Discriminação e preconceitos

Alguém consegue explicar a desestruturação familiar nessa Maranata?

Alguém consegue explicar a atual e intensa motivação do maranatês nos púlpitos das unidades locais da ICM-PES em perseguição aos retirantes?

Alguém consegue explicar como aconteceu que a elite da ICM-PES deixou-se estruturar em autodefesa, avareza, dissimulação, heresias e mitos religiosos?

Alguém consegue explicar o despudor do líder da Instituição que manipula os emissários do palácio da rainha desfigurada com o infamante e maquiavélico voto de cabresto?

Alguém consegue explicar a novidade de vigílias com profetadas e revelagens de curas de dor de cabeça, enquanto cadeirantes, doentes crônicos, doentes em estado terminal e até alguns membros portadores de cuidados especiais continuam desprezados na casa mal-assombrada?

Alguém consegue frear o potencial de destruição que o “outro evangelho”, ensinado na ICM-PES, realiza na mente do formatado icemista instigando o ódio religioso com o dissimulado propósito de defesa da Obra Maravilhosa?

E o que fazer, se inescrupulosamente o dominador do rebanho espalha agressões, ameaças, maldições e meias verdades; nunca deixa de lado os ardis da linguagem do não-pensamento ? (Entenda esse artigo para entender a farsa da Instituição cujo governo eclesiástico manipulador e pseudocarismático nunca fecha a boca dos formatados e dos meia-solas reformados prenhes de profetadas e revelagens).

Enquanto os comparsas dos ladrões de dízimos profetizam de si para si mesmos e os honestos são tidos por traidores, peço a Deus que levante alguns Estêvãos ainda que ao peso do enfrentamento com a morte. Certamente, se Deus lhes enviar um Estêvão, o presbitério o matará.

Não tenho outro modo de dizer: famílias inteiras foram prejudicadas com profetadas e revelagens. No canto da boca de cada um deles espumas de ódio e olhar de serpentes. Quarenta e dois anos e milhares de famílias feridas. Não tenho outro modo de dizer: o gedeltismo falhou e o maranatismo está moribundo.

Ora, a formatação é impressionantemente profunda na mente do formatado icemista de carteirinha, a ponto de acreditar que pode receber unção do Senhor pelas mãos de autoridades eclesiásticas envolvidas com ilícitos penalmente puníveis (em tese). Mas a falsa unção gera frutos podres. E mata! E isso arde na consciência do cristão médio.

Ora, se a estupidez da heresia icemista instiga o ódio religioso na alma de bobos da corte facilmente manipuláveis, quando é que o sistema religioso deixará de discriminar os diferentes? Nunca! Quando os emissários do palácio da rainha desfigurada lançarão fora os preconceitos contra pessoas que precisam de cuidados especiais? Nunca! Por que?

Porque bengalantes, cadeirantes, deficientes e outros necessitados de cuidados especiais não cabem no sistema.

Que o ninho está sujo… muito sujo, milhares compreenderam e por isso as estradas estão cheias de retirantes. Mas como explicar isso para o formatado, se além de não distinguir entre o santo e o profano, prefere continuar atrelado à casa de enganos e mal assombrada comendo pão bolorento aos goles de suco de uvas de veneno? Quem lê entenda.

 Querem saber? O gedeltismo (ideologia Obra como forma de vida) perdeu a bíblica noção de “igreja de Deus… corpo de Cristo”  e pior: mergulhou em certa espécie de eclesiasticismo herético e ocultista: nem evangélico, nem pentecostal, nem protestante. Pois vou lhes mostrar o exemplo de culto público que jamais caberia na mente do líder do maranatismo monárqico e pseudocarismático (Mt. 15. 30-31):

“E vieram a ele muitas multidões trazendo consigo coxos, aleijados, cegos, mudos e outros muitos e os largaram junto aos pés de Jesus; e ele os curou. De modo que o povo se maravilhou ao ver que os mudos falavam, os aleijados recobravam saúde, os coxos andavam e os cegos viam. Então, glorificavam ao Deus de Israel.”

Se alguém não se importa com falsos dons e meias verdades nos cultos proféticos – como frutos de apostasia comunitária fomentada em heresias ensinadas nos seminários da Obra com os ardis da linguagem do não-pensamento; entenderá como natural a negativa de pedaço de esparadrapo ao necessitado de ajuda urgente em posto médico do sistema (enquanto os chefes dos balcões de negócios constroem ilhas de fortuna e os Judas gozam os mórbidos prazeres dos roubos).

 

NOTAS

Acompanhe em

https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz?fref=ts
https://www.facebook.com/velozcavaleiro?fref=ts

Aqui não é lugar para calúnias e difamações. Discutimos doutrinas, heresias e ideias à luz das Doutrinas Fundamentais como um dos capítulos da Teologia.

Atualização e reestilização em 01.05.2014 às 02:00

Caso faça cópia ou transcrição dos textos publicados mencione  http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/

Em nome da ética democrática, que a data original e origem da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

Escrever em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) é deselegante. Evitem postagens fora do FOCO do artigo.

Imagens colocadas nos artigos como ilustração foram retiradas da Internet (Google) e também dos textos aqui postados, presumindo serem de domínio público. No caso que haja alguma imagem sem os créditos devidos não foi intencional; e, deste modo agradeceria em nos avisar que colocaremos os créditos.

O artigo é específico. Observe o FOCO: estarei reunindo postagens sobre o assunto da discriminação e preconceitos contra doentes crônicos, pacientes em estado terminal, portadores de necessidades especiais…

Sigam as instruções para DENÚNCIAS em
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-quem-possa-interessar/ e DENUNCIEM.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

463 Respostas para “Discriminação e preconceitos”

  1. Eurípia Inês disse:

    CV,

    Lendo o blog da Cavaleira da Verdade fiquei impressionada com uma foto em que mostra um púlpito separado para as mulheres usarem no culto das senhoras.

    http://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2013/12/13/6930/

    Pelo que entendi, as senhoras não podem usar o púlpito principal pois é santo e reservado só aos homens, meia solas, mugidos, diáconos e obreiros…que são imaculadíssimos.

    Eu que pensei que este artigo já havia postagens que esgotasse todas as formas de discriminação e preconceitos, agora me deparo com uma dessas.

    Que absurdo! Onde já se viu isso? Deve ser mais um dos motivos pelo qual esta obra venenosa se auto intitula “filha única”. É a única mesmo que tem um púlpito para os homens e outro para as mulheres. Eu até sugiro que pintem de azul o do dos homens e rosa o das mulheres ou que coloquem uma placa indicativa de gêneros iguais as que vemos nas portas dos banheiros.

    Agora, gostaria de saber por que na hora de comprar flores naturais caras, com dinheiro do próprio bolso, as mulheres podem subir no púlpito santíssimo dos homens?

    E como a Cavaleira da Verdade fala:
    “Para mim isso é discriminação mesmo, porque a Gedelti de Saia prega no púlpito até do manaaim.
    Ela não é melhor do que ninguém, ela inclusive se acha a chefona também, da ordens ao pastores com aquela arrogância peculiar da família.”

    Como vão explicar isso?

    É o que sempre falo. Essa obra se supera em tudo e agora, nas coisas ridículas também.

    O pior é achar quem se sujeite a isso e pensando que tem algum valor ou são importantes porque têm o título vitalício de “senhora de frente”. Frente de que? Da humilhação? Do machismo?

    Irmãos, se houvesse um concurso para escolher quem qual seita é mais ridícula, mais contraditória, mais preconceituosa e escandalosa, a obra filha única venenosa ganharia com larga margem de vantagem.

    Ô trem doido sô!

    Vamos aproveitar o sábado?

    A graça e a paz do Senhor Jesus a todos.

    Eurípia Inês
    .
    .
    “placa indicativa de gêneros iguais as que vemos nas portas dos banheiros.”

    E mais: o lugar é limpinho, mas o que escorre pelo esgoto é sujeira..

    Duro é este discurso, não é?

    Quem puder/quiser CONTESTE.

    CV.

  2. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Pior, irmã Eurípia são as pessoas que apoiam esta loucura chamada seita Maranata.

    Esta frase não é minha ,mas a seita Maranata é uma fábrica de produzir malucos.

    Discriminam abertamente as irmãs, os pobres, os deficientes, na unidade local de Santa Maria tem uma escada perigosa onde já caiu membros. Um deficiente que tem problemas nas pernas não pode ir, fica difícil para pessoas que tem problema nos joelhos, tinha que fechar, pois nem todos tem acesso!!

    um forte abraço fraternal a todos que romperam com o gedeltismo.

  3. Firme nas promessas disse:

    Pastor Eduardo, já fazem este tipo de acesso justamente para impedir que pessoas tidas como “anormais” possam entrar na casa de tijolinhos. O que importa para eles é que a seita seja a obra perfeita em todos sentidos da palavra.

    Pessoas com alguma deficiência só fazem atrapalhar o andamento da obra de heresias (segundo eles, claro).

    Em CG1, em Cariacica – ES, até fizeram uma rampa de acesso para cadeirantes, mas penso que seja porque o Kaká estava ali como pr e por ser ele engenheiro e ser uma unidade de pessoas de elite, advogados, delegada federal, engenheiros, médicos, etc, fosse razoável que construíssem mesmo, pois um diácono lambe botas de pastor tem a mãe cadeirante; e naquela “operação tapa buracos” (quando GG andou ordenando e ungido pelo monte de gente) ele se tornou unxidusinhô… que coisa hein?.

    Ali toda honra é dada aos que tem mais posses.

    Abraços

    Acesse https://www.facebook.com/esperancadapromessa

  4. Alandati disse:

    OS “DANIEIS” NA COVA DOS LEÕES

    “Porque tenho para mim que Deus a nós, apóstolos, nos pôs por últimos como condenados à morte; pois somos feitos espetáculos ao mundo, aos anjos e aos homens.”

    l Cor.4:9

    “Em parte fostes feitos espetáculo com vitupérios e tribulações, e, em parte, fostes participantes com os que assim foram tratados.”

    Hb 10:30

    Irmãos, estes textos bíblicos expressam bem o que está acontecendo no palco da arena onde desfilam os retirantes que denunciam a SOC.
    .
    .
    Restante em https://diganaoaseita.wordpress.com/2013/12/28/os-danieis-na-cova-dos-leoes/

    Graça e Paz,

    Eurípia Inês e Alandati.
    .
    .
    Excelente artigo com o apelo:

    “E você irmão(s), em que grupo se encaixa? Nós decidimos não nos calarmos, acreditando que muitos ainda podem estar enganados e sendo escravos desse sistema maligno. Nós poderíamos estar confortavelmente vivendo nossas vidas, só cuidando dos nossos interesses, mas, diante do que vimos, vemos e vivenciamos dentro dessa obra, não podemos nos calar. Nossos corações se movem de compaixão pelos que ficaram e sabemos que muitos sofrem sem nem saberem que são controlados e manipulados por estes pastores cruéis, que os exploram e os desviam para um evangelho de morte.

    Penso que é omissão conhecer um perigo de perto e não avisar aos irmãos… Entendo ser falta de amor, descobrir uma farsa, e não retirar as máscaras dos farsantes na frente dos enganados… É esse objetivo que nos move… Temos a certeza que o Eterno Deus tem nos fortalecido e chamado para isso… Glória a Deus!”

    Divulguem

    CV.

  5. pr..eduardo gil vasconcellos disse:

    Não importa o que falam os meia-solas filhotes do gedelti, pois pelo fruto conhecereis a árvore.

    Muitos já tem mostrado que tipo de gente são: discriminadores, falsos profetas, perseguidores de quem contraria o sistema, caluniadores e mentirosos, pois escondem da membresia a verdade.

    Neste 2013 ás máscaras caíram, a seita Maranata tem demonstrado o que foi gerado durante 45 anos, foi muita heresia, roubalheira, mas isto não foi suficiente para os obráticos, escolheram continuar na seita do gedelti e continuar caluniando e perseguindo os retirantes.

    Estamos livres não tem como voltar atrás, seguimos com a verdade e a cada dia examinando as Escrituras Sagradas.

    um forte abraço fraternal.

  6. patricia disse:

    Olá CV e queridos irmãos!

    Como é bom desfrutar da liberdade em Cristo Jesus, sem fardos e preconceitos impostos pelos lobos da icm.

    Como é bom não se preocupar com a “roupa de ano novo” algo que é obrigatório na icm, e ai de quem não vai vestido para receber o “oscar”, principalmente as irmãs, sofreM discriminação, quanta soberba dentro da seita!

    Como é bom estar solteira, e não ser perseguida por nenhum religioso só por causa do estado civil.

    Como é bom passear, sorrir, acordar ás 11:00 sem imposição de madrugadas, ser a gente mesma, algo que não podíamos ser, enquanto estávamos subjugados no sistema pesado!

    Glórias à Deus pela liberdade em Cristo Jesus, e por mais um ano de trabalho abençoado dos irmãos aqui do blog. Continuem em frente irmãos e CV, pois o trabalho tem gerado frutos, breve postarei alguns comentários.

    Feliz 2014!
    .
    .
    Olá Patrícia.
    Agradecendo e retribuindo os mesmos votos, desejando paz e prosperidade.

    CV.

  7. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Já começamos 2014 não cessaremos de combater as discriminações, heresias, terrorismo e mentiras. Continuaremos a lutar para que mais membros da seita saem da escravidão maranática.

    Não tememos nada, pois estamos do lado da verdade.

    2014 sem dúvidas muita sujeira da seita herética virá a tona, pois como diz o CV, é um poço de iniquidades que não tem fim.

    Bom inicío de 2014 a todos os retirantes e amigos

  8. Firme nas promessas disse:

    Boa noite Igreja de Deus
    É muito gratificante saber que nossas postagens tem feito muito bem a muitos retirantes.
    Ler algo como o comentário de Patrícia também nos faz muito bem.
    Nós, que estamos nesta luta juntos com o CV, também ficamos comovidos ao ler palavras de gratidão por parte dos retirantes, pois é isso que nos impulsiona a continuar.
    É isso mesmo pastor Eduardo Gil! Não nos calaremos!
    Abraços a todos a um ótimo 2014.

  9. Arms open wide (Rendido estou) disse:

    Be happy

    In 2010, I was in a meeting led by gg, who said, as usual, he had no other place to go if he truly wanted to be in “the work of the Spirit.”

    I used to think the same way and parrot those same words just like him.

    In fact, for almost thirty years I was led to believe that no reason or purpose existed outside the confines of icm.

    But when I was confronted with the hard facts about icm in 2011, I struggled with the idea of leaving it, because I thought, at first, I would be turning my back on God’s will.

    I believed icm was virtually the only hope I had of entering the Kingdom of God.

    I was tempted to feel like a failure and didn’t think i would have enough strength to break away from the system on my own.

    Even though I felt lonely at the time, I knew I was not alone.

    I was sad at first, but the BLOG helped me to understand the contradictions, lies, and methods of control used to make people feel bad about leaving icm.

    Today, after almost two years, I’m no longer sad about leaving icm. In fact, I feel blessed and happy about it.

    Leaving icm meant new possibilities and a new beginning to me in Christ.

    If gg, and many others who still think like him, would have read CV’s BLOG and learned how to escape icm’s clutches, like I did, he would’ve been blessed today, and perhaps happier too.

    Thank you CV and Happy New Year.

    .
    .

    Em 2010 , eu estava em uma reunião liderada pelo gg , que disse que , como de costume, ele não tinha nenhum outro lugar para ir , se ele realmente quisesse estar na ” obra do Espírito . ”

    Eu costumava pensar da mesma maneira e repetia as mesmas palavras como ele.

    Na verdade, durante quase trinta anos fui levado a acreditar que nenhuma razão ou propósito de vida existia fora dos limites do ICM .

    Mas quando fui confrontado com os fatos duros sobre a ICM em 2011, eu lutava com a idéia de deixá-la , porque eu pensei que , num primeiro momento , eu estaria virando as costas para a vontade de Deus .

    Eu acreditava que a ICM era praticamente a única esperança que eu tinha de entrar no Reino de Deus.

    Fiquei tentado a me sentir como um fracasso e achei que não teria força suficiente para romper com o sistema por conta própria.

    Mesmo me sentindo sozinho no momento , eu sabia que não estava sozinho.

    Fiquei triste no começo, mas o BLOG me ajudou a entender as contradições , mentiras, e os métodos de controle usados ​​para fazer as pessoas se sentirem mal por deixar a ICM .

    Hoje, depois de quase dois anos , eu já não estou triste por ter deixado ICM . Na verdade, eu me sinto abençoado e feliz com isso.

    Deixar a icm significou novas possibilidades e um novo começo para mim em Cristo.

    Se gg , e muitos outros que ainda pensam como ele, tivesse lido o BLOG do CV e aprendido a escapar das garras do sistema ICM , como eu o fiz, ele estaria na benção hoje , e mais feliz também.

    Obrigado CV e Feliz Ano Novo.

  10. Eurípia Inês disse:

    Para ONDE ou pra QUEM iremos nós?

    Rendido estou disse:

    “Em 2010, eu estava em uma reunião liderada pelo gg, que disse que, como de costume, ele não tinha nenhum outro lugar para ir, se ele realmente quisesse estar na ‘obra do Espírito’.”

    Como sempre, ele (Gedelti) distorceu o texto Bíblico em que Pedro diz que é “…para QUEM iremos nós…” e não “…para ONDE iremos nós…”

    Ele sempre usou a artimanha para criar nas nossas mentes a ideia de que não tínhamos para onde ir e que só a obra dele é perfeita.

    Nesta frase GG deu mais uma prova do sectarismo religioso e de discriminação e preconceitos para com as outras igrejas evangélicas.

    E sabem de uma coisa? Ele estava com razão e com a “revelação” quando disse isso. Ele realmente não tem mesmo para onde ir. Por isso iniciou rebelião na Presbiteriana e criou sua própria igreja/obra/empresa.

    http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1118247-maranata–uma-igreja-que-surgiu-da-luta-pelo-poder.html

    Que outra igreja iria tolerar sua “obra como forma de vida”? Que outra igreja iria tolerar seus desaforos, mal humor, falta de educação, zombarias…?

    Ele teve mesmo que criar sua própria igreja/obra/empresa pois só ela é perfeita em heresias, mentiras, engano, falsa unção, falsos dons, outro evangelho… só a obra dele abarca e ABAFA todo tipo de crimes… em tese?! aguardem e verão que não.

    O GG, os seus cúmplices e os omissos que compactuam com esse tipo de coisa, não vão mesmo encontrar lugar melhor para irem. Então, na cartilha do PES o texto deve ser:

    “Para ONDE iremos nós? Só o GG tem palavras de morte eterna.”

    E para quem pensa que porque GG não está exposto nos púlpitos, não está mandando, está enganado. Ele manda na obra/empresa dele sim, mesmo que na sombra da marqueteira contratada, com gordo salário, pago com o dinheiro dos dízimos que os membros consagram ao SENHOR.

    Agora, quem não quer participar disso, é só procurar que encontrará sim, lugar decente, para ser crente de verdade mas não pode nunca esquecer que não é para ONDE e sim para QUEM (Jesus) iremos nós, pois, só Ele e não outro, tem as palavras de vida eterna.

    “Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.” João 6:68

    Irmãos, atentem para o que está acontecendo e sendo pregado nos púlpitos. Confiram se estas mensagens estão na Palavra de Deus, leiam e se informem. Não deixem que os maus e falsos pastores enganem vocês por longos anos como fez conosco. Quanto mais o tempo passar mais difícil será.

    Tenham coragem e saiam desta seita! Vocês tem sim para QUEM ir. Deus não irá desamparar vocês e nós somos provas disso. Não temam as ameaças, as maldições e nem os dons que inventam para desencorajá-los.

    Não conheço um retirante que diga ter se arrependido de sair deste lugar. Todos comprovaram que há vida fora da maranata.

    “…só tu(Jesus) tens as palavras de vida eterna.”

    Ninguém pode tirar isso de nós.

    A graça e a paz do Senhor Jesus a todos.

    Eurípia Inês.

  11. A.Marques disse:

    Entrei aos 19 anos na ICM e procurei seguir á risca todas as regras que me impunham.

    Depois de 2 anos na igreja eu já estava no Grupo de Intercessão, Grupo de Louvor, Como professora de Intermediários, instrumentista e ainda voluntária no maanaim de Domingos Martins. Me dediquei de todo o coração a servir o Senhor da forma que me ensinaram. Mas percebia que não tinha mais amigos, não saía de casa para passear, não visitava mais meus parentes e esperava ansiosa o Senhor me mostrar quem seria o meu companheiro.

    Tentei namorar um rapaz, mas ele parecia mais obcecado com a ideia de vestir um terno do que com a ideia de ser um bom companheiro. Terminei o namoro e me dediquei o dobro.

    Passei a ler mais a bíblia e foi aí que começaram meus problemas…

    http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2014/05/04/seita-igreja-crista-maranata-entrei-aos-19-anos-na-icm-e-procurei-seguir-a-risca-todas-as-regras-que-me-impunham-acabei-de-perder-meu-primeiro-bebe-sabe-o-que-ouvi-de-uma-irma/

  12. Mariana Pereira disse:

    Um convite divino ao templo interior

    “Vai, pois, povo meu, entra nos teus quartos, e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a ira”.

    (Isaías 26:20)

    Em tempos de crise, de conflitos, de incertezas, de insegurança religiosa, de momentos tormentosos, a resposta bíblica vem ao encontro da necessidade humana fazendo sossegar o espírito em sofreguidão, como o bálsamo que é aspergido na ferida que dói. Há sempre um acalento divino para o(a) frágil menino(a) que jaz no território das emoções humanas, isto é, para o(a) menino(a) que mora – acordado(a) ou adormecido(a) – nas ruelas do espírito, esperando que o céu o(a) responda e nessa fragilização é que o toque sublime do convite desenhado no versículo em epígrafe se apresenta: sorrindo para o ser que vive e que crê; e crê que por Ele vive.

    POR ÉZIO LUIZ PEREIRA

    Restante

    http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/10/11/um-convite-divino-ao-templo-interior/

  13. Neto disse:

    Quero saber se onde vcs vão pregar se vcs não pregão as revelações que o Espirito Santo nos revelou? hipócritas!
    .
    .
    É mesmo?!

    “revelações”?

    aarneto@hotmail.com.br
    179.179.166.208

    A Maranata está cheia de “anticristos” levantados pelo poder camaleônico, e este poder maligno disfarça as intenções dos Judas que dominam as “unidades locais”.

    Ações da banda podre do PRD em Brasília.
    Corrupção.
    Desvio de dinheiro.
    Profetadas.
    Quer mais?

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2014/07/espelhos/comment-page-1/#comment-13902

    […] Apostasia, balcões de negócios, caixa único, cartão sem limites de saques, corrupção nas coordenadorias, cortinas de fumaça, crianças molestadas sexualmente, destruição de provas, desvio de ofertas voluntárias para contas de pastores, discriminação e preconceitos, enriquecimento ilícito, espantalhos, estelionato religioso, fábricas de notas frias, falta de transparência, filhos enganados, fraudes contábeis, instigação do ódio religioso, má formação doutrinária e ética dos membros do presbitério, manobras de cartório, mantras maranáticos, maranacutais palacianas, mentiras, meias-solas-laranjas, negócios nebulosos, organização criminosa a nível de quadrilhas, perseguição, profetadas, remendos em declaração de imposto de renda, repetição das mentiras e meias verdades para não esquecerem que mentiram, saques de dinheiro com cartão sem limites, traição… e até espaços em cemitério… […]

    Conteste se você é capaz. É coisa impossível mas peça ajuda aos levantados meias solas, ops, pastores do PES, aos anjos e arcanjos de plantão no palácio da rainha desfigurada, aos faladores de cantalaimaias; oshirimiei, miei, ei; chuliei, ei, ei; chuliei, ei, ei, etc, consulta e clamor esquizofrênico.

    Depois comece redigir o texto com a inspiração dos guias dos profetiticas de plantão. Dou-lhe o prazo de 1 (um) ano. Se conseguir convencer, publico e me retrato.

    Dia 28.08.2014 está designado para ouvir as testemunhas do Ministério Público na DENÚNCIA de 08.05.2013 contra diversos pastores da idolatrada Obra! Obra! Obra!

    “Hipócritas”? Quem são e onde estão?

    Neto, que “espírito” é esse que NUNCA revela o pecado da banda podre?

    O Blog chega no sexto ano de DENÚNCIAS contra a banda podre amparada pelo falso profetismo que contaminou a Maranata.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/negocios-de-familia-e-fabrica-de-judas/

    O gedeltismo nos traiu.

    O poço de iniquidades foi aberto e quanto mais se investiga mais aparece.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/mpc-pede-a-devolucao-de-r-761-mil/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2014/08/o-presbiterio-nao-se-sente-culpado-sera/

    “O SENHOR é minha bandeira.”

    CV.

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.