Maranata abalada?! Mas não é a Obra Maravilhosa?!

Resultado de imagem para "terremoto no espírito santo

A Igreja Cristã Maranata ingressou com mais uma demanda no Fórum Central de São Paulo, Capital, contra o Facebook, com pedido de liminar. Em dias de 12.06.2017. O Presidente da Igreja Cristã Maranata quer a imediata remoção de publicações de JWO e de EE (ambos anônimos, diz a petição), além de dados, multa e segredo de justiça.

A Patrona da Autora alega que esta igreja “congrega atualmente mais de 900.000 (novecentos mil) membros, frequentadores de mais de 5.000 (cinco mil) Igrejas e Templos”, e esses dois anônimos (JWO e EE) fazem “propagação de informações inverídicas acerca da Autora, com o fim de realizar verdadeira campanha negativa, por meio da Internet, causando grave abalo à reputação da Autora, gerando rejeição e desprezo, o que não se pode admitir.”

 

DECISÃO

Processo Digital nº: 1055904-86.2017.8.26.0100

Classe – Assunto Procedimento Comum – Marca

Requerente: Igreja Cristã Maranata

Requerido: Facebook Serviços Online do Brasil Ltda

Juiz(a) de Direito: Dr(a). Elaine Faria Evaristo

Vistos.

Quanto ao pedido de remoção das publicações, indefiro a pretendida tutela de urgência. Trata-se de ação movida contra o Facebook, e não contra o autor das supostas ofensas.

Não parece razoável remover liminarmente as publicações sem dar oportunidade ao seu autor de eventualmente comprovar a veracidade do que alega. Antes de eventual remoção, deve-se perquirir com que fundamento o autor dos posts fez tais graves acusações. Por isso, neste momento, não entendo ser caso de remoção das publicações, que não configuram intolerância religiosa, mas sem dúvida acusam explicitamente a autora e seus líderes.

Quanto ao pedido de fornecimento dos dados indicados no item 1.b de fls. 39, defiro a pretendida tutela de urgência, uma vez que, tendo havido menção à autora e graves acusações contra ela, tem ela o direito de conhecer os dados dos responsáveis por essas publicações, a fim de que adote as providências que reputar cabíveis contra eles. Assim, determino que o réu, em quinze dias, apresente os dados solicitados no item 1.b de fls. 39, abstendo-se, ainda, de comunicar os usuários identificados acerca dessas determinações.

Deixo, por ora, de fixar multa diária por não haver nada nos autos que faça crer que a ré tenha interesse em descumprir a ordem judicial.

As informações devem ser apresentadas neste feito, e não diretamente ao patrono da autora, porque obviamente fazem parte deste processo.

Indefiro o pedido de segredo de justiça, porque não configurada nenhuma das exceções legalmente previstas à regra da publicidade dos feitos.

Cite-se o réu para apresentação de resposta, no prazo de quinze dias.

Intime-se.

São Paulo, 13 de junho de 2017.

………..

Gedelti disse que a Maranata é seita. Então o rumo foi traçado: SECTARISMO!!!

http://www.morrodomoreno.com.br/memorias.htm

http://www.vilacapixaba.com/Artigos/Artigo%20Vila%20Velha%2001.htm

Historicamente, a Maranata nasceu de dissensão entre os cristãos presbiterianos de Vila Velha-ES.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-igreja-de-seu-abilio/

O Ministério Público ingressou com 3 (três) demandas contra membros da elite desta Instituição, demandas em curso. Consta na ação penal 0081634-86.2013.8.08.0024 o acerto d olhar ministerial:

Instituição que em seus próprios petitórios reconhece sua condição de vítima de ilícitos mas, na prática, adota condutas que impedem a responsabilização de todos os que a prejudicaram, circunstância que denota o comprometimento deletério dos envolvidos na direção da Entidade.

Pastores foram presos após desfile ideológico do mestre-mor e monarca religioso em 10.3.2013. Nessa tarde de desfile e de paixões religiosas e de trombesteiros, o dono da empresa exibiu mero e odioso poder religioso e NÃO testemunhou a graça de Deus. Pasmem! Escutas Telefônicas em investigação de Igreja Cristã Maranata foram legais. Nova denúncia de 08.05.2013; e prisão de 10 (dez) pastores: e se mais não bastasse, recentemente a Receita Federal bateu às portas da Instituição: fase da cobrança de tributos. Os frutos estão podres. Acesse

https://www.youtube.com/watch?v=1Q73lhxdPas

https://www.youtube.com/watch?v=HsD04Xjmoq8

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-desfile-final/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/03/fase-da-cobranca-de-tributos/

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/03/noticias/cidades/1417067-policia-prende-presidente-e-ex-presidente-e-outros-dois-pastores-da-igreja-maranata.html

Por estas e outras razões escrevo.

Resta a pergunta que não quer calar:

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/01/judas-cade-o-dinheiro/

“O SENHOR é minha justiça.”

CV

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
3 comentários em Maranata abalada?! Mas não é a Obra Maravilhosa?!