O Calvário da Ovelha

Resultado de imagem para Sheep to the slaughterhouse

Campos de dores e de medos noturnos.

Como podemos fechar os olhos para os erros?

Como podemos evitar o horror desse calvário?

Doente e escondida. Medo! Pavor, melhor dizendo.

Dói o coração doente (a dor cardíaca dura minutos, tem relação com esforço e emoção e cessa quando eles terminam, exigindo coronariografia); mas a dor mais profunda é a angústia e esforço de destruir a formatação diante da deslealdade por parte do líder religioso.

Entrou para a ICM aos 18 aos de idade. Explorada pelo dono da clínica, pela filha do dono da empresa e pelo sistema, como afirma (fatores de pesadelos e sonhos de terror). Fechada a Clínica, ela foi para o PES; mas constantemente vigiada com dados apagados de seu PC, p. ex. Feridas religiosas são terríveis. Ingênua!!!

Ex-adeptos desta denominação eclesiástica permanecem debaixo de insistente pressão psicológica. Algo como morra agora ou cale-se para sempre! corrói as energias e os deixam doentes e irremediavelmente vulneráveis. Medo mortal!

Fugiu de medo para as bandas do Sul ou do Norte… mas o algoz a quer com a corda no pescoço e contratou escritório de advocacia em São Paulo, exigindo quebra de sigilo de páginas no Facebook em processo eletrônico com acesso através de Advogado. O artigo diz que a Juíza negou o pedido de segredo de justiça. ÓTIMO…

Medo de seu algoz, poderoso e rico senhor da fazenda que a procura para comer as carnes assadas no fogo de insidiosa perseguição religiosa, forçando e pressionando a queima de arquivo. Medo dos agentes de informação e repressão do sistema ao extertores do afrontoso Vai ser comido de bicho!

Medo dos fakes e dos falsos amigos que acuam a ex devedora da Obra a procura do pescoço na bandeja diante do sumo sacerdote. Morrer a cada dia… com medo e distante de membros da família.

Motores de busca do GOOGLE levantam notícias preocupantes. Os sites de acompanhamento processual noticiam o que não dá prazer em saber.

Nas redes sociais aparecem os balidos de milhares de ovelhas perseguidas reclamado das perseguições do sistema religioso. O poder corrompe especialmente o poder religioso.

O coração doente bate com esforço, comprimido pelas antigas sequelas de febre reumática aos 9 anos de idade, causada por amidalite (infecção estreptocócica que compromete as válvulas e traz consequências para a circulação, com estase do pulmão) e cirurgia cardíaca não bem sucedida no HPM – SUS.

O dono da Igreja bradou pelo satélite, ao final do ano passado (depois de iniciar demandas em São Paulo contra dissidentes). Nós não perdoamos os nossos devedores.

O falso profetismo acoberta os donos de balcões de negócios e lança maldições.

O mal está solto.

O ódio religioso é terrível.

O orgulho cresce no peito estufado e é determinado o sacrifício da ovelha. Os cúmplices da oligarquia estão espalhados nas redes sociais.

O que se pede, neste artigo, é o bom senso.

Os balidos de milhares de outras ovelhas escondidas aqui e acolá podem ser ouvidos, ainda que fisicamente estejam o mais distante possível das garras da ideologia opressora.

Que lucro existe em ser o algoz dessa doente? Que lucro existe em escrever a História dessa Igreja com demandas, desmandos e perseguições. Não basta o abatimento emocional e físico da ex-devedora da Obra? Não basta haver fugido para longe para não ser morta?

Que mal a ovelha causou aos cofres da Instituição? Que fortuna recebeu por meios ilícitos ou que imóvel transferiu para usufruto próprio ou de membros da família?

Que o Presidente desta Instituição, em insight de lucidez, se recorde do bem feito especialmente à sua filha no período de estudos em São Paulo; e deste modo evite maior mancha na História dessa Instituição, pois no nome desta Igreja corre a demanda que, por si mesma, expõe os erros do governo opressor.

Que por estas e outras razões, requeremos que V. Sa. determine à d. Advogada a DESISTÊNCIA EXPRESSA E IMEDIATA do pleito em relação àquela apontada como anônima, fake, bloqueada em páginas do Facebook.

Reporto-me aos artigos mencionados, integrando-os a esta petição.

“O SENHOR é minha bandeira.”

CV.

NOTAS

Acessem

https://diganaoaseita.wordpress.com/

https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz

https://www.facebook.com/groups/retirante/

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/

https://www.facebook.com/groups/maranatarevelada/

https://www.facebook.com/esperancadapromessa/?fref=nf

https://www.facebook.com/groups/maranatarevelada/?fref=ts

https://www.facebook.com/groups/453224961469057/?fref=ts

Aqui não é lugar para calúnias e difamações. Discutimos doutrinas e ideias. Compartilhem http://cavaleiroveloz.com.br/ Este artigo http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2017/07/o-calvario-da-ovelha/

Evite escrever em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) por ser deselegante. Evitem postagens fora do FOCO do artigo.

Expressões e frases em itálico aparecem em apostilas da ICM-PES.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
2 comentários em O Calvário da Ovelha
 
Se…

Resultado de imagem para refletindo sobre a vida Este artigo levanta perguntas honestas.

Fazendo perguntas honestas estamos construindo o pensamento.

O espaço está disponibilizado para sua pergunta.

O objetivo é compreender, entender. Pensar!!!

Perguntas honestas exigem respostas honestas…

Refletindo…

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
3 comentários em Se…
 
A miséria e a grandeza dos profetas

 Ao denunciarmos que a falsa unção gera o falso batismo com o Espírito Santo (com base em clamor, consulta e ensino errado nos seminários da Obra), aparecem fackes idiotizados, instigados com ódio religioso , por exemplo,  José com lanças e pedras.

Assunto constante neste Blog é o falso profetismo. Centenas de depoimentos de ex-maranatas presos ao sistema (e alguns confessam que inventavam dons nos cultos proféticos. Famílias desfeitas, prejuízos profissionais, profetadas de milagres e sonhos que se foram… sem volta. Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
4 comentários em A miséria e a grandeza dos profetas
 
Arrependei-vos e crede no Evangelho

Resultado de imagem para voltemos ao evangelho

A elite da Maranata apresentou o clamor pelo sangue de Jesus como mistério da Obra. Coisa indigesta que não batia com o bom senso; mas forçaram o mistério e o erro permaneceu ao peso das profetadas. Esta antiga heresia papista foi idealizada com a intenção de cultivar emoções e fixar o beato no crucifixo e no sacrifício da missa.

Afastada, cada vez mais, das Escrituras, a doutrina revelada (sic) da Instituição nunca incentiva o crente a andar na força e no poder da ressurreição de Jesus (Ef. 1.19-21); mas exige inquestionável obediência à ideologia Obra como forma de vida. Abrir a mente dos membros para heresias foi intencional: difícil é acordar e cada um enfrentar os bloqueios do inconsciente e extrair os erros sem perdas significativas.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
10 comentários em Arrependei-vos e crede no Evangelho