A face deformada pelo fel de amargura…

Ao Sr.

Gedelti Victalino Teixeira Gueiros.

Estive assistindo a entrevista concedia à SUA Rádio Maanaim e percebi que houve um esforço enorme de seus, digamos, da sua assessoria de imprensa em tentar produzir um vídeo de qualidade, com uma fala equilibrada; mas com o devido respeito pela assessoria (que deve ser bem paga) achei inútil esse esforço. Totalmente!

  Fala totalmente oposta àquelas das quais eu, como “serva do SENHOR” – eu sou! – acabei me acostumando a presenciar (infelizmente) em suas aulas nos Maanains. Nessas aulas o Sr. exaltava o narcisismo pessoal, desafiava a plateia e no afã de despertar a atenção à sua pessoa, em determinados momentos o Sr. conseguia arrancar gargalhadas nervosas com chacotas e piadas preconceituosas contra os irmãos que entenderam sair desse presídio maranático, antes que a insanidade e loucura os dominasse definitivamente.

Embora sua assessoria tenha escolhido um lugar aprazível em meio à Mata Atlântica com sua exuberante beleza natural, escolhido aparatos tecnológicos e os trajes do Sr. e do entrevistador, tudo destoou do seu semblante. Tão amargurado!

Eu fiquei impressionada com o contraste gritante entre as belezas naturais do jardim do seu palácio e a feiura do seu rosto embebido em fel de amargura. Não peço desculpas pela sinceridade. O jardim não combinou com a feiura de seu rosto e de algum modo a Natureza reclamou.

Em nenhum momento o Sr. conseguiu esconder amargura, dureza de coração, ressentimento, ódio, autodefesa, decepção, tristeza, inquietação, dissimulação. A fala pausada era castrada, forçada, olhar desviado das câmeras, pálpebras inchadas… e ao final da entrevista nem mesmo ensaiou um sorriso.

Toda essa percepção me dá mais uma vez a prova de que não adianta lavar o exterior do copo, mas ter o coração corrompido pelo pecado, assim como a lição a respeito dos fariseus comparados aos sepulcros caiados por fora mas cheios de podridão. Como é atual essa lição de JESUS. O tempo passa e os fariseus estão por ai…

Mas o que me deixou curiosa Sr. Gedelti, foi vê-lo no alto do seu palácio, entroncado no mais alto grau da hierarquia do império que o Sr. idealizou e construiu; e não ver um mínimo que seja, de sentimento de satisfação e alegria por ter alcançado tudo que desejou… à custa de dores, angústias, sacrifícios e trabalhos de muitos.

Eu fiquei a pensar… o Gedelti conquistou poder, riquezas sem fim, influências fortes dentro dos Três Poderes da União, Estado e Município, conquistou vários títulos e honrarias, fez milhares de escravos com domínio absoluto sobre sua criação (Obra); enfim, poderíamos dizer que é um patrimônio invejável para quem acha que isso é importante, e no entanto, não é feliz com o que conquistou.

Eu te pergunto Sr. Gedelti:
Onde estão seus amigos?
E seus fiéis escudeiros que começam a te deixar?
Seus familiares que o Sr. declarou serem seus piores inimigos e que não precisa deles?
E as ovelhas que foram feridas pelo seu cajado e bordão de ferro, onde estão?

Onde estão todos?

Lembro-me do Sr. contar um sonho em que se encontrava sozinho em seu próprio velório; e, já que o Sr. acredita que os sonhos são dons vindos de Deus, o Sr. não acha que este começa a se realizar e que Deus está concedendo oportunidades do Sr. se arrepender?

O Sr. não vê que os muitos “segredos da Obra” têm sido desvendados e os crimes descobertos aos poucos, como que dando tempo e oportunidades do Sr. mudar de atitude?

Quantos avisos o Sr. ainda deixará passar?

Quantos GRITOS este Blog deu! E estou certa de que esses gritos ecoaram lá na Torquato Laranja 90; mas também sei que o ódio pelo autor dos artigos e das denúncias não lhe permitiram ouvir. Ah! Não negue… Milhares de testemunhas ouviram o Autor dos artigos e muitos milhares de postagens se acumularam nesses poucos anos de existência do Blog.

O Sr. vai esperar a hora do seu sepultamento, como mostra o sonho, para se arrepender?

Muitos membros esperam e querem a sua saída. Eles acham que vai aparecer um grupo de corajosos pastores e te destituir juntamente com seus convivas. Eles não entendem que a ICM-PES-OBRA é uma empresa sua. Personalíssima!

Muitos membros ainda não entenderam que o “Gedeltismo – Obra como forma de vida”, está impregnado em suas mentes e como dirigentes submissos os “Bonecos da Obra” são suas réplicas. Perfeitas!

Os membros, no geral, ainda não entendem que cada “unidade local” desta ICM-OBRA está saturado de “gedeltis”. Sim! Miniaturas de “gedeltis”. Miniaturas neuróticas: diácono, obreiro, pastor, senhoras de frente… formatados que o imitam em tudo e reproduzem seu comportamento. Na íntegra! E o fazem com extremo medo de errar. Dai a imitação perfeita. Tal pai, tais os filhos. Mas os fatos mostram que o DESMONTE começou e a “Obra” que eles julgam existir, não prevalecerá, como eles imaginam…

Mas sabe, Sr. Gedelti, o senhor é vencedor nisso também. Seus seguidores não entendem que eles é quem têm que mudar. Que devem romper e sair da casa de loucos em que o gedeltismo formulou o sistema. E eles pensam que nós retirantes saímos por causa dos roubos dos dízimos; e não percebem que o gedeltismo é antibíblico e anticristão; e esse gedeltismo herético e manipulador é o maior prejuízo que o Sr. nos causou. Erronia sem concertos. Herança nefasta.

Os membros da sua seita não entendem que as autoridades judiciais vão julgar e condenar os culpados pelos prejuízos materiais (financeiros); mas os prejuízos espirituais, familiares, sentimental em nossas vidas espirituais os sofredores conhecem porque as MARCAS FICARAM. Para esses males não haverá apuração, julgamento e sentença. E nisso os membros da sua seita não pensam Sr. Gedelti.

E eles, repetindo os JARGÕES que saem de sua alma, nos acusam de havermos “desistido da Obra”; e não percebem que apenas fizemos opção pelo Evangelho de Jesus Cristo o qual passa longe da sua ICM-PES-OBRA.

Mas, voltando à sua entrevista tresloucada, quero dizer que, como o fel deforma a face, a amargura deformou a sua aparência; amargura de suas palavras exala o cheiro do fermente de fariseus e suas palavras afastam, cada vez mais a muitos; e isso mostra que poder religioso e riquezas não estão te fazendo bem.

AINDA há tempo de arrependimento, quem sabe se o Sr. conseguira ser arrepender de seus pecados?! Caso isso aconteça e os Céus entendam como arrependimento com conduz para a vida, o seu semblante ficará menos pesado, menos nebuloso, sombrio, um pouco mais simpático e combinará com o jardim do “cantinho do céu” que o Sr. considera o quintal do palácio da rainha desfigura… onde sua filha se casou.

A paz do Senhor Jesus.

Eurípia Inês.
Enviado em 11/06/2013 as 17:52
.
.
NOTAS

Cópias permitidas desde que não sejam para fins comerciais citando a fonte http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-face-deformada-pelo-fel-de-amargura/

Falei sobre DELAÇÃO PREMIADA e reiterei o assunto em diversas postagens http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/11/ja-esta-posto-o-machado-a-raiz-das-arvores/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/pense/

Ficantes ou Retirantes! DENUNCIEM!!!

Enviem e-mails aos amigos aconselhando as instruções em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-quem-possa-interessar/

No Distrito Federal e nos demais Estados da Federação a Defensoria Pública e o Ministério Público estão disponíveis, basta digitar o endereço desses órgãos no GOOGLE, por exemplo.

NOTÍCIAS em Snapshot News merecem subir ao CNJ. Façam cópias, colem e enviem manifestação ao Conselho Nacional de Justiça http://www.cnj.jus.br/ouvidoria-page/registre-sua-manifestacao

Não dá mais para tolerar caixa dois e corrupção na Maranata.

Sigam https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz

CV.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS