Meia verdade é uma mentira inteira

“Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.”  (2 Jo. 1.9 – RA-SBB – ênfase nossa)

A doutrina revelada da ICM-PES está impregnada de alegorias, ambigüidades, espiritualizações de frases das Escrituras fora do contexto e do conteúdo geral das mesmas.

A falta da verdade, mesmo de forma parcial, produz a mentira por completo.

As estradas estão cheias de desesperados retirantes (quem lê entenda) porque MEIAS VERDADES abrem brechas para APOSTASIA e deixam marcas indeléveis entre os icemistas [ic(e)+mistas].

Da esperteza de quem desde o início dominava o rebanho, nasceu uma  enigmática forma de governo religioso oposta ao ensino do Novo Testamento, dando-nos ciência de que estamos diante de eclesiasticismo monárquico pseudocarismático.

Entre eles o mentiroso mente para lembrar que não pode esquecer da mentira anterior. Nessa classe de apóstatas  desfilam os donos de balcões de negócios, os fabricantes de notas fiscais frias, os falsos profetas, os Judas que negociam o desvio de dinheiro, os maus pastores, os tesoureiros de unidades locais e outros corruptos. A esta dissociação da realidade dá-se o nome de esquizofrenia religiosa.

Enfrentar a Verdade exige vontade; porém é mais fácil do que depender da mentira. Entre mentir, é melhor omitir, pois boca fechada a ninguém condena. Por isso mesmo, o cristão não pode se furtar à descobrir a mentira.

Entenda: essa esquizofrenia religiosa obriga a que estejam abertas as portas das unidades locais (artgs. 21,22,23 e 31 do E-ICM-PES); mas o dono do rebanho só deixa entrar meias pessoas. Então, com a linguagem das meias verdades ele despeja a doutrina revelada nos Seminários da Obra, e o faz  sobre cada meia pessoa que não pensa (lembre-se: meia pessoa é ninguém) e continua encantada com as meias verdades do falso profetismo. Ato contínuo, às próprias meias verdades cada meia pessoa somam as meias verdades de cada culto profético de meias verdades já introjetadas em sua mente. Finalmente, enquanto a membresia é compelida à absorver a Obra como forma de vida de meias verdades, cada meia pessoa completa a formatação do seu perfil de servo da Obra, como condição essencial para fazer parte do projeto de salvação além da letra. Entrar é fácil. Penoso é a romper e sair do sistema…

Entre proferir meias verdades, calar-se é a melhor saída. Não tenho outro modo de dizer, mas

a ICM-PES está doente de mentiras.

Entrementes, o atual diz-que-diz-que do icemista-mor insiste na meia verdade que chegou pela boca de certo pastor da ICM-OBRA em Portugal:

a Assembléia de Deus já está crendo que Maria é Salvadora.

Falar mal de denominações evangélicas é comum nos Seminários da Obra e essa meia verdade agradou em cheio. O chefe icemista muito religioso logo espalhou a novidade do púlpito das meias verdades. O que ele disse pode ser ouvido por todos (1).

Não satisfeito com a meia verdade do mentiroso, o mestre dos mestres dos icemistas, especializado em discriminar igrejas e instigar o ódio religioso, propala a meia verdade que ouviu; e faltoso com o respeito aos membros das Assembleias Deus, pede que ninguém fale isto fora do âmbito da OBRA, ou seja, a ICM-PES. Quer dizer: fofocas e mentiras fazem parte do púlpito de meias verdades, algo como brincar de ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar…

O Blog do Cavaleiro Veloz denuncia o pior das mentiras que contaminou esta geração de membros da Igreja Cristã Maranata. Por inteiro! Porquanto está escrito (Lc. 6.45 – ênfase nossa):

“O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o mau do mau tesouro tira o mal; PORQUE A BOCA FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO.”

Perguntamos: qual o interesse do chefe da ICM-PES ao encaixar a MENTIRA em seu discurso enfadonho mentiroso e prolixo?

Resposta: a dissimulada (uma mentira) exaltação ao dissimulado ensino “além da letra” (outra mentira) constrói a doutrina revelada e eleva o dogma de Obra Maravilhosa que veio da eternidade (mais uma mentira) acima das Escrituras Sagradas. O ciclo é vicioso.

Será que não entendem? Tiro que sai pela culatra atinge quem o desferiu…

Se você já entendeu que o monarca quadragenário e seus valetes (escrevi valetes) falseiam o EVANGELHO DE DEUS; e mancomunados com a mentira construíram o pior dos capítulos da HERESIA GEDELTISTA; é melhor deixar de ser cúmplice com as meias verdades inspiradas nas obras das trevas, romper com o sistema e aprender a DEPENDER DO ESPÍRITO DE CRISTO JESUS.

Nota

Artigo atualizado em 19.06.2011

(1) http://www.4shared.com/audio/K8OB3E_P/Gedelti_Grava_e_bota_no_ORKUT.html

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

140 Respostas para “Meia verdade é uma mentira inteira”

  1. Essa luta e´nossa disse:

    Essa pesquisa nem e´uma meia verdade, so passar próximo aos templos no horário de culto,constata se uma mentira bem inteira, os cultos demonstram bem o reflexo dos escândalos,uma tentativa muito fraca de manter o resto de formatados sob controle, mais mentira,mais autoridade e legalidade pro pai da mentira.Paz..

  2. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Frequência diminuída ao extremo nas unidades locais da seita. Em todos os lugares que tenho conhecido tem diminuído a frequência, e muitos retirantes enchem as estradas.

    Não tem como ficar. Se fazerem estatística confiável 90 por cento dos que ainda permanecem no ninho sujo não aguenta mais o tal chatélite.

    Tem pastor que não mais obedecem mais o Pes e até desligam o chatélite. Começam o culto às 8:00 domingo e ás 9:00 mandam o povo para casa.

    Vão mentir para outros tenho informações diariamente, a casa mal assombrada é a maior mentira do últimos 100 anos!

    Saia desta encrenca chamada seita Maranata!

    um forte abraço fraternal aos retirantes.

  3. Lucky Costa disse:

    Postado no Desperta, Crente do Facebook

    Irmãos, isso é muito sério.

    Um dos administradores dessa página contou que estava conversando com um ex membro recem saido da icm e essa pessoa contou que, na igreja dele, era passado que as “calúnias” e “críticas” a ICM eram feitos por membros da Louvai. Disse que o pastor falava que a Louvai não tinha quase ninguem e os ataques na midia era desses poucos membros da Louvai. A intenção era difamar a Louvai por ser de ex membros e colocar os membros da ICM contra a IEL, provocando dissenções e uma “guerra santa”.

    Isso nos fez lembrar que uma irmã da IEL nos disse que apareceram pessoas na Louvai causando transtorno entre os irmãos, querendo introduzir coisas no clto que é contra a Palavra e os pastores tiveram muito trabalho até descobrirem que essas pessoas não tinham deixado a icm e sim que estavam lá para provocar confusão e depois levantar boatos e disseminar mentiras entre os membros da ICM, dizendo que a Louvai é de gente desorientada e desorganizada.

    É muito triste ver a que ponto chegou a loucura e cegueira de algumas pessoas, incluindo o líder. Temos que orar muito para que parem de alimentar um ódio que não deveria existir, pois os membros da Louvai só querem servir ao Senhor e nada mais. Vamos vigiar e orar e ajudar os membros a verem a verdade: que estão semeando contendas entre irmãos. E isso Deus abomina.

    https://www.facebook.com/despertacrenteJo629/posts/552969831432220?notif_t=notify_me

  4. Frederico disse:

    só sei que essa pesquisa mostra uma triste realidade…..que parte dos entrevistados não se incomodam com a corrupção… quer dizer, aceitam a corrupção…..

    não adianta membro bitolado se justificar “a gente aceita e tbm não aceita”… isso é balela… é sim sim, não não… o que passa disso é maligno…..

    nesse fim de semana o maanaim de jaburuna foi palco de mais um festival de levantamento de pastores… um dos “levantados” é funcionário de PES… que maravilha… mais uma leva de Pr´s despreparados…..

  5. Alandati disse:

    ANALISANDO OS LEMAS DOS ANOS SÓ PARA OS DA OBRA – PARTE 1

    O presente artigo se destina a alertar sobre a mentira de um povo, ínfimo, diante de todos que servem a Deus, em ter um lema específico e exclusivo a cada ano que passa.

    A ideia é que Deus lança uma estratégia somente sobre o povo icemita, a cada ano, deixando todos os outros irmãos, das outras denominações, desavisados, sem conselho, sem eira nem beira, o que supostamente teria como consequência: vitória, alegria e vida para quem estiver na icm, e derrota, tristeza e morte para quem estiver em qualquer outro lugar, não adiantando que esteja seguindo a Palavra.

    Encontramos alguns significados para o termo “lema” no dicionário:

    Uma breve declaração usada para expressar um princípio, meta ou ideal;
    Uma frase, ou palavra de caráter apropriado ou inscrita ou anexada a um objeto;
    Uma máxima adotada como um guia para sua conduta.

    Fonte: http://significado.ws/lema

    Percebemos então que o “ossinhorrevelô”, desde 1992, metas, ideais, objetivos, guias para conduta, com frases, muitas vezes descontextualizadas das Escrituras Sagradas, para reger o pensamento e a atuação de um povo pequeno, que é o icemita, que no censo de 2010, somou 356.021 membros no Brasil!

    Isso por si só já seria um absurdo, em crer que Deus se preocuparia em revelar um mistério a uma casta irrisória dos evangélicos de um país específico, quem dirá do mundo, onde a tal obra no exterior é um fiasco!

    Mas, convido a você para, junto comigo, apreciarmos os textos supostamente revelados por Deus como lemas somente para a maranata, quando teremos oportunidade de evidenciar muitas aberrações e espertezas.

    Vem comigo…
    .
    .
    Restante em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/06/23/analisando-os-lemas-dos-anos-so-para-os-da-obra-parte-1/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  6. LEIPY disse:

    É mesmo?!

    Bem vindo(a).

    leypeguitar@hotmai.com
    201.78.246.158

    Se V. tivesse lido com atenção, encontraria o pedido (NOTAS) para não escrever em CAIXA ALTA – LETRAS MAIÚSCULAS – porque é deselegante. Que fazer?!

    Vai lendo

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/09/clamor-errado-na-hora-errada/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/06/o-comeco-do-fim/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/09/pedofilo-teria-feito-mais-duas-vitimas/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/02/falei-conforme-ossorrevelo/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/03/o-fio-de-escarlate-nao-aguentou/

    http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1107003-igreja-maranata-dizimo-desviado-em-fraude-milionaria.html

    CV.
    .
    .
    GOSTO DE PERDE TEMPO LENDO ESSE MONTE DE BABOSEIRAS DE VOCES, E OUTRA MINHA CULTURA É MUITO INFERIOR COMPARADO A DE VOCES PORQUE NÃO ENTENDI QUASE NADA DO QUE VOCE FALARAM, E MAIS DA NOME AOS BOIS, ME FALA O NOME DE QUEM ESTA FALANDO E DE QUEM ESTAO FALANDO, ASSIM COMO O MEU NOME É “LEIPY”CHEQUE SEM ASSINATURA NAO TEM VALOR.

  7. Eurípia Inês disse:

    “O atual diz-que-diz-que do icemita-mor insiste na meia verdade que chegou pela boca de certo pastor da ICM-OBRA em Portugal: A Assembléia de Deus está crendo que Maria é salvadora. O chefe icemita, muito religioso, logo espalhou a novidade do púlpito das meias verdades.” (CV)

    Quem não se lembra desta “pérola” pronunciada pelo Gedelti nos púlpitos dos Maanais e ULs?

    E nós, formatados que éramos, acreditamos.

    O problema de quem mente é este que o CV descreve:

    “…o mentiroso mente, para lembrar que não pode esquecer da mentira anterior.”

    Fez chacota com a Assembléia de Deus e agora confessa que a obra é que tem uma reza equivalente à ave-maria. E plagiada.

    Se a Assembléia de Deus, como disse Gedelti, tem Maria como salvadora, a maranata tem a Obra e com sua própria reza.

    O bom é que agora não precisamos argumentar mais nada pois foi o próprio dono da obra maravilhosa quem confessou: “o clamor pelo sangue de Jesus é como a ave-maria.”

    Mas já que a bola da vez dos escândalos é esta confissão do dono da empresa maranata, ele faz cair por terra outros ensinamentos heréticos, mentirosos e plagiados daquela que tem, verdadeiramente, a Maria como salvadora.

    Todos devem se lembrar, que na aula sobre o clamor pelo sangue de Jesus, onde o mega professor dizia que, quando clamávamos nós estávamos cobertos por este sangue como um manto, por isso, Deus não nos via, mas, via o sangue de seu Filho.

    Como os meia-solas não dão o menor valor à Palavra de Deus, esquecem que quando Jesus estava expirando na cruz, Ele perguntou ao Pai porque o havia desamparado. Por certo o Pai não suportou ver o Filho morrendo ensanguentado e carregando sobre o corpo o peso do pecado da Humanidade.

    E por que Jesus, estando glorificado Deus Pai, iria querer ver seu sangue sobre nós? O sacrifício foi uma só vez! O sangue já foi derramado. Não está derramando.

    O próprio Jesus nos ensinou a pedirmos tudo ao Pai em seu nome. é assim que a Escritura nos diz.

    Isso sem contar com as “experiências” que nós nunca sabíamos de quem se tratava. Diziam que o ladrão vinha roubar alguém e saía correndo porque via a vítima coberta de sangue. E o ladrão ainda se convertia à obra, só que ninguém até hoje conhece este bendito.

    Fica a sugestão de leitura deste artigo para provar mais uma vez que tudo que o Blog denuncia está se cumprindo.

    A paz do Senhor Jesus.

    Eurípia Inês.
    .
    .
    Acessem

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/04/profetadas-e-revelagens-o-mal-esta-solto/comment-page-2/#comment-54498

    CV.

  8. Alandati disse:

    AS VÁRIAS CARAS DO DOUTOR VÉRTICE PIRAMIDAL!

    A TV Retirantes, uma emissora independente, e que prima pela verdade, traz hoje para vocês detalhes a respeito do encontro, que deu o que falar, entre o radialista Salatiel Franco e o atual VPC – vértice da pirâmide, mas que antes, à época das gravações, era conhecido simplesmente por GG.

    A transcrição do diálogo, sem cortes, do encontro gravado de GG com Salatiel Franco, em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/07/06/as-varias-caras-do-doutor-vertice-piramidal/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  9. Alandati disse:

    A OBRA É O MAIS PURO E LEGÍTIMO OURO DE TOLOS!

    Artigo que compara as características do ouro legítimo, com a pirita, conhecida como ouro de tolos, tal qual é a obra, parece com ouro, até brilha, mas na verdade se quebra facilmente.

    Leia em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/07/08/a-obra-e-o-mais-puro-e-legitimo-ouro-de-tolos/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  10. augusto disse:

    Vejam só!

    Incrível o depoimento do pr Marcelo Ferreira, concedido juntamente com o conselho presbiteral, na rádio Maanaim.

    Ele, dentre outras coisas, agradeceu imensamente as orações dos “IRMÃOS” de outras denominações, Assembleia de Deus, Deus é Amor, Batista e as demais, pelas orações feitas pela Obra; afinal, segundo ele, somos “TODOS” um só corpo, unidos num só Espírito, sendo preparados para o arrebatamento.

    Então, quer dizer que os servos da “OBRA” já podem frequentar cultos em outras denominações sem serem tratados como “CAÍDOS” e “AMALEQUITAS”???

    Não é bem isso o que diz o pr Amadeu http://www.youtube.com/watch?v=jM1smzOHVO8 em seminário… (antes de entrar para a Penitenciárias, claro).
    .
    .
    E mais:

    http://www.youtube.com/watch?v=JFuCCJ0nTTg

    http://www.youtube.com/watch?v=HQbT2FFiQGg

    http://www.youtube.com/watch?v=WQE3cOeGsaQ

    http://www.youtube.com/watch?v=eCV7_PBB3Os

    CV.
    .
    .
    Fim de semana correndo os olhos em páginas do Blog atento aos links de vídeos que não mais abrem. Matérias envolvendo erros, falácias e heresias da Instituição foram retiradas do Youtube.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2015/05/o-momento-e-agora/comment-page-1/#comment-19637

    Eles nãos sustentam o que falam/profetizam e no primeiro questionamento correm para retirar os vídeos publicados.

    Que Obra Maravilhosa, hein?!

    “O SENHOR é minha bandeira.”

    CV.

  11. NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA
    1 – Os pastores da Maranata irão respeitar os membros da igreja. Irão tratá-los com deferência e consideração. As irmãs que trabalham nos Maanains não serão mais orientadas à base da gritaria.
    2 – Os jovens da Maranata serão respeitados pelos seus pastores e eles, somente eles, decidirão com quem irão namorar e casar.
    3 – Os grupos de intercessão terão a única função de interceder ao Senhor nas suas reuniões e todas as fofocas estão proibidas.
    4 – Os dízimos da Igreja Cristã Maranata serão administrados com honestidade e a prioridade será o socorro aos necessitados.
    5 – A Palavra de Deus terá precedência sobre qualquer doutrina.
    6 – A alegria será permitida.
    7 – O riso será autorizado.
    8 – Cada um dos membros da igreja terá permissão para escolher os próprios amigos, mesmo os que não frequentam a ICM bem como permissão para escolherem qualquer lugar que queiram ir.
    9 – O Espírito Santo terá novamente liberdade de agir entre nós.
    10 – Jesus Cristo voltará a ser o Senhor de todos, apenas a Ele prestaremos culto e Ele será o tópico de todas as pregações nos templos e Maanains.
    11 – Os pastores da Igreja Cristã Maranata estão proibidos de rogar pragas nos irmãos mais fracos na fé.
    12 – Está proibido desejar de púlpito que qualquer ser humano na face da Terra seja comido de bicho.
    13 – Caso tenha-se notícia que essa praga pegou em alguém, os hospitais da Maranata serão incumbidos de tratar desse ser humano e tirar bicho por bicho com delicadeza.
    14 – Foi criado o Departamento de Bondade onde todas as bondades de Deus serão derramadas sobre cada membro.
    15 – Os pastores da ICM serão os primeiros a serem atendidos pelo Departamento de Bondade.
    16 – Todos os erros cometidos pelos pastores em nome de Deus serão reconhecidos com temor e humildade e a todos estaremos individualmente pedindo perdão.
    17 – As portas dos templos da Igreja Cristã Maranata NUNCA mais estarão fechadas para qualquer pecador, a começar dos próprios pastores.
    18 – Nenhum pastor da Maranata incutirá mais medo sobre a congregação com o objetivo de controle e domínio, antes ensinará para todo o sempre que Deus é bom e bondade é o ÚNICO benefício que provém Dele.
    19 – A todos será dado o direito de errar, a começar pelos pastores, e o erro será tratado com perdão.
    20 – Todos poderão amar ao próximo e a Jesus Cristo.
    Logo trarei mais notícias.
    Fonseca

  12. Aline Santos disse:

    CV,

    Este sonho é contado lá nas bandas de Ipatinga, MG

    “Uma irmã de uma igreja estava grávida e sempre sonhava em ter uma filha, ela já tinha três filhos. O Senhor deu um sonho onde era visto no colo da irmã uma menina. O diácono da igreja (Dirceu) e a sua esposa (Dirce), de posse do sonho, visitaram a irmã grávida. Na visita os dois começaram a falar em línguas e o irmão logo começou a interpretar dizendo em nome do Senhor que a irmã daria vida à uma menina e que ela seria saudável e que estava fazendo isto por amor ao casal.
    Nasceu um menino e com “síndrome de wester”, que impede seu crescimento físico e sempre necessita de cuidados médicos especiais. A irmã continua na igreja pois “entendeu a Obra” e o marido demorou a retornar e sempre está oscilando.”

    Esta Obra é dinâmica, hein?
    .
    .
    Algo insistente entre os maranatas é “o Senhor deu um sonho”… no caso um sonho com uma menina e nasceu menino gravemente enfermo.

    Com a maior facilidade inventam mentiras e atribuem ao Senhor a responsabilidade, porque dizem “o Senhor deu um sonho”.

    Daí os dons de acordo com o coração… e gente inventando profetadas e revelagens…

    Especialistas falam na Internet a respeito da “Síndrome de West” (nome correto).

    Fico imaginando o dano emocional e espiritual.

    Melhor seria se Dirceu e Dirce nunca tivessem visitado a grávida… e nunca tivessem aberto a boca para causar tamanho tropeço… mas Dirceus e Dirces espalham mentiras… não param com falsos dons, meias verdades e não se arrependem dos erros no culto profético.

    Que Obra Maravilhosa, hein Gedelti?

    CV.

  13. Alandati disse:

    A BEM DA VERDADE, JESUS JAMAIS SERIA MARANATA!

    Estava aqui relendo o nosso artigo http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/05/23/se-jesus-fosse-maranata-ele-seria-no-maximo-obreiro/, oportunidade em que praticamente descartamos a possibilidade do Senhor Jesus, se estivesse novamente entre nós, como homem, e se frequentasse a maranata, de ser nada além de um obreiro.

    Destaco daquele artigo:

    “Outra coisa, Jesus fazia muitas viagens missionárias, para atendimento a necessitados, e isso impediria de estar presente em todos os encontros, madrugadas, reuniões, cultos ao meio-dia, cultos da noite, etc, da seita, e por certo, seria colocado “no banco”, sendo afastado das funções concedidas a Ele, além de ser dada como certa a discriminação com relação a Sua pessoa, pois seria um desacertado, sem entendimento de obra, rebelde, questionador! Que loucura!”

    Mas, eu gostaria de me aprofundar no assunto, amadurecendo a ideia de que o Senhor Jesus pudesse estar aqui, nesta terra, como homem, e pude ponderar os seguintes pontos, lembrando da real passagem do Eterno na humanidade, e que teria sido registrada nas Sagradas Escrituras:
    .
    .
    Restante em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/08/03/a-bem-da-verdade-jesus-jamais-seria-maranata/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  14. Irmão dos Pampas disse:

    Pessoal, muito boa tarde a todos, Graça e paz

    Gostaria de explanar não uma revolta, mas um sentimento de inquietação ou talvez de incapacidade de entender porque as pessoas (conselho presbiteral) a frente da ICM não toma uma atitude humilde e declara que algumas doutrinas não são BÍBLICAS?

    Já a algum tempo venho pensando como me expressar a respeito deste assunto que estou citando:

    Algumas semanas atrás talvez duas, existem dois vídeos sendo veiculados junto a Rádio Maanaim no quadro conversas Bíblicas onde dois pastores tentam quase que a marretadas comprovar que a prática de consulta a palavra consiste em ser uma prática bibliocêntrica. Não vou me ater na questão se a mesma é ou não bibliocentrica pois sabemos que tal prática mais conhecida como (bibliomancia) não existe precedente nas Escrituras, muito menos no Novo Testamento.

    O que relato é a tentativa de mascarar uma heresia doutrinária que por muitos anos foi ensinado nos porões dos seminários que se tratava de uma doutrina revelada pelo Espírito para a dita obra do ES.

    Se os irmãos puderem analisar o vídeo tais pastores mudaram de categoria a prática de consulta a palavra.

    Aquilo que anteriormente era tido como revelação dos céus, tida como doutrina revelada, tão importante que era necessário até mesmo uma aula em Maanaim de quase 2 hs para explica-la agora não passa de uma prática, um recurso que foi constatado pela interpretação anêmica e capenga que a teologia da ICM faz e extrai da bíblia sem compromisso com o contexto e exegese da passagem bíblica. Agora eu pergunto?

    E nós que milhares de vezes demos aula para batismo nas águas para irmãos recém convertidos e frisávamos que tal prática era uma doutrina revelada; e quando éramos questionados por irmãos que vinham de outra denominação que tal prática de consulta (bibliomancia) não existia nas demais denominações? Qual era a nossa resposta?

    – Meu irmão a consulta a palavra é uma doutrina ou recurso revelado pelo ES para a igreja fiel, somente a Obra tem este tesouro etc…..

    E agora, a que conclusão devemos chegar? Que a consulta deixou de ser doutrina devido ao aperfeiçoamento da obra?

    Será que em nenhum momento as pessoas não se perguntam a respeito desta situação? Será que as demais doutrinas que sabemos que não são bíblicas também serão depostas de seu cargo de doutrina?

    Não estou dizendo de maneira velada que as pessoas devem deixar a denominação. NÃO! Mas quero dizer de maneira clara aos pastores do conselho presbiteral e aos demais que controlam a área espiritual da ICM.

    NÃO INSULTEM MINHA INTELIGÊNCIA!
    JESUS ME RETIROU OS PECADOS NÃO MEU CÉREBRO!

    Vão ficar calados vendo tantas manipulações?
    Vão permanecer na inércia vendo aquilo que era uma verdade incontestável não ser mais?
    Alguns dirão: vamos apenas orar o ES vai cuidar desta situação…..

    É isto que os lobos querem que vc faça, não os questionem em nada, apenas ore.

    Meu irmão as orações pelo presbitério, comissão executiva, administração já estão sendo feitas há muitos anos. Será que não é hora de agir, cobrar explicações?

    O povo de Deus não pode ser alienado a ponto de aceitar tudo sem ao menos questionar aquilo que está fora dos preceitos bíblicos.

    Graça e paz a todos.
    IRMÃO DOS PAMPAS

  15. Alandati disse:

    A OBRA É QUE NEM DENOREX: PARECE, MAS NÃO É!

    Sem sombra de dúvidas, o gedeltismo criou diversos modismos. Quem é da obra conhece quem é da obra. Quem pertence à obra, tem o seu “HD” formatado para responder a estímulos próprios da obra, e é inevitável a construção de um perfil particular dos que são da obra, e isto é notado por todos. Afinal, a máxima é não se misturar, para não ser confundido com os movimentos, mesclas, “religiões”, ou outras modalidades do segmento gospel, ou melhor, “cóspel”, como é jocosamente todo e qualquer tipo de vida cristã fora da obra, na consideração da obra.

    Dentro desse contexto, a forma de saudação na obra é diferente, “pázdosinhô”, não sendo tão claro a qual sinhô se refere; até nos e-mails ou chats, redes sociais, a saudação vira “APDSJ”, referindo-se às iniciais de “a paz do senhor jesus” (Jesus vira um “j” apenas, parecendo ser difícil falar simplesmente “Paz de Cristo”, ou “Paz de Jesus”), existindo ainda a variante “APDS” (aí sim, não tem nem o jotinha de jesus); os usos e costumes, embora não pregados, são repetidos, tanto para os varões, que por exemplo não podem usar barba, mas podem usar bigode, quanto para as irmãs, que não podem (ou não podiam até hoje) usar calça nem bermuda, só saia ou vestido, e sem alcinha, e outros exemplos…

    A bem da verdade, a começar pelo uso oportunista do significado de ser santo, a obra se vale, sorrateiramente, de esperteza maquiavélica para se separar de todas as outras denominações, como se santa fosse, como se diferente fosse, como se imaculada fosse, como se incorruptível fosse, ou também como se incomparável fosse, ou ainda como se filho único fosse. Que engodo!

    A OBRA É QUE NEM DENOREX: PARECE, MAS NÃO É!

    Estivemos pensando em algo interessante: quantas siglas e termos giram em torno do gedeltismo, não é verdade? Verificamos que a grande maioria, pelo motivo de a obra parecer ser uma coisa, que na verdade não é, apresentam duplo sentido ou mais, trazendo pavor aos meias solas…Vejamos, com significados atuais:
    .
    .

    Restante em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/08/04/a-obra-e-que-nem-denorex-parece-mas-nao-e/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  16. Alandati disse:

    NÃO FAÇA COMO O JOVEM RICO, SIGA OS PASSOS DE JESUS!

    Em seus passos o que Jesus JAMAIS faria?

    Aceitemos a proposta do autor do Livro “In His steps”, que literalmente significa “Em Seus passos”, Charles Sheldon, que incita a perguntar: O que Jesus faria em meu lugar? Será que Jesus procederia da mesma maneira que eu? O que eu penso é condizente com o pensamento de Jesus a respeito de determinado assunto? Na Bíblia, Jesus agiu como eu agi, em situação parecida? Será que estou seguindo fielmente os passos de Jesus?
    .
    .

    Restante em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/08/10/nao-faca-como-o-jovem-rico-siga-os-passos-de-jesus/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  17. Alandati disse:

    VAMOS FALAR A VERDADE? MADRUGADA NA OBRA DÁ UMA CANSEIRA DOIDA!

    Esse artigo é criado para abordar uma das grandes falácias que é transmitida na seita: QUEM VAI À MADRUGADA NA UNIDADE LOCAL FICA DISPOSTO O RESTO DO DIA! Aliás mais uma mentira dentre várias que são disseminadas pelos “soldados” da rainha!

    Meu amigo, para falar a verdade, tudo quase nessa história é mentira. A começar pela ausência dos próprios pastores, principalmente do pes, nas madrugadas “reveladas” por eles mesmos! Se é uma semana de revelação, por que teria que ser cumprida somente pelos membros? Sabemos que há algumas exceções, em unidades locais em que o pastor, também massa de manobra, é fiel às orientações, mas a grande maioria sabe que é um engodo essa história.

    O orar de madrugada é bíblico, pois em diversas passagens contemplamos tal registro, mas podemos arriscar aqui que predominantemente não se fala em orar de madrugada em local especificado pelos homens, muito menos em edificações feitas por mãos humanas, tampouco também por motivos determinados pela gerência do homem, senão vejamos alguns exemplos, para não ficarmos em elucubrações:
    .
    .
    Restante em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/08/20/vamos-falar-a-verdade-madrugada-na-obra-da-uma-canseira-doida/

    Graça e Paz,

    Alandati.

  18. Alandati disse:

    A OBRA NADA MAIS É QUE A EXECUÇÃO DO PROJETO DAS SEITAS

    Fizemos uma breve pesquisa sobre as características e comportamentos dos líderes de seitas, e pudemos perceber que elas se encaixam perfeitamente ao líder da seita “icm/pes – igreja cristã maranata / presbitério espírito-santense”.

    Enumeramos algumas:

    -São os únicos donos da verdade e a última palavra é sempre a deles;

    -Geralmente são muito carismáticos;

    -Sempre dizem romper com a tradição;

    -São autoritários, controladores e exigem submissão dos seus seguidores;
    .
    .
    Restante em http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/08/31/a-obra-nada-mais-e-que-a-execucao-do-projeto-das-seitas/
    .
    .
    Graça e Paz,

    Eurípia Inês e Alandati.

  19. Angela disse:

    CV e irmãos,

    Quanto mais os dias passam mais estragos essa obra maligna vai fazendo na vida das pessoas. Principalmente dos fanáticos que a cada dia ficam mais fanáticos, como o oposto, dos traídos por Gedelti, que querem é distância desses lobos, que disseminaram ao longo desses anos, toda sorte de infelicidade na vida das famílias, principalmente àquelas que ainda estão lá e que estão se destroçando por promessas que nunca se cumpriram e nem se cumprirão, pois foram proferidas por mentes doentes, filhos de um gedeltismo, que serviu e serve ao deus desse século, o deus do engano e da mentira.

    Tenho conhecimento de alguns casamentos chegando ao fim, muitos inclusive, de fachada, para não comprometer a gloriosa Obra, e assim viveram tristes e infelizes, porque alegria e felicidade para a maranata é sinônimo de falta de santidade.

    Viveram cabisbaixos, feios, sem vaidade, principalmente no caso de muitas senhoras de frente, para terem crédito junto aos maiorais da seita, mesmo que o preço disso tudo fosse o seu lar. Marido como inimigo da Obra, quando não era de lá e filhos desistindo de seus sonhos, pela enxurrada de falsos dons.

    Conheço alguns que estão trancafiados dentro de seus quartos, em profunda depressão. Jovens que ainda esperam o seu “Isaque” e sua “Rebeca”, mesmo vendo os dias se passarem, e nada acontecer, pois são ainda massacrados por essas beatas fanáticas, e esses meia-solas, ainda com mais promessas e mais pragas…

    Que tristeza ver no que se transformaram muita gente boa! Muitos sem forças pra romper com esse sistema cruel, que disseminou medo, insegurança e ódio. Roubou dinheiro, sonhos, e a fé de muitos, que mesmo infelizes se arrastam aos pés dessa vergonhosa invenção de Gedelti.

    Como diz você CV, romper para muitos não é fácil! Mesmo com muitas lágrimas, ainda teimam em continuar acorrentados por esta aberração, chamada Igreja Cristã Maranata, que não tem nada de Igreja e nem de Cristo.

    O que nos resta? Pedir socorro ao Senhor que fez os céus e a terra, para libertar os que ainda estão presos nas afiadas garras dessa Sofisticada Organização Criminosa!

    Paz!
    .
    .
    E ainda dizem: a “Obra salva, não toque no ungido”.

    Mas obra não salva nem a si mesma; a falsa unção é fruto podre da ideologia obra como forma de vida; e o juízo começou.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-obra/
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-juizo-vem/

    CV.

  20. Maria Eduarda Peixoto disse:

    Mês de Outubro e a cena se repete.
    Crianças e adolescentes são levados pelas ruas de seus bairros para realizarem a “obra” de evangelização com os professores das respectivas classes, alguns pais e alguns instrumentistas (obrigados a participarem) param em certos pontos para distribuírem os folhetos da evangelização e cantar o fio de escarlate.
    Participei diversas vezes destes eventos inúteis e confesso que ia por livre e espontânea pressão, assim como os demais. Muitos até faltavam ao culto nestes dias justamente para não participar.
    Revelação do sinhô?
    Aff!!
    .
    .
    Acessem.
    http://www.cavaleiro-veloz.com
    https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz?fref=ts
    https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz

    Divulguem
    http://testemunhosderetirantes.wordpress.com/

    Enviem email’s aos amigos.

    Façam cópias dos artigos e distribuam aos membros
    http://cavaleiroveloz.wordpress.com/

    Leiam os testemunhos de retirantes
    http://testemunhosderetirantes.wordpress.com/

    Sigam no Twitter
    https://www.twitter.com/cavaleiroveloz2
    http://cavaleiroveloz.tumblr.com

    Sigam as instruções em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-quem-possa-interessar/ e DENUNCIEM.

    CV.

  21. Firme nas promessas disse:

    Boa noite igreja de Deus

    Hoje, conversando com uma senhora que está visitando a icm ( anos já) pude constatar que muitos estão completamente fora do assunto. E não foi muito longe do ninho da (c)obra não! Ali em Tabuzeiro, Vitória.
    Esta pessoa trabalha com vendas de roupas e tem curso superior.
    Ao abordar o assunto sobre a maranata, ela me perguntou se tudo é verdade mesmo. Disse estar como visitante ainda porque queria batizar, mas como precisa andar de moto por causa do trabalho, ainda usa calça e foi o suficiente para alegarem que “ainda não está preparada”. AFF!!
    O somostrô que ainda não era hora.
    Foi o minha deixa para prestar-lhe alguns esclarecimentos em relação a “obra”.
    Ela ouviu atentamente e ficou bastante interessada em saber mais.
    Me senti evangelizando…
    Falei mesmo!

  22. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Tudo que existe na obra do gedelti é pura invenção, mentira, plágio, heresias e etc….

    Deus nunca revelou nada para o gedelti e cupula, as circulares eram ordenadas pelo gedelti, pior é que tem gente que ainda acredita nestas circulares do conselho presbiterial a mando do Vértice da Piramide do Crime (gedelti).

    Esta seita viveu da mentira, vive da mentira e continuará com mentiras!

    Quem tem juízo saia logo deste hospício!

    Mas que encrenca é esta tal de seita maranata.

  23. Firme nas promessas disse:

    Concordo plenamente com o senhor Pastor Eduardo Gil
    Lembro bem que para tudo o que fôssemos fazer, alguém já dizia:

    ” Qual orientação do pes sobre isso?”
    “Isso não pode. Orientação do pes!”

    Como diz o CV: ” Eles mentem uns para os outros, mentem para si mesmos, mentem para a igreja, mentem para Deus e para o Diabo e não deixam de repetir mentiras para não esquecerem quem mentiram..”
    E assim segue a vida dos pobres formatados, iludidos com as profetadas da falsa unção.
    Uma coisa é certa: Milhares de retirantes enchem as estradas e neste exato momento muitos estão desfrutando do domingo com a família.
    Paz

  24. patricia disse:

    Bando de mentirosos! Seita da mentira!

    Lendo o blog da cavaleira da verdade, deparei-me com o relato da experiência do pastor, o qual o Senhor lhe inspirou o hino : Em fervente oração! Pura mentira, pois como a cavaleira disse é hino da Harpa Cristã. Como podem pregar tanta mentira assim minha gente?

    Lembram dos hinos, Ao orarmos Senhor, Glórias pra sempre ao Cordeiro de Deus, Cristo é meu, sim Cristo é meu, Nas estrelas vejo a sua mão e muitos outros… são dos Vencedores por Cristo, 1977; e falam que são hinos revelados da Obra!

    Pura mentira, buscaram hinos de outros grupos e dos hinários e dizem que “são da obra”. Bando de pinóquios, mentirosos, copiadores, invejosos!

    Já que a tal oubra é filha única, deveriam tirar das coletâneas hinos do hinário e dos Vencedores por Cristo, ficando somente os “revelados” de gedelti e da senhoura sara.

    E vocês membros, parados, bonecos de oubra, vão continuar acreditando nessas baboseiras? O grande problema, é que a “obra se renova a cada dia”, quero dizer, entra gente e sai gente e os pobres novatos, não conhecem a música clássica cristã brasileira, e acabam achando que toda mentira contada por eles é verdade.

    Hipócritas!

  25. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Eles são tão mentirosos, que as vezes contam experiências que quem teve foi servos de outras denominações, e não da seita.

    Pegam louvores da Harpa Cristã da Assembléia de Deus, e do Cantor Cristão da Batista e chegam a altera a letra. Bando de mentirosos…

    A máscara caiu gedelti e seus comparsas…

    Tsunamis a vista!!!

  26. Firme nas promessas disse:

    Bom dia Igreja de Deus

    CV

    Sobre os grupos de assistência (GA) que foram criados para que, supostamente, ficasse melhor a assistência dentro das UL, na verdade se tornou motivo de disputas para ver quem era o melhor no negócio de pescaria.

    Na UL frequentava eram 4 grupos onde um diácono ficava responsável e seus obreiros auxiliares. O diácono deixava que os obreiros fizessem o trabalho mais difícil, enquanto eles davam uma de pastores dentro dos grupos, decidindo as atividades que seriam realizadas na semana.

    A pescaria funcionava assim:

    Ao chegar uma pessoa nova (visitante), logo os grupos se alvoroçavam para sentar perto, oferecer a coletânea e a Bíblia (quando ainda não existia o xatélite). Quem conseguisse chegar primeiro pescava aquele peixe.

    As visitas eram feitas somente aos membros do próprio grupo. Se o integrante de um grupo fosse em alguma visita de outro, era chamado atenção.

    Lembro do caso de uma irmã que chegou já doente de câncer e ficou no grupo em que eu fazia parte. Durante seu restante de vida, o único grupo que a visitava era o nosso pois os outros alegavam que não tinham obrigação de visita-la.

    Limpeza da unidade só do grupo do dia. Caso não pudesse ser feita, ficava suja e nem os papéis do banheiro eram tirados, só para mostrar que o grupo do dia foi incompetente e aproveitavam do momento para falar em reunião sobre o ocorrido, fazendo o grupo “incompetente” se achar mesmo incompetente.

    O negócio era mostrar quem era o melhor.

    Até mesmo ficam sem falar uns com os outros caso alguém “pesque o peixe do seu aquário”.

    Que obra maravilhosa!
    .
    .
    Olá, Firme nas promessas,

    Esta postagem é reveladora e, se não me falha a memória, é a primeira a abrir esta caixinha de surpresas… aliás, o gedeltismo nos surpreende … com feridas, algumas incuráveis…

    Gostaria que outros irmãos nos contassem algo dessas disputas internas em GA – grupo de assistência – de outras regiões.

    CV.

  27. pr..eduardo gil vasconcellos disse:

    Teve uma irmã que participava do Grupo de Assistência na unidade local (UL) da cidade do Rio Grande-RS. Por ser pequena cada grupo ficava responsável por 3 meses para limpar a unidade local, pois tinha só 2 grupos de assistência.

    Houve uma troca de membros de um grupo para outro e esta irmã que já tinha participado da limpeza da unidade local por 3 meses, mudou para o outro grupo e ficou mais 3 meses limpando a unidade local, somando 6 meses consecutivos.

    Na verdade estes grupos de Assistência foram criados para manutenção da UL e aliviaR o caixa da mesma, pois cada grupo compravam todo material de limpeza, e tinham que abrir as UL quando estavam responsáveis; enquanto gedelti e sua turma enchiam os bolsos a custa do trabalho escravo da membresia.

    E alguns meia-solas perseguiam quem era membro da seita, e não participava do GA.

    Mas que seita exploradora.

  28. VOZ DO VALE disse:

    Aqui no vale do aço em Minas os G.A´s não são usados mais para oração das necessidades dos irmão, são usados somente para fazer cota para enviar os irmãos para o maanain. Cada responsável por grupo de assistência tem que mandar pelo menos 3 participantes para os encontros e seminários, senão é chamado atenção pelo pastor da UL que também é chamado atenção pelo coordenador XERIFE cobrando dizendo que faça chuva ou faça sol todas as igrejas tem que mandar pelo menos 10 participantes para os eventos do maanain.

  29. Firme nas promessas disse:

    Boa tarde Igreja de Deus

    Dentro de cada GA são gerados os diáconos e ungidos.
    O que acontece é que cada um corre para conseguir aparecer como o melhor, para assim merecer ser condecorado como diácono ou ungido.

    Ordens são dadas e devem ser obedecidas: cada GA tem obrigação de crescer em número e apresentar nomes no dia do batismo.
    O censo que é feito não condiz com a realidade.
    Pessoas que saíram , que se mudaram ou que morreram,pessoas que ainda nem se decidiram a ficar na maranata, estão na lista de membros dos grupos e assim quando é feito o censo e enviado ao pes, constará como se o GA estivesse crescendo.

    Diáconos responsáveis pelos grupos ficam enciumados quando alguma ovelha busca ajuda em outro grupo ou até mesmo pede para mudar de grupo. São capazes de brigar uns com os outros por causa disso.

    To fora!

  30. patricia disse:

    Tudo ali na icm é feito por disputas, VEJAM SÓ:

    * grupos de louvor: Conflitos constantes para ver quem canta melhor, ser for um irmão(a)mais humilde, é carta fora do baralho.

    * grupo de bairros ou GA: Conflitos entre obreiros e diáconos para fazer n° no grupo, inclusive quando tem grande evangelização, a disputa é pior, pois os membros são muito cobrados para levar um visitante, sob pena de serem humilhados e serem taxados de preguiçosos e não valentes.

    * roupas: Conflitos principalmente entre as irmãs, que tem a obrigação de trajar melhor do que a outra. Aqui em Timóteo MG, o negócio é feio mesmo, já presenciei briga de instrumentistas que quase se pegaram dentro do culto por causa de um modelo de vestido. As mais pobres tem que parecer ricas, se não, não será aceita no grupo, pelos rapazes então…..nem se fala.

    * cabelos: conflitos principalmente entre as irmãs, aquelas que tem um cabelo ruim, digo, mais seco, sofrem muito, pois não será bem vinda na seita irmã que não tenha um cabelo lisinho, e se for seco, é obrigatório o uso de chapinha.

    * madrugadas: Quanto mais madrugadas o indivíduo fizer, mais santarrão será.

    * Carros: Conflitos entre os irmãos para mostrar quem possui o modelo tal do ano tal. Se o membro exibir um carrão, este será bem vindo, não importando a sua conduta diante da sociedade. lembro-me de certa vez, quando a minha família pertencia aquele lugar, meu pai possuía um opala, e o pastor nunca tinha conversado com ele, meu pai trocou o carro e pegou um mais novinho (Monza), aí o pastor veio puxar assunto com ele.

    * Relacionamentos: Conflitos entre as jovens para ver quem conseguirá namorar o filho do pastor, ou um jovem tipo o “cara”.

    * Dons: a busca desenfreada para possuir dons, é para mostrar quem é mais santo. Quanto mais dons, mais chances de pertencer à elite e possuir regalias.

    * Lares completos: Se a família toda não for da icm, o lar da pessoa é considerado incompleto, poder ser de outra igreja, mesmo assim consideram incompleto, pois afinal, a obra é filho único. De vez em quando recebia oração para Deus completar o meu lar, no final da oração não cansava de dizer meu lar é todo evangélico.

    Ufa……. é tanta coisa….. tantos absurdos, e ainda tem coragem de bater no peito e dizer: a obra é a igreja fiel!

    Hipocrisia pura!

  31. A.Marques disse:

    Quando entrei na ICM, Igreja Cristã Maranata, eu aprendi que estava na obra de Deus. Daí, passei a ser fiel, a sentir-me privilegiada por pertencer a este grupo escolhido por Deus, a sentir orgulho da obra e a levar tudo com muita seriedade e obediência para me apresentar agradável a Deus.

    Durante 30 anos, permaneci fiel à obra, fui aceitando tudo, sem questionar, porque a lição número um foi de que o mundo ensina o ABC e na obra aprendemos a OBDC.

    A segunda lição foi o jargão “misericórdia”. Era bonitinho ver todos dizerem “misericórdia”, é como o “uai” do mineiro, funciona para um monte de coisa, achei legal e aderi a expressão ao meu vocabulário!

    Depois, discretamente, eu fui proibida de usar calça comprida porque mulher não podia usar roupas de homem. Então, assim como o homem não usava saia e nem vestido, eu não poderia usar calça comprida. Short e bermuda dispensam explicações, não mesmo. Em nossa cultura, a calça é unissex, assim como na cultura escocesa o homem usa saia. Achei estranho, mas aceitei.

    Na época, oraram pelo meu violão, consagrando-o a Deus. A partir de então, só era permitido tocar louvores da igreja nele. Era estranho consagrar o instrumento e não a minha vida, mas aceitei. Após uns anos, acabaram com isso.

    Depois teve uma orientação que todo instrumentista deveria fazer um jejum de 17:00 horas até após o culto, toda vez que fosse tocar na igreja. Como eu tocava todos os dias, vivia de jejum. Achei estranho porque virou rotina, mas aceitei.

    Ensinaram-me a jejuar todo domingo a favor da obra, de 00:00 horas do sábado, às 09:00 horas da manhã do domingo, “até Jesus voltar”. Muito tempo, virou costume mesmo, nem era mais jejum, eu apenas acordava, ia para a igreja e tomava café na volta. Coisa de maluco, mas aceitei.

    Disseram que Deus revelou que queria as reuniões das senhoras sempre no horário das 15:00 horas, porque foi nesse horário que Jesus morreu e era nessa hora que Deus falaria com as senhoras. Loucura, mas depois de aprendida a primeira lição, OBDC, a gente deixa de pensar.

    Participei de um monte em que foi revelado para que as mulheres deixassem suas bijuterias lá em cima. Abriram um buraco no chão e enterraram todas. Disseram que Deus mostrou que só era permitido usar ouro ou prata, porque representam poder e redenção. Explicaram que a bijuteria era imitação e Deus não aceita imitação porque é falso. Mais uma maluquice, ninguém questionou.

    Lembro-me de outro monte no maanaim em que as irmãs enterraram suas jóias porque Deus havia revelado que era vaidade e que nosso tesouro é apenas o Senhor. Isso foi final da década de 70. Tem uma senhora da igreja que ainda chora um anel precioso que foi herança de sua mãe e que ela deixou enterrado no monte do maanaim.

    Tem a regrinha de que, ao iniciar o culto, quando o pastor cumprimenta a igreja e pede para ficarem de joelhos para fazerem um clamor, ninguém pode andar mais. Se você estiver na porta da igreja ou corredor, deve ajoelhar-se ali mesmo, só depois do clamor você poderá procurar um lugar para se assentar. Essa regra é das boas. A igreja adora. Parece que Deus chegou ali naquele momento e todos ficam imóveis. Até parece que, antes do clamor, Deus estava ausente, porque a falação é de quem está em praça pública. Os maranatas criticam os pentecostais por glorificarem em voz alta. Mas na Maranata, antes do culto é uma barulheira tremenda de tanto que conversam em voz alta, mas quando o culto se inicia, ficam todos caladinhos, nada de glorificarem. É uma questão de usar a voz alta de modo diferente dentro da igreja: pentecostais usam para glorificar e maranatas para conversar.

    Para amenizar a falação alta dentro da igreja Maranata, houve uma orientação para que os instrumentistas ficassem tocando antes do culto para criar um ambiente solene. Só que os instrumentistas passaram a tocar alto para abafar as vozes empolgadas nos bate-papos. E claro, tocavam mais alto e as pessoas conversavam mais alto para se ouvirem. Daí, a orientação passou a ser para que tocassem cada vez mais baixo para que as pessoas abaixassem a voz. Não adiantou. As pessoas continuavam conversando e os instrumentistas ficavam perdidos. Atualmente, ou os instrumentistas rendem-se à conversa também, ou cantam irritadíssimos para vencerem o barulho da igreja. Pronto, virou bagunça.

    São muitas orientações, revelações, infinitas regrinhas. Dizem que tudo é revelado por Deus. Os olhinhos do povo até brilham para receberem regrinhas novas do presbitério. Acostumaram à dependência, gostam de ser dominados, como animais adestrados e não caminham sozinhos mais. Passaram a amar o bandido do presbitério que os aprisionam nesse cativeiro, acreditam que o fardo que colocam sobre os membros vem de Deus, através do mediador presbitério. Só que as revelações mudam sempre. O que hoje é certo, amanhã vira errado. Quão indeciso é esse “deus da maranata”!

    Quando entrei para a ICM, mulher dirigia louvor. Não usavam bijuterias, apenas pequenas peças discretas, não passavam esmaltes escuros e nem maquiagens fortes, batons eram os mais clarinhos, um brilho nos lábios, hoje, “misericórdia”! O que antes era pecado, agora é praticado com abuso. Basta visitar o facebook dos membros.

    Eu fui me envolvendo na obra, cercando-me de regrinhas e afastando-me da família, dos amigos, da vida. Quando acordei, havia me tornado uma pessoa que foi enganada por 30 anos. Vi tantos crimes e pecados que fiquei espantada. Não digo que a igreja tem que ser perfeita. Sabemos que igreja perfeita não existe. Os “membros” podem cometer falhas sim, arrepender, deixar de pecar, e o sangue de Jesus purifica de todo pecado.

    Refiro-me ao “sistema maranata”, ao “presbitério”, responsável por dirigir a ICM, que dominam toda a doutrina. O presidente e demais administradores do presbitério dizem para a igreja que fazem tudo segundo as revelações de Deus. Mas foram presos, processados, desviaram milhões de dízimos, cometeram adultério e muito mais. Cobraram santidade da igreja, excluíram membros, humilharam pessoas, destruíram muitas vidas, e no final, mostraram que não fazem o que ensinam. Heresias, manipulação, mentiras, pecados e crimes não faltam na vida dos administradores e fundadores da igreja.

    Sob essa direção eu não fiquei. Saí. Sou um ser pensante, e escolhi ser fiel somente a Deus. Não vou seguir a esses homens. Jamais poderei aceitar e conviver com o pecado, permanecendo na omissão. Quando se tem comunhão com Deus, não há espaço para heresias, mentiras, pecados, frutos das trevas. Saí da Igreja Cristã Maranata!

    Valorize o que Jesus fez por você e tudo que ele deixou escrito na Bíblia para que seguíssemos. Pare e pense. Você não pode mudar a igreja. Esta igreja foi fundada por uma família que não está disposta a mudar. O dono não é Deus. O Espírito Santo não tem espaço na ICM, ele foi substituído por uma marqueteira.

    Acorda! Valorize as escrituras, valorize sua mente, a capacidade que Deus lhe deu de pensar. Não seja fiel à placa. Seja fiel a Deus que tem prazer em lhe abençoar e libertar desse engano para que você viva na sua presença e desfrute da vida, do amor e da salvação de Deus!

    Colaboração enviada inbox

    http://obramaranatarevelada.wordpress.com/2014/03/31/seita-igreja-crista-maranata-quando-entrei-na-icm-igreja-crista-maranata-eu-aprendi-que-estava-na-obra-de-deus-dai-passei-a-ser-fiel-a-sentir-me-privilegiada-por-pertencer-a-este-grupo-escolhid/

  32. Firme nas promessas disse:

    Boa tarde Igreja de Deus

    Quero compartilhar a bênção que está sendo participar de uma EBD onde realmente aprendemos na Palavra.

    Hoje a lição abordou os Dons de Elocução que abrange a Profecia, Variedade de Línguas e Interpretação e pude ver o quão distante estava desta verdade.

    Os dons tem o propósito de edificar, exortar e consolar a igreja de Cristo e não de aterrorizar, humilhar e até manipular os crentes em Jesus, como ainda acontece dentro da icm.

    Quanto disparate e profetadas nesse ninho onde o uso do Dom de Profecias é para o deleite e elogios da elite; mas quando se trata de um dos pobres é usado para castigar, humilhar até publicamente.

    Têm até o profeta oficial da oubra, porém, o que se nota é que em cada UL (unidade local) têm seu particular. Elegem este profeta e o tornam conhecido como sendo algo de extraordinário; mas a enganação corre como enxurrada em dias de tempestade.

    Falsas profecias foram e têm sido entregues nas UL’s, e os que as tomaram com sendo verdade foram gravemente prejudicados e as consequências desastrosas.

    O grande erro é que não há o criterioso julgamento do dom, como o Espírito de Jesus exige (a Bíblia é clara) e se aceita tudo passivamente. (I Co 14:29)

    Graça e Paz

  33. Mariana Pereira disse:

    A nossa cultura diz-nos que maior é melhor. Mas no reino de Deus, menos é muitas vezes mais.
    Não há nada mais desanimador para um pregador do que ver lugares vazios numa reunião de igreja. Eu vou ser sincero, eu gosto de reuniões onde é preciso ir buscar cadeiras extras e colocar as pessoas nos corredores. Porquê? Porque eu assumo que se a bênção de Deus está na reunião, então ela vai estar cheia. Eu gosto de números porque no meu pensamento carnal as multidões têm mais impacto.

    Leia mais
    http://www.somosigreja.org/2013/04/pare-de-tentar-ser-grande-seja-fiel/

  34. Mariana Pereira disse:

    Igreja:

    Graça e Paz!

    Esses dias estávamos no culto na igreja que agora aderimos após 1 ano e meio de saída da ICM.

    Igreja um pouco mais séria, um dos pontos que observo hoje se a igreja presta conta dos dízimos e se ela é envolvida com missões, se não pautar este dois pontos, pode correr porque não tem comprometimento com o evangelho de Cristo.

    Pois bem estava com meus olhos fechados, meu marido no púlpito pregando.

    Só senti uma mão no mão ombro, um casal amigo da ICM, quando pensa que não comecei a contar, foi chegando 1, 4, 7,9,12 16 irmãos da ICM, assustei!

    Após o apelo, termino do culto, meu esposo e eu fomos ao encontro dos irmãos nos abraçamos e choramos.

    Irmãos feridos, machucados, cansados, um casal divorciado ( filha de ” Ungido ” ) naquela noite SAIRAM CASADOS NOVAMENTE.

    Na ICM um pastor decretou que a separação deles ja estava certa… repreendemos a maldição lançada.

    O Senhor restaurou, está restaurando…

    Um passo de cada vez é o nosso lema neste processo de desintoxicação.

    Os irmãos da ICM, lugar que vivemos por tantos anos poderiam fazer um QC ( quadro comparativo ) fazer um teste e ver que o falamos e vivemos hoje é verdadeiramente um evangelho de vida, sem peso, sem cobranças, sem o medo, sem sentimento de culpa, sem correria de ir para “culto profético”, sem ver os filhos crescerem, sem ver também ficar sem nossos maridos, hoje a ordem na nossa escala de valores é outra.

    Uma liberdade em Cristo, mas com responsabilidade, amor e a busca constante de estarmos preparados para o Grande Dia do Senhor!

    Dos 16, 12 estão conosco se reestruturando a cada dia.

    “Quando o Senhor restaurou nossa sorte ficamos como quem sonha. A nossa boca se encheu de riso”

    Amém!
    .
    .
    Amados,

    Eu não consigo imaginar as dores que cada um enfrentou debaixo desse jugo mortal e patético enquanto prisioneiros; nem as guerras que muitos retirantes ainda sofrem dentro de suas almas desde o momento de repúdio e rompimento do sistema.

    Ficar é morrer de medo. No escuro! Fugir da casa mal assombrada é preciso. Pulando as cercas e os muros. Quebrando as trancas! http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2014/01/entrelaces/

    Grupos em Facebook

    https://www.facebook.com/velozcavaleiro?fref=ts
    Cavaleiro Veloz – Comunidade

    https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz?fref=ts
    Compromisso com a Verdade

    https://www.facebook.com/groups/retirante/?fref=ts
    Retirantes em Crise

    CV. “O SENHOR é minha bandeira.”

  35. David disse:

    Desintoxicação mental e espiritual! Esse deve ser o primeiro objetivo dos retirantes desse sistema religioso terrível (ICM-PES). Graças a Deus, eu e minha família já estamos desintoxicados e procurando entender e viver o Evangelho verdadeiro. Minha oração ao nosso Deus é que todos possam ser libertos de toda opressão gerada por tantas mentiras e heresias ouvidas e vividas naquele lugar. Que Deus abençoe a todos nós, hoje e sempre!
    .
    .
    Davi, meu amigo e irmão.

    A APOSTASIA da Maranata é bem específica e a falsa unção garante as meias verdades em que os Judas e maus pastores vivem. O falso profetismo prevalece ai daquele que questionar. Por exemplo: o artigo O CLAMOR É PÚBLICO foi resp0ndido? Apesar de estar publicado há mais de 2 (dois) anos desconheço resposta.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

    A ideologia Obra como forma de vida (leia-se: gedeltismo monárquico e pseudocarismático) encurralou a Maranata em um BECO SEM SAÍDA. Denúncia chega a 3 (três) anos. Denunciei e os fatos estão ai
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/08/beco-sem-saida/

    Nada obstante, apesar desse ambiente eclesiástico de ameaças, de cambalachos, de corporativismo, de falsos dons, de fisiologismo político e em especial: de instigação ao ódio religioso; o Espírito de Deus garante LIVRAMENTO INDIVIDUAL, pois está escrito (1 Co. 10.13 – ênfase nossa):

    “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.”

    Retorno ao testemunho que nos lembra da necessidade de petições coerentes: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/03/testemunhos-dos-libertos-da-gaiola/comment-page-1/#comment-11176

    Sei de algo que estremece: honra, verdade e vergonha interessam aos até aos não crentes, ou seja, “os de fora”.

    Verdadeiramente, a Maranata precisa de homens e mulheres que queiram a verdade; mas se alguém procura descobre que neste beco sem saída a honra, verdade e vergonha estão em falta…

    Grupos em Facebook

    https://www.facebook.com/velozcavaleiro?fref=ts
    Cavaleiro Veloz – Comunidade

    https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz?fref=ts
    Compromisso com a Verdade

    https://www.facebook.com/groups/retirante/?fref=ts
    Retirantes em Crise

    CV. “O SENHOR é minha bandeira.”

  36. pr. Eduardo Gil disse:

    Isaías 5:13
    Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede.

    Essa palavra é bem atual para a membresia da seita Maranata, e seus lideres.
    Os pastores não tem nada para oferecer, e a membresia por esta causa estão com sede da Palavra de Deus e se tornaram cativos(prisioneiros, escravos)das heresias, profetadas, mentiras etc…
    Estão sendo levados, conduzidos, mas não pelo Espirito Santo para a idolatria da placa,e se tornaram uma presa fácil.

    Que Deus cheio de Misericórdia liberte muitos da seita, para viverem o verdadeiro Evangelho de Cristo.

  37. Mariana Pereira disse:

    Os passos para sair da caixa da caixa da religiosidade.
    by arao.guerreiro

    Quase todo o ministério do livro de Actos ocorreu fora das reuniões da igreja. Então, porque esconder a nossa mensagem dentro de um prédio?
    Sempre que visito o meu amigo Lewis Lee, um pastor em Baltimore, eu acabo nas ruas. Isto porque o Lewis nunca se contenta em manter a sua congregação enfiada dentro do edifício da igreja. Todos os meses, ele leva-os ao centro para alimentar as pessoas que vivem na rua e num parque perto da Universidade Johns Hopkins. Nos dias quentes de verão ele leva equipas para os piores bairros da cidade para orar pelas pessoas, compartilhar o evangelho e distribuir garrafas de água.

    Leia mais

    Extraído do site:
    somosigreja.org

    J. LEE GRADY foi editor da revista Charisma e é o director do Projecto Mordecai (themordecaiproject.org). Podes segui-lo no Twitter em leegrady.
    Artigo original em 6 Steps Out of Your Religious Box.

  38. Mariana Pereira disse:

    CV e aos irmãos:
    Graça e Paz!

    Quanto tempo CV…

    Abaixo o link de um
    excelente texto publicado pelo Rev. Augustus

    http://tempora-mores.blogspot.com.br/2013/04/como-assim-nao-toqueis-no-ungido-do.html

    Como assim, “não toqueis no ungido do Senhor…”?!

    Há várias passagens na Bíblia onde aparecem expressões iguais ou semelhantes a estas do título desta postagem:
    A ninguém permitiu que os oprimisse; antes, por amor deles, repreendeu a reis, dizendo: Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas (1Cr 16:21-22; cf. Sl 105:15).
    Todavia, a passagem mais conhecida é aquela em que Davi, sendo pressionado pelos seus homens para aproveitar a oportunidade de matar Saul na caverna, respondeu: “O Senhor me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, isto é, que eu estenda a mão contra ele [Saul], pois é o ungido do Senhor” (1Sm 24:6).

    Noutra ocasião, Davi impediu com o mesmo argumento que Abisai, seu homem de confiança, matasse Saul, que dormia tranquilamente ao relento: “Não o mates, pois quem haverá que estenda a mão contra o ungido do Senhor e fique inocente?” (1Sm 26:9). Davi de tal forma respeitava Saul, como ungido do Senhor, que não perdoou o homem que o matou: “Como não temeste estender a mão para matares o ungido do Senhor?” (2Sm 1:14).

    Esta relutância de Davi em matar Saul por ser ele o ungido do Senhor tem sido interpretado por muitos evangélicos como um princípio bíblico referente aos pastores e líderes a ser observado em nossos dias, nas igrejas cristãs. Para eles, uma vez que os pastores, bispos e apóstolos são os ungidos do Senhor, não se pode levantar a mão contra eles, isto é, não se pode acusa-los, contraditá-los, questioná-los, criticá-los e muito menos mover-se qualquer ação contrária a eles. A unção do Senhor funcionaria como uma espécie de proteção e imunidade dada por Deus aos seus ungidos. Ir contra eles seria ir contra o próprio Deus.

    Mas, será que é isto mesmo que a Bíblia ensina?

    A expressão “ungido do Senhor” usada na Bíblia em referência aos reis de Israel se deve ao fato de que os mesmos eram oficialmente escolhidos e designados por Deus para ocupar o cargo mediante a unção feita por um juiz ou profeta. Na ocasião, era derramado óleo sobre sua cabeça para separá-lo para o cargo. Foi o que Samuel fez com Saul (1Sam 10:1) e depois com Davi (1Sam 16:13).

    A razão pela qual Davi não queria matar Saul era porque reconhecia que ele, mesmo de forma indigna, ocupava um cargo designado por Deus. Davi não queria ser culpado de matar aquele que havia recebido a unção real.

    Mas, o que não se pode ignorar é que este respeito pela vida do rei não impediu Davi de confrontar Saul e acusá-lo de injustiça e perversidade em persegui-lo sem causa (1Sam 24:15). Davi não iria matá-lo, mas invocou a Deus como juiz contra Saul, diante de todo o exército de Israel, e pediu abertamente a Deus que castigasse Saul, vingando a ele, Davi (1Sam 24:12). Davi também dizia a seus aliados que a hora de Saul estava por chegar, quando o próprio Deus haveria de matá-lo por seus pecados (1Sam 26:9-10).

    O Salmo 18 é atribuído a Davi, que o teria composto “no dia em que o Senhor o livrou de todos os seus inimigos e das mãos de Saul”. Não podemos ter plena certeza da veracidade deste cabeçalho, mas existe a grande possibilidade de que reflita o exato momento histórico em que foi composto. Sendo assim, o que vemos é Davi compondo um salmo de gratidão a Deus por tê-lo livrado do “homem violento” (Sl 18:48), por ter tomado vingança dos que o perseguiam (Sl 18:47).

    Em resumo, Davi não queria ser aquele que haveria de matar o ímpio rei Saul pelo fato do mesmo ter sido ungido com óleo pelo profeta Samuel para ser rei de Israel. Isto, todavia, não impediu Davi de enfrentá-lo, confrontá-lo, invocar o juízo e a vingança de Deus contra ele, e entregá-lo nas mãos do Senhor para que ao seu tempo o castigasse devidamente por seus pecados.

    O que não entendo é como, então, alguém pode tomar a história de Davi se recusando a matar Saul, por ser o ungido do Senhor, como base para este estranho conceito de que não se pode questionar, confrontar, contraditar, discordar e mesmo enfrentar com firmeza pessoas que ocupam posição de autoridade nas igrejas quando os mesmos se tornam repreensíveis na doutrina e na prática.

    Não há dúvida que nossos líderes espirituais merecem todo nosso respeito e confiança, e que devemos acatar a autoridade deles – enquanto, é claro, eles estiverem submissos à Palavra de Deus, pregando a verdade e andando de maneira digna, honesta e verdadeira. Quando se tornam repreensíveis, devem ser corrigidos e admoestados. Paulo orienta Timóteo da seguinte maneira, no caso de presbíteros (bispos/pastores) que errarem:
    “Não aceites denúncia contra presbítero, senão exclusivamente sob o depoimento de duas ou três testemunhas. Quanto aos que vivem no pecado, repreende-os na presença de todos, para que também os demais temam” (1Tim 5:19-20).

    Os “que vivem no pecado”, pelo contexto, é uma referência aos presbíteros mencionados no versículo anterior. Os mesmos devem ser repreendidos publicamente.

    Mas, o que impressiona mesmo é a seguinte constatação. Nunca os apóstolos de Jesus Cristo apelaram para a “imunidade da unção” quando foram acusados, perseguidos e vilipendiados pelos próprios crentes. O melhor exemplo é o do próprio apóstolo Paulo, ungido por Deus para ser apóstolo dos gentios. Quantos sofrimentos ele não passou às mãos dos crentes da igreja de Corinto, seus próprios filhos na fé! Reproduzo apenas uma passagem de sua primeira carta a eles, onde ele revela toda a ironia, veneno, maldade e sarcasmo com que os coríntios o tratavam:
    “Já estais fartos, já estais ricos; chegastes a reinar sem nós; sim, tomara reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco.
    Porque a mim me parece que Deus nos pôs a nós, os apóstolos, em último lugar, como se fôssemos condenados à morte; porque nos tornamos espetáculo ao mundo, tanto a anjos, como a homens.
    Nós somos loucos por causa de Cristo, e vós, sábios em Cristo; nós, fracos, e vós, fortes; vós, nobres, e nós, desprezíveis.
    Até à presente hora, sofremos fome, e sede, e nudez; e somos esbofeteados, e não temos morada certa, e nos afadigamos, trabalhando com as nossas próprias mãos. Quando somos injuriados, bendizemos; quando perseguidos, suportamos; quando caluniados, procuramos conciliação; até agora, temos chegado a ser considerados lixo do mundo, escória de todos.
    Não vos escrevo estas coisas para vos envergonhar; pelo contrário, para vos admoestar como a filhos meus amados. Porque, ainda que tivésseis milhares de preceptores em Cristo, não teríeis, contudo, muitos pais; pois eu, pelo evangelho, vos gerei em Cristo Jesus. Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores” (1Cor 4:8-17).
    Por que é que eu não encontro nesta queixa de Paulo a repreensão, “como vocês ousam se levantar contra o ungido do Senhor?” Homens de Deus, os verdadeiros ungidos por Ele para o trabalho pastoral, não respondem às discordâncias, críticas e questionamentos calando a boca das ovelhas com “não me toque que sou ungido do Senhor,” mas com trabalho, argumentos, verdade e sinceridade.

    “Não toque no ungido do Senhor” é apelação de quem não tem nem argumento e nem exemplo para dar como resposta.

  39. Cavaleiro Veloz disse:

    Ainda comentando

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/meia-verdade-e-uma-mentira-inteira/comment-page-1/#comment-523

    Cuida-se do EDITAL de 25 de novembro de 2011, convocando os pastores (leia-se representantes de interesses do Presbitério) para participarem da ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA e EXTRAORDINÁRIA em dias de 10/12/2011, no Maanaim de Cariacica – ES com pauta prevista.

    Deixei dois artigos, datados de 11.11.2011 e 19.11.2011, respectivamente.

    Dias depois, em 06.12.2011 publiquei http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/e-o-que-faltava-o-voto-de-cabresto/ destacando-se a manipulação a qualquer custo.

    Esse é o coração do gedeltismo.

    Interesses inconfessáveis estão em curso. Notem as datas dos artigos e a DENÚNCIA DA FARSA. Ao leitor interessado em conhecer a Maranata… por dento, convém acessar e ler o artigo inclusive as postagens.

    Leonídio Dohler e Marcos Picone convocaram os pastores para apoio espontâneo e solidário ao líder e mestre religioso

    “No dia 29 de novembro de 2012 reuniram-se os pastores da região de Belo Horizonte – MG, da Igreja Cristã Maranata, Presbitério Espírito Santense que representam 350 igrejas, num total aproximado de 30 mil membros, para manifesto espontâneo e solidário ao Presidente do PES, Gedelti Victalino Teixeira Gueiros. ” (…)

    https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2012/12/09/igreja-crista-maranata-pastores-como-fazem-manifesto-de-apoio-para-aquele-que-mantem-voces-com-cabresto-que-grita-com-voces-e-os-humilha/manifesto-de-apoio-e-solidariedade-ao-presidente-da-icm-pes-1/

    Logo o jogo de cintura foi espalhado

    http://www.radiomaanaim.com.br/noticias.asp?tit=Nosso%20povo%20continua%20expressando%20sua%20solidariedade%20ao%20Pastor%20Gedelti%20Victalino%20Teixeira%20Gueiros&id=133&cn=6

    Modalidades do desavergonhado e desgastado VOTO DE CABRESTO!!!

    O coração da corrupção deslavada está pulsando no palácio da rainha desfigurada, onde nada existe de ética cristã, nem interesse no bem da Instituição, nem moralidade, nem preservação dos interesses dos membros.

    O desonesto voto de cabresto, manipulado pelo dono da empresa no auge do orgulho religioso e sectário, mostra alguns lances da grosseira manipulação para que Gedelti mantenha o poder.

    O que esperar do despudor palaciano? Frutos podres abundantes e na mesma proporção com que as árvores da iniquidade foram plantadas.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/05/farsa-e-perplexidade/

    O que o palácio da rainha desfigurada não esperava era o escancarar do poço de iniquidades, restando ao dono da empresa o mergulho em sombras e vitupérios.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/06/fundador-da-igreja-maranata-e-detido-e-presbiterio-e-interditado-no-es/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2014/12/denuncia-recebida-indisponibilidade-dos-bens/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/09/mais-denuncias-envolvendo-pastores-da-maranata/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/maranata-19-denunciados-por-estelionato-formacao-de-quadrilha-e-duplicata-simulada/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/03/fase-da-cobranca-de-tributos/

    Os procedimentos Investigativos resultaram em DENÚNCIAS na Justiça (Cível Criminal). Como um bisturi cortando metástases cancerígenas a DENÚNCIA DE 08.05.2013 coloca o presidente da Instituição no vértice da pirâmide do crime em uma sofisticada organização criminosa.

    Os recursos ao TJ-ES, STJ e STF não mudaram a situação.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/negado-habeas-corpus-pelo-stf/

    Perplexidade!

    Que Obra Maravilhosa, hein Gedelti?!

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

    11:23 de 25.05.2016 atualização

  40. Pedro Henrique disse:

    Homossexualidade…

    Será que agora virou moda filhos de Prs da Maranata virarem Gay? Pelo menos na área de Cariacica (ES) tá uma febre… e olha que estão orando por essa turma hei?! (…)
    .
    .
    Diversas postagens neste Blog denunciam essa questão. Citarei apenas as que seguem:

    “Genézio está passando assuntos dos outros mas não vigia os Gays do chamado grupo de louvor da área de Viana.”

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/meia-verdade-e-uma-mentira-inteira/comment-page-2/#comment-8411

    “Me casei com um gay. A igreja e a família dele sabiam de tudo e me enganaram com falsas revelações. A mãe dele não o aceitava e o forçou a se casar de qualquer jeito. Todos me traíram e destruíram meus sonhos.”

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/03/testemunhos-dos-libertos-da-gaiola/comment-page-1/#comment-11317

    “conheço um irmão ia para grupo e uma mulher usou símbolos maçônicos para chamá-lo ao adultério; porem ele não entendeu. Ao sair ela o levou em casa ia ensina-lo melhor e agarrou este dava pinta de meio “gay” então era para confirmar se homem ou não (pois gay la não entra… dizem) vários gays trabalhando até em maanains…”

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/11/a-babilonia-prostituida/comment-page-9/#comment-14159

    ….

    Comportamento homossexual era de esperar nessa comunidade por diversas razões, entre elas:

    Ausência do pai-pastor dentro de casa

    Casamento arranjado e cônjuge enganado

    Falta de aconselhamento e adequada orientação pastoral

    Falta de arrependimento

    Filhos magoados com censuras do pai-pastor

    Homossexualidade enrustida

    Palavras duras lançadas contra adolescentes

    Pastor envolvido em relacionamento homossexual

    Pecado não confessado, etc.

    Resta lembrar que

    1) a Escritura Sagrada insiste em que a prática homossexual vai contra o padrão de Deus para a humanidade;

    2) absolutamente, não existe alguma maneira de associar a fé bíblica, cristã, com a identidade gay;

    3) homossexualismo é um comportamento;

    4) não existe ordem cromossômica homossexual;

    5) o cristianismo tem regras e princípios a serem seguidos

    6) os homossexuais podem mudar.

    “Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.” 1 Coríntios 6:10,11

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.