Exaltação

Bendito seja o Teu Nome, ó SENHOR,
por tua graça e misericórdia;
por tua força e pelo teu poder;
pois abates a quem quiseres abater
e exaltas a quem quiseres exaltar.

Tu derrubas e estabeleces,
tornas em nada os desejos vãos dos homens
e os poderosos da terra passam a ser como excrementos.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
2 comentários em Exaltação
 
Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte VI

Esta é a sexta parte da série “Agradando aos homens e desacatando as Escrituras”. Acesse aqui: Parte I, Parte II, Parte III, Parte IV e Parte V.

Sexto Capítulo

  Benício empalideceu. A consciência lhe diz que ele dá golpes no ar; mas a posição que ocupa sobre os demais no seu campo de influência o envaidece.

Certamente, o poder corrompe, especialmente o poder religioso.  Afinal de contas,  depois de convenientemente formatado por haver absorvido a Obra e agradando a uns e a outros da elite icemista, Benício conseguiu a cobiçada e orgulhosa posição de emissário do palácio da rainha desfigurada, ou seja: representante do presbitério.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
2 comentários em Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte VI
 
A Chave de toda Profecia

Alguém já disse que Deuteronômio 32.1-43 é “a chave de toda profecia”. Este trecho bíblico é mais conhecido como “O Cântico de Moisés”. O tema do belo poema é o NOME DO SENHOR, Aquele que garante o cumprimento do que fala através dos Seus profetas. O objetivo deste cântico profético foi impressionar os filhos de Israel para o fato de que, em detrimento de seu proceder com iniqüidade e insensatez (5,6), a existência deles era resultado do agir amoroso e escatológico do SENHOR Deus, Santo e Todo-Poderoso, em Sua fidelidade e santidade de justiça a favor daquele que fora encontrado (vs. 9-13)

“numa terra deserta num lugar ermo solitário povoado de uivos; rodeou-o e cuidou dele, guardou-o como a menina dos olhos”.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
3 comentários em A Chave de toda Profecia
 
Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte V

Esta é a quinta parte da série “Agradando aos homens e desacatando as Escrituras”. Acesse aqui: Parte I, Parte II, Parte III e Parte IV.

Quinto Capítulo

A grandiloquente heresia icemita a ninguém dá esperança nem segurança. Carlos e Marcelo, firmados nas Escrituras, insistem com firmeza, paciência e sabedoria em mostrar ao beato Benício o erro da doutrina revelada propalada pelo mestre-primaz que dogmatiza: o anjo joga o fogo do altar – símbolo do Espírito Santo – sobre a cabeça dos homens para que recebam com alegria as intervenções de Deus.Este erro, dizem eles, destitui a Jesus de Seu Apostolado, Messianato e Sumo Sacerdócio.

Cercado no confronto Benício disfarça com diversos jargões e resiste ao Espírito Santo.

Infelizmente, a formatação deste servo da Obra não lhe permite conhecer a grandeza do Evangelho. Portanto, a Verdade ainda não consegue espaço para arrependimento e boas obras da salvação.

Leia mais »

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
2 comentários em Agradando aos homens e desacatando as Escrituras – Parte V