culto profético, mentiras e opressão

“Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja; mas que fareis ao fim disto?” (Jeremias 5:31).

  A entrada do convertido ao maranatismo entre os membros do culto profético parece o começo de crescimento na fé em Jesus, mas não é. Não mesmo! O neófito é impelido ao falso profetismo rebelde e sedutor.

Ambiente de engano acumulando erros notórios, onde inventam mentiras que causam culpas, dúvidas, mágoas, opressão, ressentimentos e sofrimentos em terceiros.

Diante do esperado – tenho um dom –, o dirigente conduz o clamor pelo sangue de Jesus (heresia papista) e a consulta direcionada e enganadora (bibliomancia), em cujas práticas o Nome do SENHOR é invocado. Então, conforme imagina em seu coração o dom inventado ganha foros de revelação. Evidentemente, nada é apresentado com base na “doutrina dos apóstolos” (At. 2.42) que exige fé do princípio ao fim (Rm. 1.6); e assim, a incredulidade aguarda o futuro juízo, porquanto está escrito (Êxodo 20: 7): “Não tomarás o nome do SENHOR, teu Deus, em vão, porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.”

Em defesa da Obra a elite da Instituição destaca o DOGMA ministério acima dos dons e noticia a existência de 5.000 igrejas da Obra no País e muitas outras no exterior debaixo mesmo poder religioso. Entendam: a Instituição insiste que este crescimento é Obra do Espírito Santo na Igreja Fiel que persevera na doutrina dos apóstolos e será arrebatada na quarta trombeta.

Imagine 5.000 igrejas comandadas por formatados levantados pastores em nome do Presbitério pseudocarismático, dominando a membresia com dons no modelo Obra como forma de vida em cada reunião, nas 7 reuniões  semanais. Não é difícil calcular os erros em um ano. O que temos?

28 reuniões por mês, vezes 12 meses > 336 reuniões por ano

5.000 igrejas vezes 336 reuniões > 1.680.000 dons errados por ano

Incorrigíveis e andando em círculos ao redor do Ídolo Obra, como sempre, diante dos erros e falsos dons dos levantados pastores representantes do Presbitério, o olhar caolho do mestre-profeta inventou mais uma heresia: aperfeiçoamento dos dons que faz questão de manter como mistério da Obra.

Incrível como o mestre-profeta da Maranata ensaia arranjos de alienação emocional e mental; e introjeta jargões do maranatês – linguagem pseudocarismática e viciada – na mente de cada levantado pastor que se presta a cumprir os interesses da oligarquia (e ai de quem não obedecer).

Lembrem-se: esses levantados pastores não podem ser questionados pelos membros, porque o Presbitério os declara “ungidos do Senhor”; e nos seminários da Obra os mestres insistem na prática dos dons nos cultos proféticos porque na Obra tudo é revelado e nada se faz, a não ser, por revelação.

Não adianta empurrar formatados idiotizados para o campo de batalhas em defesa da Instituição nascida em rebeldia. Eles aparecem desarmados e correm dos argumentos e dos FATOS.

Não duvidem: a decadência da Maranata é notória, as demandas judiciais expuseram o poço de iniquidades, o Conselho Presbiteral (gerado por voto de cabresto) se presta a elogiar Gedelti Gueiros e pasmem: o Presbitério não se sente culpado.

 

Ninguém prevalece com arrogâncias e falácias de falso profetismo, lançando pechas de caídos, endemoninhados, filhos do diabo, inimigos da Obra contra dissidentes que se refugiam nas Escrituras Sagradas. Porém, o falso profetismo – fruto da falsa unção – prevalece nos cultos proféticos.

O gedeltismo conseguiu construir a oligarquia (coisa de genro, esposa, sogro, cunhado, irmã, irmão, informantes, mercenários, profetas de plantão e sobrinhos); e fez o pior: centralizou a cobrança de dízimos on-line, estabeleceu o governo megalomaníaco, fechou os olhos ao desvio de dinheiro para os bolsos de mercenários, instigou o ódio religioso contra dissidentes e questionadores; e enquanto manipulava a membrezia com mistérios da Obra, profetadas, propaganda sediciosa e revelagens, oportunizou o leque de condutas ilícitas e penalmente puníveis investigados notoriamente pelos Órgãos Públicos: apropriação indébita, contrabando e/ou descaminho, desvio de dinheiro público, emissão de duplica sem lastro, estelionatos, evasão de divisas, formação de quadrilhas, lavagem de dinheiro e tráfico de influência, cuja liderança está envolvida em denúncias (cíveis e criminais) do Ministério Público.

O Ministério Público continua no percalço dos membros da banda podre enraizada na Igreja Cristã Maranata, na Fundação Manoel dos Passos Barros e até em pedacinhos dos céus conhecidos como Maanains; e consequentemente, a Receita Federal deu início à fase de cobrança de tributos da Instituição e de envolvidos nas maranacutaias palacianas, incluindo o dono da empresa ocupante do vértice da pirâmide do crime em uma sofisticada organização criminosa.

O ninho está sujo e os cultos proféticos acumulam sujeira.

O ódio é instigado e o pavor domina o rebanho.

https://vimeo.com/58854952

O povo está sendo envergonhado e a Sociedade quer respostas.

O problema do formatado é crer na crença do maioral da Maranata e fazer aquilo que ele manda: clamar pelo sangue de Jesus (heresia), consultar (bibliomancia), contribuir, correr para os seminários da Obra (pagando seguros de vida num amontoando de negócios nebulosos), frequentar o culto profético para crescer na Obra, nunca pedir transparência, obedecer sem questionar e prestar serviços voluntários. Mas isto é obra da carne, iniquidade e tropeço para si mesmo e a família.

Ora, se a Instituição passou a vivenciar um quadro de corrupção sistêmica sob o comando do palácio da rainha desfigurada com sede em Vila Velha-ES, por que nenhum culto profético denuncia?

Para um bom cego, formatado e idiotizado meia verdade serve.

Podemos endurecer o coração, fechar olhos e ouvidos à verdade, oprimir quem questione e recusar ouvir a palavra de Deus; mas tal rebeldia não mudará nem um “i” da verdade revelada. Por acaso, o Espírito de Cristo está presente em culto profético com clamor pelo sangue de Jesus e consulta enganadora gerando o falso profetismo e sofrimento em terceiros? “O que desvia os ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominável” (Provérbios 28:9).

Por que deixei crescer dentro de mim o mal que destruiu milhares de vidas? 

Por que será que, a duras penas, milhares de membros com 10, 20, 30 ou mais anos de casa optaram pelo rompimento com a Maranata?

Que Obra Maravilhosa, hein Gedelti?

Tanto o que conscientemente foi enganado e formatado, quanto o que o conduziu ao engano e formatação, arrependa-se, confesse os graves pecados e peça perdão a Deus. O apóstolo João escreveu para cristãos que, como todos, tinham seus defeitos; mas não minimizou o problema do pecado e insistiu (1 João 1:9): “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” O arrependimento e confissão oportunizam o perdão e restauração. O perdão divino é condicionado na confissão do pecador, a exemplo do ocorrido na Igreja Primitiva (Atos 8:20-23).

 

NOTAS

Acesse

https://diganaoaseita.wordpress.com/

https://superabundante.wordpress.com/

https://www.facebook.com/CavaleiroVeloz

https://www.facebook.com/groups/retirante/

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/

https://www.facebook.com/groups/maranatarevelada/

https://www.facebook.com/esperancadapromessa/?fref=nf

https://www.facebook.com/groups/maranatarevelada/?fref=ts

https://www.facebook.com/groups/453224961469057/?fref=ts

Aqui não é lugar para calúnias e difamações: discutimos doutrinas e ideias. Caso faça cópia ou transcrição deste texto mencione http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/08/culto-profetico-mentiras-e-opressao/

Em nome da ética democrática, que a data original e origem da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

Escrever em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) é deselegante. Evitem postagens fora do FOCO do artigo.

Expressões e frases em itálico aparecem em apostilas da ICM-PES.

Imagens colocadas no artigo como ilustração foram retiradas da Internet (Google) e também dos textos aqui postados, presumindo serem de domínio público. No caso que haja alguma imagem sem os créditos devidos não foi intencional; e, deste modo agradeceria em nos avisar que colocaremos os créditos.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

10 Respostas para “culto profético, mentiras e opressão”

  1. Cavaleiro Veloz disse:

    Entendam!

    A loucura
    construiu algo chamado OBRA,
    grande e herética
    o bastante
    para dar e
    prometer
    tudo o que o formatado idiotizado
    quer em termos de

    apostasia específica,
    auto-punição,
    avareza indiscriminada,
    cegueira espiritual,
    clamor esquizofrênico,
    consulta enganadora,
    corrupção na elite,
    corrupção nos maanains,
    cortinas de fumaça,
    culto profético,
    cumplicidade,
    devedor da Obra,
    dissimulação,
    desvio de oferta voluntária,
    doutrinas de homens,
    enganação,
    entretenimento,
    erros com dons,
    escravo da Obra,
    fábrica de notas fiscais frias,
    falsa espiritualidade,
    falsa unção,
    falso batismo com o Espírito Santo,
    falso profetismo,
    fantasias,
    fardo religioso,
    farisaísmo,
    fofocas,
    formatação,
    fraudes nos relatórios,
    fuga a responsabilidade,
    gedeltismo,
    hierarquia maranatizada,
    hipocrisia,
    ideologia,
    idiossincrasias,
    idiotização,
    ignorância das Escrituras,
    imposição do jugo opressor,
    incredulidade,
    instigação de ódio religioso,
    levantamento de pastor,
    linguagem do não-pensamento,
    maranatês,
    massagens de ego,
    medo de pecar contra a Obra,
    meias verdades,
    mensagens além da letra,
    mentiras,
    mistura de santo com o profano,
    mornidão espiritual,
    não reconhecer erros,
    negativa de transparência,
    obediência incondicional,
    obrigações religiosas,
    oligarquia religiosa,
    orgulho religioso,
    outro evangelho,
    pecados encobertos,
    pirâmides financeiras,
    preconceitos religiosos,
    processos na Justiça,
    profetadas,
    promessas que não se cumprem,
    repetecos de mensagens além da letra,
    revelagens,
    salário de pastor,
    servidão ao sistema,
    sopão nos seminários,
    trabalhos voluntários,
    transferência de imóveis,
    vanglorias,
    coto de cabresto.

    Milhares foram feridos com erros e imposição do jugo maranático – carga difícil e intoxicante.

    Não faltavam insistentes protestos, ainda que debaixo de chuvas de maldições de fakes instigados pelos profetiticas de plantão; mas quando alguém que antes jogava pedras se arrepende, declara o erro em que se encontrava, reaparece e pede perdão nos alegramos em Cristo Jesus.

    Nunca deveríamos deixar de considerar o estrago feito pela ideologia Obra como forma de vida, espúria por natureza; porquanto a pergunta que não quer calar permanece: porque deixei crescer dentro de mim o mal que destruiu milhares de vidas?

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/05/farsa-e-perplexidade/

    O culto profético é a imaginosa invenção para se praticar as falácias e heresias ministradas nos seminários da Obra. Só isso!

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/03/opiniao-seminarios-da-obra/

    O que estamos presenciando nasceu como fruto de a igreja do seu Abílio

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-igreja-de-seu-abilio/

    Por conseguinte, essa Maranata-do-jeito-que-Gedelti-quer é a igreja grande o bastante para TIRAR DE VOCÊ TUDO O QUE VOCÊ PENSA QUE TEM.

    Produto inteligente de mestre-profeta que nega transparência e não quer a verdade. E a verdade a respeito do MOMENTO é este: o esforço da elite da Maranata é arrancar dinheiro dos servos devedores nesse samba de crioulo doido.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/como-num-samba-do-crioulo-doido/

    Quem quiser fique lá. Tô fora!!!

    Resta este grito:

    SEPULTEM O CULTO PROFÉTICO!!! ESTÁ FEDENDO!!!

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

  2. henrique maillard disse:

    OS ICEMITAS utilizam a biblia como uma caixinha de surpresa no dito culto profetico;e assim revelei esta frase quando participava destas buscas profeticas[conclusão fui considerado um ]
    O Presbiterio é o Vaticano dos ICEMITAS.Porque ambas faz negocio dos membros,pois eles ditam o que se deve ser pregado
    OBS:Uma glorificação ao senhor –ÓH que OBRA maravilhosa,obrigado senhor por esta OBRA só aqui temos esta OBRA ,bendito é o deus da OBRA,em nome do senhor—ICEMITAS são fiéis ao deus OBRA.Também comentei isso com os irmãos,é claro que no meu caso só com muita oração e jejum pois sou um caído
    Ser caído é todo aquele que não se encurva ao deus OBRA ou a tantos outros deuses que as placas,com sutilezas nos apresenta,e como tem igrejas alicerçadas com deuses até melhor que dos ICEMITAS
    BIBLIA CAIXNHA DE SURPRESA
    A QUEM IREMOS

  3. Pedro Henrique disse:

    E por falar em falcatruas, Vaticanos e outras coisas mais, que fim levou aquela denuncia que ficou conhecida por todos os Prs do Maanain e região de Cariacica, da tal mulher que tarde da noite gritou debaixo da janela do Ernandes beijoqueiro dizendo que estava gravida dele?
    Como diz Jair França, essa turma sabe como ninguém abafar um caso desses… impressionante. Com a palavra o Vaticano de V.Velha, que a tudo ve e tudo sabe mas como o próprio Toninho Falcão falou uma certa vez, nao podemos entrar em questões polemicas….
    ISTO É UMA VERGONHA!!!!

  4. Aline Santos disse:

    “Sobrevivi 16 anos dentro da seita….($eita $OC vulgo obra filha unica do VPC). Confiei de todo o meu coração de que se tratava de uma igreja orientada por Deus.
    Acumulei cargos, dediquei todo o meu tempo. Deixei família em segundo plano. Trabalhava a semana toda e nos finais de semana fazia a zeladoria da casinha de tijolos ou na floresta encantada ($$ granaim $$).
    Suportei todo o tipo de abuso de poder daqueles que se dizem pastores (e não são). Abri mão de estudos, de emprego fora do estado, tudo porque na tal consulta a palavra o sinhô da oubra disse NÃO.
    Sai daquela prisão em 2010.
    Infelizmente os fantasmas da oubra seguem os que saem. A libertação exige paciência, oração, estudo bíblico para a desintoxicação de todas as invencionices do empresário dono da empresa ($eita $OC vulgo obra filha unica do VPC).
    Hoje convivo com problemas de saúde, psicossomáticos. Faço acompanhamento com Psicólogo e Psiquiatra. Sob orientação de um Pastor retirante, falei ao Psiquiatra sobre as decepções, o circo de horrores que é a i….($eita $OC vulgo obra filha unica do VPC). E para surpresa minha, o médico disse que eu não era o primeiro ex……. (ex-obratico) paciente dele. E que as seitas causam grande prejuízos morais, pessoais, sentimentais às pessoas.
    Hoje, mesmo enfrentando problemas de saúde, estamos eu e família conhecendo Deus como ele o é. Superando o trauma de congregar novamente.”

    CV, bom dia.

    Caso interessar publique ai… retrato de muitos que saíram da seita. Paz.

    https://www.facebook.com/lucasmeneton.meneton/posts/1796168630601974?pnref=story
    .
    .
    Aline Santos, bem oportuno.

    Abandono de familiares, amor pela Obra em primeiro lugar, cobrança de dízimos e ofertas, consulta enganadora, dependência de culto profético, família em segundo ou terceiro plano, filhos crescendo sem pai presente, fins de semana longe de casa, obediência inquestionável, servidão ao sistema opressor, trabalhos voluntários… e a lista não termina.

    As cortinas de fumaça continuam escondendo crimes (em tese) e a falta de transparência, enquanto o dono da empresa religiosa (expressão do Júlio Cesar, o coronel-pastor-interventor) impõe o jugo e exige que os pastores subalternos insistam em perseguição religiosa e que Gedelti Gueiros é inocente.

    Centenas de depoimentos aparecem neste conjunto de blogs com o mesmo quadro de sofrimentos lá dentro e fora de lá. E para piorar, às vezes meias solas (expressão com que Gedelti deprecia os pastores do Presbitério) levantados como profetiticas de plantão insistem em visitar dissidentes/retirantes da seita com ameaças de danos maiores por haverem deixado a Obra.

    Despertar é necessário, fugir do ninho sujo o mais depressa possível e não olhar para trás. Lembrem-se da mulher de Ló.

    Esse culto profético é defunto velho. Fede. SEPULTEM-NO!!!

    Graças a Deus que nessa luta diária pela cura, perdão e restauração o Espírito de Cristo Jesus nos assistirá, pois Ele conhece a dor, o mal, o ódio religioso e o trauma que esse gedeltismo maçônico ocultista proporciona aos que lhe foram sujeitos.

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

  5. Paul R. Goodman disse:

    Jesus, em seu ministério, nunca pegou pesado com ninguém, exceto com os escribas e fariseus.

    Por que?

    Essa “classe” de religiosos precisava ser desmascarada.

    A espiritualidade falsa, com base na aparência e no cerimonialismo, foi a marca deles.

    Jesus ensinou que o desafio do verdadeiro discípulo de Cristo deveria ser “exceder em muito a justiça dos escribas e fariseus”.

    A icm promoveu, dentre outras distorções bíblicas, a paixão por cerimonias religiosas, especialmente o culto profético (CP).

    A meticulosidade do CP está no cumprimento das suas normas cerimoniais, pois no contexto maranático, não há culto (nem mensagem) sem dons consultados “debaixo” do clamor.

    Todo este formalismo, exclusivo da icm, em nada acrescenta ao caráter do cristão.

    Nos meus anos de icm, pensei estar agradando a Deus observando o ritualismo do CP, todo santo dia.

    Hoje, ficou claro que o CP não passa de mais uma armadilha do cerimonialismo maranático religioso.

    O CP foi apresentado nos anos 90 como a “virada para o norte”, promovido pelos seus mestres como “dinâmica da obra”, e implementado nas unidades locais como via de regra.

    De lá pra cá, a única virada da obra foi a “da pá virada” em 2011 – escândalo no PES, envolvendo seus principais ícones, revelou uma verdadeira dinâmica de “mentiras e opressão”!

    Portanto irmãos, não se prendam a nada que seja “elevado entre homens e abominação diante de Deus” (Lc. 16:15).

    O CP é uma conveniência institucional e justifica-se a si mesmo; agrada apenas aos homens do PES&cia, porque indica sujeição.

    Mas é uma ilusão, uma armadilha cerimonial, religiosa e hipócrita.

    Deus não nos chamou para carregar este fardo pesado chamado CP.
    .
    .
    A falsidade da elite da Maranata é estratégia e instrumento de manipulação da membresia.

    A falta da verdade, mesmo de forma parcial, produz a mentira por completo.

    A iniquidade permanece.

    Essa liderança foge da verdade.

    O Diabo continua balançando o rabo na boca dos anticristos que infestam a Maranata; e o poço de iniquidades está escancarado aos olhos da Sociedade.

    “Os sectários são tristes, severos, fariseus arrogantes, complexados, preconceituosos, frustrados, inflexíveis, tendenciosos, pedantes, opressores, carregam uma falsa santidade, porque são hermeticamente voltados para o seu ego religioso imaculado, daí não serem acessíveis, nem flexíveis, ao diálogo das diferenças, porque não possuem respostas seguras.” Doutor Ézio Luiz Pereira, Em Busca da Essência Bíblica, ALLPRINT Editora.

    Só não vê quem não quer.

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

  6. Lucia Helena disse:

    Boa noite!

    Estimado CV e irmãos.

    Acho muito interessante ler as postagens e constatar que nada mudou naquele lugar de engano.

    O tempo passa e o dono do negócio, GG, continua “fora da caixinha”. Lamentável! Realmente, o inimigo acampou por lá e não quer sair de jeito nenhum, isto porque lhe deram guarida.

    Desde que sai de lá tenho vivido ensinos maravilhosos, experiências incríveis com o Espírito Santo e aprofundado meu conhecimento sobre o amor de Deus e crescido na minha intimidade com Cristo.

    Vejo aquele lugar, ICM, como um ensino do que não se deve viver como cristão. Se foi para esse propósito que passei por lá, posso garantir que aprendi tudo muito bem.

    Ouvi do meu esposo, de algumas pessoas de lá que o conhecem e que dizem que lá, na ICM, está diferente, mudou muito… Fiquei até conversando com o meu esposo: O que será que mudou? Não vejo nada diferente nas pessoas que estão por lá!

    Acho que para aquele lugar estar diferente, terá que nascer de novo, sem a presidência e seu grupo atual.

    As pessoas de lá precisam acreditar em alguma coisa, que as leve a acreditar que está diferente e que mudou. Tenho muitas dúvidas e não creio em mudanças.

    Lembro muito bem quando sai e pouco tempo depois tive um sonho com um varão de branco que estava diante de mim, em uma sala de aula. Ele escrevia no quadro branco a carta de Judas, ele apresentava a introdução da aula que eu teria.

    Não demorou pra entender o que ele queria me dizer com aquele ensino. Hoje, sei que foi um confronto pessoal, diante dos erros que vivemos na ICM. Foi doloroso, mas tivemos que batalhar pela nossa fé em Jesus e confiar que Ele nos levaria para um lugar seguro e melhor.

    Depois de treze anos fora, posso dizer que valeu a pena confiar em Deus e seguir a direção do Espírito Santo. Temos muito que aprender ainda, pois o nosso ensino só acabará quando Ele nos chamar. Deus nos chama para edificação e cada um de nós precisa fazer sua parte, pois só assim poderemos nos manter firmados na verdade.

    Cristo é a verdade!

    Esta capacitação não vem de nenhum homem. Vem de Deus.

    O livro de Judas adverte os cristãos contra os falsos ensinamentos e dá uma lista útil de características de falsos mestres e de suas doutrinas erradas.

    Mas estamos vivendo tempos difíceis dentro das igrejas. Muitas estão doentes e trabalham em cima do emocional das pessoas para explorar ou escravizar. Por isso, precisamos de ensinos de qualidade, para crescermos no discernimento do que estão passando como ensino bíblico.

    É uma busca pessoal que exige disciplina e muita vontade de querer conhecer a verdade.

    “Edifiquem-se, porém, amados, na santíssima fé que vocês têm, orando no Espírito Santo”. (Judas 20)

    Grande abraço CV.

    Deus abençoe a todos.
    .
    .
    Abafar a consciência da membresia, cobrar dízimos e ofertas, criar fakes nas redes sociais, disciplinar membros questionadores (poucos), elogiar o dono da empresa (especialidade do Conselho Presbiteral), excitar os ânimos dos formatados idiotizados, exigir obediência ao pastor (representante do Presbitério), impor mistérios da Obra, instigar o ódio religioso, negar transparência, perseguir e processar os que insistem em denunciar heresias e pregar doutrina revelada recheada de dons obráticos… Nada muda…

    Agora, a membresia está encurralada em um beco sem saída e a pergunta que não quer calar é esta: Judas, cadê o dinheiro?

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/08/beco-sem-saida/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/01/judas-cade-o-dinheiro/

    Diariamente a membresia come pão bolorento com muito chuliei… ei, ei… cantala mares… malatacheia… sorrirás… ouvindo profetadas: meu povo, tô aqui presente, esta é a minha obra, ficai na posição de devedores da Obra…. E aceitam essa loucura no nível de verdade.

    Lucia, me permita, creio que nosso aprendizado continua depois da glorificação por ocasião do arrebatamento da “igreja de Deus… corpo de Cristo”. Nisto penso, em virtude de entender que aqueles amados santificados em Cristo que já partiram crescem em entendimento, sendo este um propósito de Deus.

    Na Maranata é impossível pregar o “evangelho da graça de Deus… poder de Deus e sabedoria de Deus”: os anticristos não deixam. Nada obstante, deixei registrado aqui e alhures: a Maranata não é evangélica, nem pentecostal, nem protestante: ela é a igreja do jeito que Gedelti quer.

    Não haverá mudanças.

    O arrependimento é algo que está longe de seus corações. O mais fácil é mentir e continuar mentindo para não esquecerem que mentiram.

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

  7. Cavaleiro Veloz disse:

    Assuntos que NUNCA aparecem nos cultos proféticos:

    bajuladores do mestre-profeta, bandoleiros, capangas, comissões nos negócios nebulosos, contrabandos, donos de balcões de negócios, fabricantes de notas fiscais frias, falsos profetas, fisiologismo político, judas, graninha por fora, guardas costas, homossexuais, membros da SOC do VPC, mercenários, pedófilos, policiais militares disfarçados de pastores… e a lista não termina…

    Está ficando muito perigoso continuar dependente de cultos proféticos que nada mais parecem do que escola de falsas profecias. O resultado é famílias inteiras moralmente prejudicadas em angústia, medo e sofrimento nas mãos de falsos profetas e maus pastores gerados no pandulho da rainha desfigurada para a defesa da Obra. Esses tais que lamentavelmente perderam a noção do que é servir em amor aos irmãos.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/07/esta-ficando-muito-perigoso/

    Na frente o dono da empresa puxando esse bando de pecadores para o abismo

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/07/conhecendo-a-maranata-por-dentro/comment-page-2/#comment-11097

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

  8. Cavaleiro Veloz disse:

    Atualização em 26.10.2016 às 09:34

    A consumação de todas as coisas já está profetizada

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-consumacao-de-todas-as-coisas-esta-profetizada/

    A diligência do crente em Jesus deve estar no que Deus disse, do jeito que Ele disse. Além do mais, Jesus prometeu (Jo. 16.13) que o Espírito Santo nos “guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir.”

    Diante do que consta no Novo Testamento, Ele cumpriu integralmente esta promessa. A “doutrina dos apóstolos” (At. 2.42) foi firmada e validada. Apóstolos e profetas guiaram a então novel “igreja de Deus… corpo de Cristo” até Deus completar o imprescindível corpo de doutrinas (Efésios 3:5). E chegando ao final daquele primeiro século, Ele abriu as cortinas da consumação de todas as coisas e nos deu a grande e maravilhosa

    “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou e as notificou a João, seu servo, o qual testificou a palavra de Deus e do testemunho de Jesus Cristo e de tudo o que tem visto. Bem aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” (Ap 1.1-3)

    Firmes na “fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Jd. 3) e considerando o compromisso de Jesus com o Evangelho de Deus, diremos inicialmente: não se deixem enganar por falsos intérpretes da Escritura Profética.

    Não se iludam: nenhuma das trombetas do Apocalipse ressoou.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/a-quarta-trombeta-soara/

    – o arrebatamento da “igreja de Deus…corpo de Cristo” é iminente, indivisível, e independe de “sinais dos tempos”; mas não é evento ou fator de início dos futuros sete anos da “grande [tamanha] tribulação”;

    – o esforço para remover o poder de restrição contra as “obras do diabo” (1 Jo. 3.8; Ap. 2.24) é atribuição exclusiva do Espírito de Cristo Jesus; e não de governos, igrejas ou políticas transculturais;

    – o Falso Messias celebrará acordo com muitos por uma semana (sete anos), inclusive, com as autoridades civis e religiosas de Israel (Dn. 9.20-27); mas no meio desse período romperá o trato; então Israel enfrentará o “tempo da angústia de Jacó”(Jr. 30.7).

    Note bem: a graciosa influência restritora do Espírito Santo (não o próprio Espírito de Deus que agora detém a Satanás) está sendo paulatinamente retirada da terra, a fim de que a “operação do erro” esteja madura, plena e transborde. Por este tempo o pior dos juízos do Apocalipse ser visto, porque é necessário que “a ira do Cordeiro” seja manifesta (Ap. 6.16-17). Então, Cristo Jesus, o Messias Plenipotenciário aparecerá num instante fulgurante “e todo olho o verá” (Ap. 1.7; 19. 11 sgs.)

    Leia mais

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/02/arrebatamento-ja/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/03/como-identificar-o-numero-da-besta/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/10/fatos-da-escritura-profetica-parte-i/

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

  9. Cavaleiro Veloz disse:

    A decadência da Maranata é notória.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-decadencia-da-maranata/

    Apostasia,
    balcões de negócios,
    caixa único,
    cartão sem limites de saques,
    cortinas de fumaça,

    crianças molestadas,
    demandas judiciais inconsequentes,
    destruição de provas,
    discriminação e preconceitos,
    enriquecimento ilícito de alguns da elite,

    estelionato religioso,
    fábricas de notas frias,
    falta de transparência,
    filhos enganados,
    fraudes contábeis,

    instigação do ódio religioso,
    má formação doutrinária e ética dos membros do presbitério,
    manobras de cartório,
    mantras, maranacutaias palacianas,
    mentiras,

    meias-solas-laranjas escondendo caixas dois,
    negócios nebulosos,
    organização criminosa a nível de quadrilhas,
    perseguição de dissidentes e retirantes,
    profetadas…

    Então, enganar é fácil e o Diabo lucra…

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/enganar-e-facil-e-o-diabo-lucra/

    Formatados icemistas estão presos às meias verdades da ideologia Obra como forma de vida, pois esta é a igreja do jeito que Gedelti quis (desde o começo).

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-igreja-de-seu-abilio/

    Não haverá mudanças!

    O Conselho Presbiteral é composto de indivíduos que falam mentiras, profetizam mentiras e se escondem atrás de mentiras. Por interesses inconfessáveis preferem elogiar o presidente da Instituição.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/10/acredite-se-quiser/

    Pasmem! O que se pode dizer desses indivíduos? CÚMPLICES!!!

    Quando alguém acorda desta enganação deve decidir o que fazer.

    “O SENHOR é minha bandeira.”

    CV

  10. Joice Mendes Rodrigues disse:

    A Paz do Senhor Jesus! Em primeiro lugar gostei do texto bíblico usado, a letra mata, Espírito vivifica, faz um ano que estou na igreja Marata, meu alvo não é criticar uma pessoa que não é leiga no quesito letra, nem questionar idoneidade de pessoas, até porque o único apto para quaisquer julgamento, é o próprio Senhor que cuida da igreja fiel, o Senhor Deus.Venho aqui específicamente para testemunhar, como podem perceber não sou um expert em ciências mentais, mantras, g12, lavagem cerebral, apenas uma pessoa comum, que lê bastante, gosto de escritores renomados em nosso país, também fora, todos voltados para minha área, educação! Admiro pessoas que enlevam e enobrecem o conhecimento, bem como postura firme frente à suas escolhas e fundamentos, no nosso país diversidade cultural, linguística, filosófica são amplamente respeitadas, então respeito o direito de escrever qualquer artigo sobre qualquer coisa que alguém conheça bem. Como pode ser visto, não tenho nenhum problema mental, retardo, esquizofrenia, apta e capaz mentalmente. De volta ao testemunho, passei por relacionamentos frustrados, filha de paus divorciados, e o que poucos sabem é que em um acidente, perdi uma parte do corpo, quando digo poucos, me refiro apenas mãe e poucos irmãos físicos. Que sabem, recebi cura emocional na igreja, não me deram nada para beber, ou mandaram repetir, nem fui obrigada a trocar roupas, e nem dar dinheiro. Deram-me amor, e o clamor do sangue de Jesus, diz. Que o sacrifício que eu e você não merecemos é o que faz com que tua oração suba, por exemplo quando alguém que você ama está doente, você pede pelo sangue de Jesus! E é curado! Se é a vontade do Senhor. Por falar nisso minha mãe, está há dois anos livre da UTI, e fumou mais de 40 anos, e hoje passa bem, livre do vício.clamor é pedir. Se não conhece, peça a Deus onde você está uma experiência com o Senhor, pelo sangue de Jesus, não vai ter vizinhos perto, nem pastores, só você é Deus, peça com fe, para conhecer não a Bíblia de Deus, mas o Deus da Bíblia. Estou aqui como serva, não vou criticar quem conhece a igreja, hora de conhecer em Espírito e em verdade, o Deus da igreja. Sim, talvez existam homens em todas denominações que sejam de dobres servis, e sirvam ao seu próprio ventre. Mas não é porque uma maçã está com bicho, que todas vão ao lixo. (Refiro-me os tais irmãos que comentam contra a palavra do Senhor, e difundem erros, contra aquela cujo as portas do inferno, não Hao de prevalecer) sobre os escândalos, nada contra as mídias brasileiras, apesar se saber que boa parte delas é comprada pelo governo, nada contra meu governo, porque conheço, respeito leis, nada contra meus pastores, porque inúmeras vezes me senti animada, restaurada, edificada com as pregações, a estes últimos deixo as histórias de um mártir, como Estevam, que foi apedrejado, e que no mesmo instante de sua morte viu o mestre. Vão tentar nos machucar, açoitar, enganar se possível os escolhidos, mas como diz na Bíblia,bem aventurado sois vós, quando mentindo vos caluniarem, disserem todo mal contra vós. Vindo o Rei Jesus! Para alguns já veio, já estão descansando em Deus. Não desfaleçam seus corações! Ânimo, a qualquer dia, ou hora nós não ouviremos rumores de guerras, nações contra nações, nem pais contra filhos, filhos contra pais, nem amor se esfriando. Maranata! O Rei Jesus vem!
    .
    .
    Recebi cura emocional na igreja. (…) Deram-me amor e clamor pelo sangue de Jesus… quando alguém que você ama está doente, você pede pelo sangue de Jesus! E é curado! Se é a vontade do Senhor.
    .
    .
    Olá Joice,

    Graça e paz em Cristo Jesus.

    Atentamente, li e reli o seu depoimento. Compreendo as angústias e infortúnios por escolhas erradas (relacionamentos) e o começo de cura emocional na igreja.

    De início não posso me afastar da fidelidade devida ao que Deus disse do jeito que Ele disse. Entenda isto, porquanto, no tocante às coisas fáceis da “doutrina dos apóstolos” (Atos 2.42) não há dificuldades para pô-las em prática, pois “a fé (em Jesus) vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus” (Romanos 10.17)

    De maneira especial, discordamos do ensino da Igreja Maranata na ênfase errônea no que diz respeito ao clamor pelo sangue de Jesus, ensinado como doutrina revelada. Isto não passa de heresia que veio dos antigos papistas. Já falamos sobre este assunto, por exemplo, em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/03/o-desastre-da-heresia-icemita/

    Desta maneira, a heresia icemita corrompe e destrói a “fé em Jesus”, colocando na boca de Deus o que Ele NÃO disse, NEM ensinou nas Escrituras Sagradas. Então, faça como os cristãos bereianos que examinavam com as Escrituras as coisas que o apóstolo Paulo ensinava e conferiam com as Escrituras (Atos 17.11):

    “Ora, estes eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim.”

    Não podemos concordar com erros doutrinários fomentadores da falsa-unção e instigadores do ódio religioso.

    Notadamente, Jesus ensinou a ORAÇÃO DOMINICAL (Mateus 6.9-13). Este ensino é piedoso e sacrossanto, começando com o “Portanto, vós orareis assim”. Com esta oração Cristo indicou áreas de interesse que devem constar na oração diária do cristão. Nada existe aqui de clamor pelo sangue de Jesus. Os cristãos da Igreja Primitiva NÃO clamavam pelo sangue de Jesus. Os apóstolos de Cristo JAMAIS ensinaram clamor pelo sangue de Jesus. Grosseira heresia que tira o foco de JESUS e apela às curas emocionais superficiais.

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/06/o-comeco-do-fim/comment-page-2/#comment-24648

    Por oportuno, o clamor pelo sangue NÃO CURA. Não cura!!! E essa expressão Se é da vontade de Deus (curar alguém) expressa incredulidade, pois da parte de Deus NÃO HÁ DÚVIDAS DE QUE ELE QUER CURA.

    Quanto a este ponto, indico o livro CURAI ENFERMOS E EXPULSAI DEMÔNIOS, de T.L.Osborn. Baixe o download gratuito em

    http://www.entrenacoes.com.br/Download/eBooks/TL_Osborn_Curai_enfermos_e_expulsai_demonios.pdfhttp://www.entrenacoes.com.br/Download/eBooks/TL_Osborn_Curai_enfermos_e_expulsai_demonios.pdf

    Paz.

    “O SENHOR é minha justiça.”

    CV.

Deixe o seu comentário

Resolva a seguinte pergunta para envio * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.