O grilo canta na carcaça…

 

Este SITE é específico, cujo ACERVO denuncia: apostasia comunitária, autodefesa, avareza indiscriminada, bancas de negócios, corrupção, crimes (em tese), desestruturação familiar, discriminação, dissimulação, dominação monárquica pseudocarismática e quadragenária, enganação premeditada, falso profetismo fomentador do sistema, fisiologismo político, formatação mental, heresias, instigação do ódio, linguagem do não-pensamento (entenda esse artigo para entender o gedeltismo como ideologia), meias verdades, negócios nebulosos, orgulho religioso, perseguições, preconceitos, profetadas, revelagens e muito mais…

Foi insana e longa a luta pelo poder. Gedelti Gueiros queria dezenas de formatados paridos no sistema de seita e conseguiu. Infelizmente, ao fim da jornada de quarenta anos a desolação é a cena de cada dia. Lágrimas correm e gemem pelos rostos de homens honestos e mulheres sinceras. Meu canto é de dores. Não há como fugir do confronto.

Invariavelmente, aos olhos dos formatados disponíveis, dos meias-solas mercenários, e especialmente dos profetiticas de plantão as DENÚNCIAS deste Site estão erradas, as investigações dos órgãos públicos estão erradas; as notícias da mídia estão erradas; os delegados de receita federal e da receita estadual estão errados; os magistrados estão errados;  os promotores de justiça estão errados … mas o clamor é público.

No mais, não me importo com calúnias, difamações, injúrias e maldições. Não me importo com o tamanho da língua ferina e da cara feroz de alguns filhos do gedeltismo instigados pelo ódio religioso. Meu rosto é duro como o diamante. E no meu coração já DETERMINEI o perdão pelas ofensas.

 

O berrante insano mente:

A Obra caminha para a eternidade. Esta Obra é filho único e manda quem pode e obedece quem tem juízo! Tá tudo certo! Tá tudo por revelação!

Entrementes, os meia-solas perseguem os retirantes e vociferam:

Traidores! Traidores!

Rembrant
O boi está exposto, as entranhas derramadas e o mau cheiro sobe! Espanto! Finalmente, essa loucura começou a ser exposta a golpes. De machado! O boi está exposto! Nesta impressionante obra de Rembrant (o boi abatido, 1665), a mulher permanece espantada, olhando através da porta entreaberta…

 

Nesta condição de estupidez os emissários da monarquia favorecem os donos de bancas de negócios que celebram acordos com Judas que beijam Judas nos esgotos do palácio da rainha desfigurada. Enquanto isso, o chefe religioso empurra a membresia para o beco sem saída… e não se arrepende!

O formatado icemita e especialmente os emissários do palácio da rainha desfigurada – os meias-solas remendados, além de não conseguirem ver além do umbigo, não conseguem entender o que está claro. A luz do sol os cega e os odores do ninho sujo os entorpece.

O gedeltismo exposto revela a traição.  A BÍBLIA FOI TRAÍDA!!!

O gigantismo do boi o condenou ao fracasso. Nem evangélica, nem pentecostal, nem protestante: esta é a igreja-do-jeito-que-o-chefe-icemita-quer.

O grilo canta na carcaça…

O homem honesto e a mulher honrada e sincera estão impactados diante do escancarar deste poço de iniquidades; mas o medo impera.

Os filhos desta geração de icemitas foram enganados com a linguagem do não-pensamento e feitos reféns de mitos religiosos.

Romper com mitos ou romper com mitos. Sem escolha!

QUERITE é um bom lugar para recomeçar…

NOTAS

Aqui não é lugar para calúnias e difamações. Discutimos doutrinas e ideias.

Cite a fonte caso faça cópia ou transcrição dos textos publicados neste Blog. http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-grilo-canta-na-carcaca/

Em nome da ética democrática, que a data original e origem da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

CV.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS