a todos.

Quando o ficar é desonra, o despertar para a realidade lhes mostrou que muita coisa está errada nesta igreja, pois o poder camaleônico é real. Sim! Por estas e outras razões romperam com o gedeltismo e bem longe da casa mal assombrada cuidarão das feridas que levam em suas almas. Sejam fortes retirantes…

Resta lembrar, para nossa tristeza, que enquanto o Diabo balança o rabo nas janelas do palácio da rainha desfigurada, o poder camaleônico continua corroendo como câncer insidioso. Metástases! O importante – e para nossa tristeza o dizemos – é que conseguimos expor os esgotos do palácio onde incansáveis investigadores oficiais trabalham…

Se com antigas juras de amor pela Obra Filho Único (OFU) o mágico dos malabares prometia prosperidade para esta geração de icemistas, desfeitas as cortinas de fumaça e as poeiras da implosão, o que sobra para os anos vindouros?

Sei que o Iscariotes devolveu ao templo os 30 denários (preço de um mês de trabalho braçal), caminhou para a forca. Historicamente ficou registrado que suas entranhas se derramaram. Os Judas maranólatras embolsam milhões e os falsos profetas da Maranata  inventam profetadas, revelagens, sociedades sofisticadas… e querem a nossa cabeça! Mas o final deles é a FORCA!

SENTENÇA!!!

Sujeira!

VERGONHA!

CV.

NOTAS

Acompanhe em https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz

Aqui não é lugar para calúnias e difamações. Discutimos doutrinas e ideias.

Caso faça cópia de parte e/ou todo cite http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-juizo-vem/

Em nome da ética democrática, que a data original e origem da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

Escrever em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) é deselegante. Evitem.

Evitem postagens fora do FOCO do artigo.

Imagens colocadas nos artigos como ilustração foram retiradas da Internet (Google) e também dos textos aqui postados, presumindo serem de domínio público. No caso que haja alguma imagem sem os créditos devidos não foi intencional; e, deste modo agradeceria em nos avisar que colocaremos os créditos.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS